Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-02T11:40:38-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Combate à pandemia

Vacina para as finanças: Pfizer (PFIZ34) mais que dobra a receita e o lucro no terceiro trimestre

A Pfizer (PFIZ34) teve um trimestre de forte crescimento, sustentada pelas vendas da vacina contra a Covid-19 no mundo

2 de novembro de 2021
11:40
Imagem mostrando frascos da vacina da Pfizer (PFIZ34) contra a Covid-19
Imagem: Shutterstock

A farmacêutica Pfizer (PFIZ34), uma das principais fabricantes globais de vacinas contra a Covid-19, está colhendo os frutos da adoção ampla de seus imunizantes no combate à pandemia. A empresa fechou o trimestre com um lucro líquido de US$ 7,7 bilhões, mais que o dobro do contabilizado há um ano, quando os ganhos foram de US$ 3,3 bilhões.

"Estamos orgulhosos de nosso desempenho financeiro, mas estamos ainda mais felizes com o que esses números representam em termos de impacto positivo para as vidas humanas ao redor do mundo", disse Albert Bourla, CEO da Pfizer, em mensagem aos acionistas. "Por exemplo, mais de 75% das receitas que tivemos com as vacinas no trimestre vieram do fornecimento a outros países que não sejam os EUA".

A linha que melhor mostra a importância da vacina desenvolvida em parceria com a BioNTech é a da receita líquida: as vendas totais da Pfizer saltaram 134% em um ano, para US$ 24,1 bilhões no trimestre; desse montante, US$ 14,6 bilhões — ou pouco mais de 60% — vieram dos imunizantes contra a Covid-19.

Outras divisões da Pfizer também tiveram um desempenho positivo entre julho e setembro de 2021. A área de oncologia, por exemplo, gerou US$ 3,1 bilhões em receita, um crescimento de 12% na mesma base de comparação, enquanto o braço hospitalar se expandiu em 31%, a US$ 2,4 bilhões. A única unidade que recuou no trimestre foi a de inflamação e imunologia, com R$ 1,1 bilhão em receita (-7%).

Pfizer (PFIZ34): metas, ações e BDRs

A farmacêutica também informou que segue com a meta de entregar ao menos dois bilhões de doses de vacina a países pobres e em desenvolvimento até o fim de 2022 — um bilhão ainda neste ano, com a possibilidade de aumentar a remessa caso esses países façam mais encomendas pelos imunizantes.

O lucro por ação (LPA) da Pfizer ficou em US$ 1,34, bem acima dos US$ 0,59 contabilizados há um ano — uma cifra que surpreendeu positivamente os analistas. Como resultado, as ações da empresa (PFE) operam em alta de 2,31% nos EUA, cotadas a US$ 44,64.

"Nossa meta final é ajudar a encerrar essa pandemia o mais rápido possível, mas também aplicar as lições que aprendemos ao longo de nosso trabalho com a vacina para todas as nossas áreas terapêuticas", escreveu Bourla. "Estamos ansiosos para dar mais atualizações nesses esforços".

O bom desempenho da Pfizer no trimestre fez com que a empresa atualizasse suas projeções financeiras para 2021: a empresa, que projetava receitas entre US$ 78 bilhões e US$ 80 bilhões no ano, agora estima cifras entre US$ 81 bilhões e US$ 82 bilhões — o que indica que a farmacêutica prevê um fim de ano igualmente forte.

O lucro por ação projetado para o ano agora gira na faixa de US$ 4,13 a US$ 4,18; nos primeiros nove meses de 2021, o LPA da Pfizer é de US$ 3,35.

Na B3, os BDRs da companhia (PFIZ34) fecharam o pregão da última segunda-feira (1) em leve alta de 0,45%, a R$ 62,13; desde o começo do ano, os ativos acumulam ganhos de 32,5%.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

A BOLSA HOJE

Esquenta dos mercados: Bolsa deve reagir ao tom ‘agressivo’ do Copom com aumento da Selic e esperar por dados de inflação na sexta-feira

A PEC dos precatórios deve ficar em segundo plano, enquanto os investidores ajustam suas posições para uma alta mais intensa dos juros

DINHEIRO NA CONTA

Dividendos: Vibra (VBBR3) distribui R$ 148,5 milhões em JCP

Valor refere-se à segunda parcela de pagamento aos acionistas anunciado quando a Vibra ainda atendia como BR Distribuidora

Rumo aos dois dígitos

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 9,25%

Aumento da taxa básica dispara gatilho de mudança na forma de remuneração da poupança. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies