Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-01T08:02:33-03:00
Renato Carvalho
Dinheiro no bolso

Magazine Luiza e Hapvida pagarão quase R$ 170 milhões em Juros sobre Capital Próprio

Maior montante, de R$ 100 milhões, será pago pela varejista, correspondente a R$ 0,0154 por ação, enquanto a operadora de saúde pagará R$ 68,8 milhões, ou R$ 0,0176 por papel

1 de julho de 2021
8:02
dividendos jcp
Imagem: Shuttertstock

Duas das empresas mais acompanhadas pelos investidores na Bolsa vão pagar remuneração aos seus acionistas em breve, na forma de Juros sobre Capital Próprio (JCP).

No total, Magazine Luiza e Hapvida aprovaram quase R$ 170 milhões em proventos. O maior montante, de R$ 100 milhões, vem da varejista.

O valor bruto corresponde a R$ 0,0154 por ação, que ainda terá desconto do Imposto de Renda. Serão beneficiados pelo JCP aqueles que tiverem papéis do Magalu no dia 5 de julho, e a partir do dia 6, as ações passam a ser negociadas ex-juros. O crédito será realizado somente em 2022.

No caso da Hapvida, o valor total será de R$ 68,8 milhões, que corresponde a R$ 0,0176 por ação, sobre o qual também incidirá IR.

No caso da operadora de saúde suplementar, receberão o JCP quem tiver ação no dia 6 de julho, e a partir do dia 7, os papéis ficam ex-juros. O pagamento será realizado até o dia 30 deste mês.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

MANOBRAS

Juiz põe no banco dos réus ex-gestores do banco Máxima por gestão fraudulenta

O Banco Máxima S.A. informa que seus atuais acionistas assumiram a administração do banco em 2018, após aprovação pelo Banco Central, e que os integrantes da antiga gestão não têm mais qualquer relação com a instituição financeira

Foguete? Tô fora!

Warren Buffet: o bilionário que não quer conhecer as estrelas

Enquanto Bezos, Musk e Branson protagonizam a nova corrida especial, o Oráculo de Omaha prefere apenas observar

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Garantindo a oferta

Crescem ofertas de ações com reserva antecipada

As ancoragens normalmente conseguem atrair mais investidores, numa espécie de chancela prévia, com potencial impacto positivo no preço da ação.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies