Como ter a chance de ficar milionário, começando em 2023; veja vídeo aqui

Cotações por TradingView
2021-11-22T13:25:36-03:00
Ricardo Gozzi
AGENDA ESG

O aplicativo de um banco agora permite que você descubra o quanto polui – e como pode zerar suas próprias emissões

Parceria entre o Bradesco e a Ambipar ajuda os clientes do banco a calcularem quanta poluição causam seus hábitos pessoais

18 de novembro de 2021
11:02 - atualizado às 13:25
A foto mostra um fundo azul, onde um homem aponta para um círculo e um gráfico, onde ESG está escrito.
As práticas ESG passaram a ser cada vez mais exigidas nas empresas de sucesso, se tornando mais que um diferencial. Agora, aqueles que acompanham estes aspectos, veem uma mudança em seus lucros, e o investidor também se beneficia - Imagem: Shutterstock

A responsabilidade ambiental tem se transformado em um foco cada vez maior de cobrança sobre governos e empresas ao redor do mundo.

Nos mercados financeiros, a agenda ESG - sigla em inglês para medidas de cunho ambiental, social e de governança - vem sendo observada com mais atenção tanto pelas companhias listadas em bolsa quanto pelos investidores.

Afinal, por mais que pseudocientistas e especialistas de WhatsApp vivam de espalhar desinformação, as mudanças climáticas e o aquecimento global vão se agravar ainda mais se nada for feito para pelo menos neutralizar as emissões de poluentes no decorrer dos próximos anos.

E eu com isso?

O que precisamos nos perguntar, por mais incômodo que possa causar, é: qual a nossa responsabilidade individual sobre a crise climática vivida pelo planeta e quais atitudes e comportamentos podemos adotar no nosso cotidiano para ajudar a conter o aquecimento global?

Atentos a essas dúvidas, o Bradesco e a Ambipar associaram-se para lançar uma funcionalidade no aplicativo do segundo maior banco privado do país que permitirá aos clientes calcularem qual é o seu impacto ambiental, ou “pegada de carbono”, no jargão dos estudiosos do tema.

Baseando-se em informações fornecidas pelo usuário sobre seus padrões de consumo de energia, gás, internet e meios de deslocamento ao longo de um mês, o aplicativo calcula as emissões de gases causadores do efeito estufa pelo cliente.

Tá, eu já sei qual é a minha ‘pegada de carbono’. E daí?

E daí que o aplicativo permite ao usuário, voluntariamente, acessar a opção de neutralizar sua geração de poluentes.

Caso o cliente deseje zerar suas emissões, o simulador calcula o valor equivalente à cota correspondente ao crédito de carbono e emite um certificado referente à baixa dos créditos adquiridos.

“A ideia com a nova funcionalidade é conscientizar também os nossos clientes, possibilitando que eles contribuam voluntariamente para uma causa maior, compensando as suas emissões e apoiando a preservação da floresta”, explica Glaucimar Peticov, diretora executiva do Bradesco.

O que é feito com os créditos?

De acordo com a Ambipar, os recursos levantados com os créditos serão destinados inicialmente a projetos de conservação de biomas brasileiros com o selo REDD+, considerado a principal certificação de projetos florestais e biodiversidade.

Estimativas apontam que os projetos em andamento têm capacidade de ‘sequestrar’ da atmosfera mais de 3 milhões de toneladas de gás carbônico por meio da preservação de mais de 1,7 milhão de hectares de floresta nativa.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

DIA 37

Da defesa ao ataque: Lula fala — de novo — da inflação, do BC e, agora, do BNDES

6 de fevereiro de 2023 - 20:32

Presidente solta o verbo mais uma vez e questiona o nível elevado da taxa de juros, ironiza os efeitos negativos de suas críticas à política monetária e ainda destaca o papel do BNDES para impedir que o Brasil “afundasse”

TENSÃO NO AR

Balão da discórdia: o recado que a China mandou para os EUA após nova crise de espionagem

6 de fevereiro de 2023 - 19:55

Embora tenha colocado panos quentes sobre o que chamou de incidente, Pequim também subiu o tom contra Washington

Montanha de endividamento

O novo calvário da Oi (OIBR3; OIBR4): empresa declara dívidas de quase R$ 30 bilhões à Justiça do Rio; Itaú BBA puxa a fila entre os bancos nacionais

6 de fevereiro de 2023 - 19:44

A Oi (OIBR3;OIBR4) diz ter dívidas de mais de R$ 9 bilhões só com o BNY Mellon; o Itaú BBA, com R$ 2 bilhões, é o principal credor nacional

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Tremores de terra em Brasília e na Turquia, o futuro das criptomoedas e mais destaques do dia

6 de fevereiro de 2023 - 19:34

Muitos desastres ambientais, como furacões e tormentas, são facilmente monitorados e previsíveis, mas abalos sísmicos e os seus inevitáveis tremores de terra são quase sempre uma surpresa indesejável.  Mas ao contrário do que dita a natureza, Brasília consegue sentir a aproximação de um terremoto que pode rachar as estruturas do Banco Central brasileiro e a […]

'inconsistências contábeis'

Caso Americanas: “Fomos vítimas de uma fraude”, diz Verde

6 de fevereiro de 2023 - 19:20

Desempenho do fundo Verde foi parcialmente afetado pela debacle da Americanas em janeiro devido a um investimento em debênture da varejista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies