2021-11-06T16:29:30-03:00
COMOÇÃO

Cemig manifesta-se sobre acidente que causou a morte da cantora Marília Mendonça

Colisão com cabo de alta tensão é apontado por testemunhas como aparente causa do acidente, que está sob investigação

6 de novembro de 2021
15:27 - atualizado às 16:29
Policial Civil observa local da queda do avião que transportava a cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas. - Imagem: Polícia Civil de Minas Gerais

A Cemig (CMIG4) manifestou-se neste sábado sobre o acidente aéreo que ontem provocou a morte da cantora Marília Mendonça e de mais quatro pessoas no interior de Minas Gerais.

A aeronave atingiu um cabo de alta tensão de uma torre operada pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), confirmou a empresa por meio de nota.

Depois de lamentar a tragédia e informar a colisão com o cabo, a Cemig esclareceu que o local encontra-se “fora da zona de proteção do Aeródromo de Caratinga”, onde o avião preparava-se para aterrissar.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Testemunhas apontam a colisão com o cabo como provável causa do acidente, cujos motivos ainda estão sendo investigados pelo Cenipa, sigla pela qual é conhecido o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos.

“Reiteramos que a Cemig segue rigorosamente as Normas Técnicas Brasileiras e a regulamentação em vigor em todos os seus projetos. As investigações das autoridades competentes irão esclarecer as causas do acidente. A companhia novamente lamenta esse trágico incidente e se solidariza com parentes e amigos das vítimas.”

Trecho de nota oficial da Cemig sobre o acidente

Além da cantora e compositora de 26 anos, morreram no acidente seu produtor, um tio, o piloto e o copiloto da aeronave.

O governo do Estado de Goiás, onde nasceu Marília Mendonça, decretou luto oficial de três dias em razão da morte da artista.

*Com informações da Agência Brasil

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O respiro da bolsa brasileira, o tropeço do bitcoin e o vazamento de dados do PIX: confira as principais notícias do dia

Para quem não aguentava mais ver a bolsa brasileira apanhando enquanto Wall Street renovava recordes, este início de ano está sendo o momento da revanche. Ou melhor, de o Ibovespa “correr atrás do prejuízo”. Nesta terceira semana de janeiro, o principal índice da B3 mais uma vez contrariou o exterior e enfileirou altas, enquanto as […]

Fechamento da semana

Ibovespa tem dia morno com exterior negativo, mas termina semana com ganho de 1,88%; dólar fecha em alta, mas acumula queda de 1,05% no período

Bolsa terminou o dia em baixa, com dólar e juros em alta, com piora no exterior e preocupações fiscais

CASOS DE FAMÍLIA

Elon Musk pega pesa pesado com o Twitter após integração de NFTs; veja o que o bilionário falou

Rede social passou a permitir que usuários do iOS, sistema da Apple, utilizassem os chamados tokens não fungíveis como fotos de seus perfis

Renda fixa

Nubank lança fundo para reserva de emergência que busca retorno entre 100% e 105% do CDI – mas tem uma pimentinha

Nu Reserva Imediata é o primeiro fundo de renda fixa da família Nu Reserva; embora seja de baixo risco, ele tem opção de investir em títulos privados