Menu
2021-03-15T18:23:26-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
MUDANÇA DE VISÃO

BofA eleva recomendação e preço-alvo para ações da Petrobras – mas mudança de comando ainda traz riscos

A mudança na projeção para a empresa ocorre após uma melhora nas projeções para o preço do barril de petróleo, o que pode mexer diretamente com as ações

15 de março de 2021
13:42 - atualizado às 18:23
Petrobras
Imagem: Shutterstock

Com as recentes mudanças no comando da Petrobras e os atritos com o governo federal, as ações da petroleira sofreram um bocado, com diversos bancos e casas de análise "desembarcando" de suas visões positivas para o papel.

A turbulência gerada em Brasília levou os papéis da companhia a recuarem 22% no último mês e acumularem uma queda de 27% em 2020. O Bank of America (BofA), no entanto, decidiu elevar a sua recomendação para a companhia de underperform (venda) para neutro.

O banco também elevou o preço-alvo para as ações da companhia e para os ADRs, recibos de ações negociados em Nova York. No caso das ações, a estimativa passou de R$ 29 para R$ 30 - um potencial de alta de 29,47%. Já os ADRs passaram de US$ 11 para US$ 11,30.

Relembrando: há algumas semanas, o governo federal interferiu diretamente no comando da Petrobras ao indicar um o general Silva e Luna para o lugar do atual CEO, Roberto Castello Branco, o que não foi bem recebido pelo mercado.

Em relatório divulgado hoje, o Bank of America ressaltou que as preocupações com a independência da companhia e as mudanças que podem vir a acontecer sob a nova gestão mantêm o risco para os papéis elevado e limitam seu potencial de alta. No entanto, uma previsão mais forte para o preço do barril de petróleo ajuda a melhorar as projeções para a companhia.

O BofA tem uma visão positiva para o segmento em toda a América Latina, com aumento nas projeções de médio e longo prazo para os preços de gás e petróleo, o que, consequentemente, levaria a um "aumento robusto do fluxo de caixa para produtores de petróleo na América Latina, o que deve impulsionar o valor de mercado".

Segundo a instituição, com o crescimento gradual da demanda e uma projeção de equilíbrio entre oferta e demanda - que só é possível graças à manutenção do corte de produção anunciado pela Opep+ recentemente -, no longo prazo, o barril do petróleo Brent (o mesmo utilizado como referência pela Petrobras) deve chegar a US$ 60 contra os US$ 55 projetados anteriormente.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

em meio à crise

Em reunião com empresários, Bolsonaro defende vacinação e diz não ter preocupação com CPI da Covid

Presidente e ministros participaram de uma videoconferência com o grupo que reúne os 50 maiores grupos privados do País

seu dinheiro na sua noite

Ação da Moura Dubeux caiu 50% desde o IPO. Ficou barata?

O ano de 2020 começou promissor para a economia brasileira e com boas perspectivas para a chegada de novas empresas à bolsa. A temporada de IPOs se iniciou nos primeiros dias de fevereiro, com a estreia da construtora Mitre, seguida da empresa de tecnologia Locaweb. Mais para meados do mês, vimos a abertura de capital […]

ampliação de sortimentos

Lojas Americanas compra Imaginarium e prevê aumentar marcas próprias

Companhia anunciou aquisição do Grupo Uni.co, mas não revelou valores; com negócio, Americanas avança sobre varejo especializado em franquias

FECHAMENTO

Mercado olha desconfiado para Orçamento e Ibovespa acompanha queda do exterior; dólar fica estável

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado, os investidores acabaram optando pela cautela

Prioridade na Casa

Câmara aprova requerimento de urgência sobre projeto de privatização dos Correios

A medida permite que a proposta “fure” a fila de votação de projetos e pode agilizar o processo de desestatização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies