Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-10T18:36:38-03:00
Rafaella Bertolini
Bem avaliada

BofA recomenda compra das ações de Caixa Seguridade e projeta retorno de 9,3% com dividendos

Banco americano iniciou a cobertura das ações da companhia com preço-alvo de R$ 17, um potencial de alta de 53%

10 de junho de 2021
13:23 - atualizado às 18:36
Caixa seguridade
Imagem: Shutterstock/Helena Aymee

Uma ação com potencial de alta e ainda com perspectiva de um retorno bem atrativo com dividendos. Essa é a visão do Bank of America (BofA) para os papéis da Caixa Seguridade (CXSE3), a holding que concentra os negócios do banco público em seguros e previdência.

O banco norte-americano iniciou a cobertura das ações com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 17, o que representa um potencial de valorização de 53%.

No pregão de hoje, os papéis da Caixa Seguridade fecharam em alta de 5,75%, a R$ 11,78.

Em relatório, os analistas destacaram ainda que as ações da Caixa Seguridade ainda podem ser uma boa opção para aqueles que gostam de dividendos.

Nas contas do BofA, o retorno com dividendos (dividend yield) dos papéis pode chegar a 9,3%. Nada mau se compararmos com a taxa básica de juros (Selic), atualmente em 3,5% ao ano.

A Caixa Seguridade é uma holding que organiza as participações da Caixa em seguros, previdência privada, capitalização e consórcio e configura o terceiro maior grupo do segmento no país. A empresa fez seu IPO na B3 em abril deste ano.

Devido à expectativa de recuperação econômica, melhoria do emprego, além do aumento da base de clientes, os analistas projetam o crescimento do lucro da seguradora em 40% ao ano entre 2021 e 2022, seguidos por 20% ao ano em 2023 e 2024.

Na visão do banco, a Caixa Seguridade está barata na bolsa, com um desconto de 14% em relação aos concorrentes.

O preço mais baixo se justificaria pelo controle de 82% do governo sobre a seguradora e constantes mudanças na gestão. Mas os analistas consideram que os atuais níveis de desconto não se justificam, uma vez que "os contratos com as empresas operadoras são protegidos por sócios minoritários com poderes adequados, e mudanças na gestão no nível da holding não devem impactar a execução nem a estratégia."

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas operam sem direção, bitcoin (BTC) cai abaixo dos US$ 40 mil e PEC dos combustíveis liga alerta dos investidores antes da abertura da B3

As atenções se voltam para a próxima quarta-feira (26), quando ocorrerá a próxima reunião do Federal Reserve sobre a alta nos juros este ano

SEXTOU COM O RUY

O novo nem sempre é melhor: como ganhar dinheiro com os ensinamentos clássicos na bolsa

Se você aproveitou a queda das ações nos últimos meses para comprar um pouco mais delas, deve estar colhendo frutos interessantes com a alta dos últimos dias

DILEMA NOS FIIS

Investidores decidem nesta sexta se vendem suas cotas no fundo imobiliário PATC11 em leilão; veja o que está em jogo e o que recomendam os especialistas

Afinal, é hora de aproveitar a oferta da Capitânia e colocar o dinheiro no bolso ou apostar na recuperação do FII do Pátria Investimentos?

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa rumo aos 110 mil pontos e a ressurreição da bolsa brasileira: veja tudo que mexeu com o mercado hoje

Poderia ter sido melhor, mas não dá para dizer que foi ruim. A bolsa brasileira teve hoje mais um dia estelar, permanecendo em alta de mais de 1% durante todo o pregão e chegando a testar os 110 mil pontos. Mas, no fim do dia, as bolsas americanas, que passaram quase toda sessão em alta, […]

Fechamento Hoje

Em mais um dia na contramão do mundo, Ibovespa sobe mais de 1% e dólar cai a R$ 5,41, com ajuda da China e do fluxo gringo

Corte de juros no gigante asiático beneficia países exportadores de commodities; queda nos juros futuros e entrada de recursos estrangeiros impulsionam bolsa para cima e dólar para baixo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies