Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-09-30T19:34:36-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Dívida

Em momento de baixa das ações, Magazine Luiza (MGLU3) irá emitir R$ 2 bilhões em debêntures

Magalu optou pela emissão de dívida para se financiar, em momento em que ações de varejistas derrapam na bolsa

29 de setembro de 2021
12:36 - atualizado às 19:34
Fachada do Magazine Luiza, concorrente de Via e Americanas
Crise no mercado de eletroeletrônicos é um dos fatores que pesam sobre as ações do Magalu. Imagem: Divulgação

O Magazine Luiza (MGLU3) aprovou, em reunião extraordinária do seu Conselho de Administração, a emissão em série única de dois milhões de debêntures de R$ 1 mil cada, totalizando uma captação de R$ 2 bilhões. Os recursos obtidos serão utilizados para otimização de fluxo de caixa e gestão ordinária dos negócios da companhia.

A 10ª emissão de debêntures simples e não conversíveis em ações do Magalu consistirá em uma oferta de esforços restritos, isto é, para até 50 investidores profissionais (com mais de R$ 10 milhões em aplicações financeiras) e, geralmente, institucionais, como fundos e instituições financeiras.

A oferta será realizada no dia 14 de outubro. Os títulos vencem no dia 15 de outubro de 2026, totalizando um prazo de cinco anos, e renderão CDI + 1,25% ao ano.

Aliás, antes de continuar, vale lembrar que em meados deste mês a ação despencou quase 10%. Na ocasião, apresentamos uma análise sobre as ações, explicando por que analistas enxergam potencial de alta para a empresa.

Confira abaixo e aproveite para nos seguir no Instagram (basta clicar aqui). Lá entregamos aos leitores análises de investimentos, notícias relevantes para o seu patrimônio, oportunidades de compra na bolsa, insights sobre carreira, empreendedorismo e muito mais.

Voltando ao assunto, oferta ocorre em momento negativo para as ações do Magazine Luiza

A emissão de títulos de dívida ocorre em um momento em que as ações de varejistas, inclusive do próprio Magazine Luiza, vêm sofrendo na bolsa. Desde julho, os preços dos papéis das empresas do setor de varejo estão ladeira abaixo. De 15 de julho para cá, MGLU3 já derrapou cerca de 40%, enquanto o Ibovespa recuou apenas 12%.

O aumento da concorrência no setor, a alta da inflação e o consequente aumento dos juros (o que prejudica o consumo) e a crise no mercado de eletroeletrônicos - com a escassez de semicondutores, bem como o aumento nos preços dos componentes - são alguns dos fatores atribuídos à queda.

Recentemente, a ação do Magazine Luiza, uma das queridinhas dos analistas de ações, foi retirada da carteira recomendada do Itaú BBA, que decidiu adaptar suas recomendações a um cenário de deterioração econômica no país, com alta da Selic e crise hídrica. Na ocasião, o banco substituiu algumas ações de crescimento, como MGLU3, por nomes mais defensivos.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

ATENÇÃO, ACIONISTA

Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 100 milhões de ações; papéis acumulam queda de 17% no ano

A operadora de saúde anunciou hoje que dará início a um programa de recompra de papéis com duração de até 18 meses

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa fecha semana no azul, Nubank valendo bilhões a menos e primeiro ETF cripto dos EUA: veja as principais notícias desta sexta

Em uma limousine brilhante, o Ibovespa chegou atrasado para a festa das bolsas globais — mas chegou.  Os balanços das empresas europeias e americanas abriram as portas do salão de baile: com o bom resultado das companhias, dados mistos da economia e um desenho mais nítido da retirada de estímulos monetários, Wall Street brilhou.  O […]

CRIPTOMOEDAS

Quais as dificuldades na regulamentação do Bitcoin e demais criptomoedas?

Analista de criptomoedas, Valter Rebêlo, comenta sobre o processo de regulamentação das criptomoedas ao redor do mundo

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa tira uma lasquinha da festa das bolsas globais e sobe mais de 1% na semana; dólar recua após atuações do BC

Com uma bolsa descontada após as turbulências recentes, o Ibovespa tinha tudo para chegar cedo nessa festa, mas foi preciso que o Banco Central assumisse a condução para que a B3 tivesse uma chance.

ALGUNS BILHÕES A MENOS

Nubank prepara IPO com listagem na Nasdaq e na B3 até o fim deste ano, mas deve baixar a pedida no valuation

Meses atrás, a startup buscava ir a mercado avaliada em cerca de US$ 100 bilhões; veja o novo valor de mercado segundo o Broadcast

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies