Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-26T11:43:11-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Mercado de capitais

Caixa terá “foco total” no IPO de cinco subsidiárias na B3, incluindo o banco digital

Banco público quer levar para a bolsa as unidades de seguros, cartões, fundos, loterias e o recém criado banco digital, segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães

26 de janeiro de 2021
11:43
(Brasília - DF, 20/04/2020) Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.
Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal - Imagem: Foto: José Dias/PR

A Caixa Econômica Federal pretende retomar os planos de levar para a bolsa cinco de suas subsidiárias via oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês), interrompidos pela crise.

A abertura de capital das unidades na B3 — inclusive do banco digital criado no ano passado — é “foco total” na instituição, afirmou hoje Pedro Guimarães, presidente da Caixa.

A unidade em estágio mais avançado para o IPO é a Caixa Seguridade. O processo foi adiado por duas vezes em meio à crise nos mercados provocado pela crise do coronavírus.

“Não faremos nada sem a precificação correta, mas agora não há mais dúvida”, disse Guimarães, durante evento virtual promovido pelo Credit Suisse.

O presidente da Caixa disse, inclusive, que já existe uma demanda de investidores equivalente a duas vezes a oferta pelo IPO da holding que vai reunir as participações em seguros do banco público.

Leia também:

A Caixa também pretende vender para investidores na bolsa uma participação de seu recém-criado banco digital, o "Caixa Tem", que segundo o executivo conta com 105 milhões de clientes. O IPO, porém, só pode acontecer depois da autorização do Banco Central.

O aval do BC também é necessário para a abertura de capital da unidade de gestão de fundos da Caixa, que conta com aproximadamente R$ 500 bilhões em ativos. “A operação de asset tem um potencial enorme de melhorar, basicamente porque tinha foco em fundos de renda fixa, que tem uma margem muito comprimida.”

Guimarães disse que o banco também pretende abrir o capital da unidade de cartões e meios de pagamento, que ganhou evidência no fim do ano passado com a entrada em operação do PIX, o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central. A subsidiária de cartões foi reforçada com a participação que a Caixa detém na bandeira de cartões Elo.

O presidente da Caixa disse ainda que o banco só pretende buscar parceiros privados para uma eventual associação nas subsidiárias após a abertura de capital, “com a participação e crítica do mercado”.

De todos os IPOs planejados, o único que não depende exclusivamente do banco é o da unidade de loterias. Guimarães disse que existe uma questão legal sobre a abertura de capital porque o banco possui apenas uma permissão do governo de ser o agente operador de loterias.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

MÚSICA NO FANTÁSTICO

Unilever recebe mais um não da Glaxo para oferta de US$ 68 bilhões por divisão que produz Advil; entenda o caso

Se fosse concretizado, o acordo seria o maior em termos globais desde o início da pandemia de covid-19

EFEITOS COLATERAIS

Ômicron e seus investimentos: variante do coronavírus terá efeitos distintos sobre empresas de saúde na bolsa; saiba quais são eles

Planos de saúde devem enfrentar um cenário menos favorável dado o aumento dos índices de sinistralidade e pressão sobre os custos

FOI DADA A LARGADA

Petrobras (PETR4) e Novonor iniciam oficialmente processo para vender participações na Braskem; veja quanto a operação bilionária pode levantar

O pedido de registro para a oferta pública secundária, que será realizada no Brasil e no exterior, foi publicado na madrugada deste sábado (15) na CVM

INCENTIVO À MUDANÇA

Meca das criptomoedas? Estado americano tenta atrair trabalhadores com pagamento em bitcoin (BTC)

Iniciativa acontece em meio a explosão de crescimento no setor de tecnologia, especificamente naquelas habilitadas para blockchain

HEY, BROTHERS!

BBB é ‘fábrica de milionários’: prêmio de R$ 1,5 milhão é fichinha perto da fortuna que ex-participantes constroem; veja como Juliette, Gil do Vigor e outros ficaram ricos após reality

A edição de 2022 do BBB começa na próxima segunda e pode conceder o título de milionário a mais pessoas; veja quem já conseguiu se consagrar com a participação na casa mais vigiada do Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies