Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-08T18:11:33-03:00
Estadão Conteúdo
concessão de 10 anos

Grupo de Mato Grosso vence leilão da BR-163 que acessa ‘Arco Norte’

Concessão prevê investimentos da ordem de R$ 1,87 bilhão e custos operacionais de aproximadamente R$ 1,2 bilhão

8 de julho de 2021
18:11
Rodovia
Imagem: Shutterstock

A concessionária Via Brasil, formada por um grupo de empresas de infraestrutura e engenharia que já atua no Mato Grosso, venceu nesta quinta-feira, 8, o leilão da BR-163, no trecho de 1 mil km da rodovia que liga o Estado aos portos fluviais em Itaituba, no Pará.

Foi a única proposta apresentada no leilão, conforme já era previsto entre investidores do setor e membros do próprio governo. O critério do leilão foi de menor tarifa de pedágio.

A concessionária levou o trecho com uma oferta de deságio de 8,09% sobre o valor máximo de pedágio que estava definido no edital.

O grupo é formado pelas empresas Conasa Infraestrutura, Zeta Infraestrutura, Construtora Rocha Cavalcante, Engenharia de Materiais e M4 Investimentos e Participações.

A concessão tem prazo de dez anos, sendo prorrogáveis por mais dois. A concessão prevê investimentos da ordem de R$ 1,87 bilhão e custos operacionais de aproximadamente R$ 1,2 bilhão.

A pavimentação da rodovia foi concluída pelo governo no fim de 2019. Trata-se da principal rota rodoviária de escoamento de grãos do País.

No fim de seu trecho, a rodovia corre junto de pequeno percurso de 30 quilômetros da BR-230, a Transamazônica, onde acessa os terminais no distrito de Miritituba.

A partir dali, a carga que veio pela estrada passa a ser transportada por barcaças, pelo rio Tapajós, de onde acessa o Amazonas e, assim, o Atlântico.

O prazo curto de dez anos de concessão tem uma razão clara: a construção da Ferrogrão, ferrovia que está prevista para ser construída ao lado do traçado da rodovia.

A meta do governo era leiloar o projeto ferroviário neste ano, mas há impasses sobre licenciamento ambiental e questionamentos no Supremo Tribunal Federal que têm atrasado o processo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Garantindo a oferta

Crescem ofertas de ações com reserva antecipada

As ancoragens normalmente conseguem atrair mais investidores, numa espécie de chancela prévia, com potencial impacto positivo no preço da ação.

alto escalão

Fleury: CFO Fernando Leão renuncia ao cargo e será substituído por José Filippo

O Fleury informou que os dois executivos trabalharão juntos em um processo de transição estruturado que se terminará em dia 31 de agosto.

brumadinho

Sindicato recorre e indenização da Vale pode chegar a R$ 3 mi a cada morto em MG

Em nota, a Vale reiterou que está comprometida em indenizar as famílias das vítimas da tragédia de Brumadinho de “forma rápida e responsável”

A bolsa como ela é

3 pegadinhas em balanços de empresas da bolsa que você deve ficar de olho

Não precisa ser um Sherlock Holmes para avaliar os resultados de empresas listadas – embora o trabalho de analista guarde muitas semelhanças com o de um detetive

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies