🔴 É HOJE! COMO BUSCAR ATÉ R$ 2 MIL DE RENDA EXTRA TODO OS DIAS – CONHEÇA A ESTRATÉGIA

Estadão Conteúdo
A TERRA TREMEU

Defesa Civil de Maceió suspende operação da Braskem depois de abalo sísmico em região de minas de sal-gema

Tremor de terra ocorreu durante preenchimento de minas de sal-gema exploradas pela empresa; extração da matéria-prima comprometeu a estabilidade do terreno ao longo dos anos e forçou esvaziamento de bairros inteiros

Site da Braskem com lupa apontada para o logotipo da companhia
Site da Braskem - Imagem: Shutterstock

A Defesa Civil de Maceió determinou a interrupção dos trabalhos de perfuração da Braskem (BRKM5) na área das minas que estão sendo preenchidas no bairro do Mutange.

A decisão sucedeu a confirmação de um evento sísmico registrado na capital alagoana na manhã do sábado.

Segundo nota da Defesa Civil, técnicos da Braskem foram convocados para uma reunião.

De acordo com os sismógrafos que compõem a rede de monitoramento do bairro, o evento ocorreu próximo ao prédio do Hospital Psiquiátrico José Lopes, onde a Braskem realiza o trabalho de preenchimento das cavidades dos poços.

Atividade será retomada após estudos

“Durante reunião, os técnicos da mineradora afirmaram que duas atividades desenvolvidas pela empresa para o preenchimento das minas podem ter provocado o evento”, diz a Defesa Civil em comunicado.

“Os técnicos da Braskem explicaram que equipes estavam perfurando um dos poços, que está a aproximadamente 700 metros de profundidade, para poder proceder com o preenchimento das cavidades, ação que ocorre numa cavidade vizinha”, acrescenta.

A segunda hipótese é a de que um tubo que era usado na extração de sal-gema, que estava dentro da cavidade, pode ter se deslocado e provocado o sismo. As atividades poderão ser retomadas somente após a conclusão de estudos adicionais sobre o evento.

Por que as minas estão sendo preenchidas

Em 2018, rachaduras começaram a aparecer nos bairros de Mutange e Bebedouro, em Maceió, região onde a Braskem possuía uma operação de poços de extração de sal-gema do subsolo da cidade.

Com o passar dos meses, esses e outros bairros vizinhos tornaram-se inabitáveis, transformando a Braskem em algo de processos por parte de antigos moradores dessas regiões.

Estima-se que cerca de 50 mil pessoas tenham sido obrigadas a se mudar desses bairros diante de temores de que o terreno ceda.

Abalo foi limitado

Conforme o comunicado, os equipamentos apontam ainda que não houve registro de movimentação de solo em outros pontos dos bairros afetados.

“Equipes de brigadistas e da Diretoria Operacional da Defesa Civil de Maceió estão realizando rondas e vistorias nas regiões próximas do local do epicentro do evento e das áreas no entorno”, destaca o comunicado.

O que diz a Braskem

Procurada, a Braskem afirmou em nota que “o evento foi de baixa intensidade e não alterou a rotina da região”.

A companhia acrescenta ainda que, “assim que o microssismo foi detectado”, paralisou as atividades no local, preventivamente.

Compartilhe

Engordando os proventos

Caixa Seguridade (CXSE3) pode pagar mais R$ 230 milhões em dividendos após venda de subsidiárias, diz BofA

14 de setembro de 2022 - 13:22

Analistas acreditam que recursos advindos do desinvestimento serão destinados aos acionistas; companhia tem pelo menos mais duas vendas de participações à vista

OPA a preço atrativo

Gradiente (IGBR3) chega a disparar 47%, mas os acionistas têm um dilema: fechar o capital ou crer na vitória contra a Apple?

12 de setembro de 2022 - 13:09

O controlador da IGB/Gradiente (IGBR3) quer fazer uma OPA para fechar o capital da empresa. Entenda o que está em jogo na operação

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Exclusivo Seu Dinheiro

Magalu (MGLU3) cotação: ação está no fundo do poço ou ainda é possível cair mais? 5 pontos definem o futuro da ação

10 de setembro de 2022 - 10:00

Papel já alcançou máxima de R$ 27 há cerca de dois anos, mas hoje é negociado perto dos R$ 4. Hoje, existem apenas 5 fatores que você deve olhar para ver se a ação está em ponto de compra ou venda

NOVO ACIONISTA

Com olhos no mercado de saúde animal, Mitsui paga R$ 344 milhões por fatias do BNDES e Opportunity na Ourofino (OFSA3)

9 de setembro de 2022 - 11:01

Após a conclusão, participação da companhia japonesa na Ourofino (OFSA3) será de 29,4%

Estreia na bolsa

Quer ter um Porsche novinho? Pois então aperte os cintos: a Volkswagen quer fazer o IPO da montadora de carros esportivos

6 de setembro de 2022 - 11:38

Abertura de capital da Porsche deve acontecer entre o fim de setembro e início de outubro; alguns investidores já demonstraram interesse no ativo

Bateu o mercado

BTG Pactual tem a melhor carteira recomendada de ações em agosto e foi a única entre as grandes corretoras a bater o Ibovespa no mês

5 de setembro de 2022 - 15:00

Indicações da corretora do banco tiveram alta de 7,20%, superando o avanço de 6,16% do Ibovespa; todas as demais carteiras do ranking tiveram retorno positivo, porém abaixo do índice

PEQUENAS NOTÁVEIS

Small caps: 3R (RRRP), Locaweb (LWSA3), Vamos (VAMO3) e Burger King (BKBR3) — as opções de investimento do BTG para setembro

1 de setembro de 2022 - 13:50

Banco fez três alterações em sua carteira de small caps em relação ao portfólio de agosto; veja quais são as 10 escolhidas para o mês

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Passando o chapéu: IRB (IRBR3) acerta a venda da própria sede em meio a medidas para se reenquadrar

30 de agosto de 2022 - 11:14

Às vésperas de conhecer o resultado de uma oferta primária por meio da qual pretende levantar R$ 1,2 bilhão, IRB se desfaz de prédio histórico

Exclusivo Seu Dinheiro

Chega de ‘só Petrobras’ (PETR4): fim do monopólio do gás natural beneficia ação que pode subir mais de 50% com a compra de ativos da estatal

30 de agosto de 2022 - 9:00

Conheça a ação que, segundo analista e colunista do Seu Dinheiro, representa uma empresa com histórico de eficiência e futuro promissor; foram 1200% de alta na bolsa em quase 20 anos – e tudo indica que esse é só o começo de um futuro triunfal

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar