Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-06T14:09:19-03:00
Estadão Conteúdo
Melhorias no ar

Azul divulga projeções e aposta em recuperação total no início de 2022

A companhia aérea foi a única das Américas a aumentar seu caixa em 2020 e aposta em um Ebitda de cerca de R$ 4 bilhões no próximo ano

6 de maio de 2021
14:09
Avião da Azul
Imagem: Shutterstock

A Azul anunciou nesta quinta-feira (6) suas projeções para 2021 e 2022. A previsão da companhia aérea é de alcançar um Ebitda de cerca de R$ 4 bilhões em 2022. Em 2019, o indicador ficou em R$ 3,6 bilhões.

Em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa lembra que em 2020, o Brasil teve uma das recuperações de demanda mais aceleradas do mundo.

"Embora o País tenha sido impactado por uma segunda onda da pandemia, a vacinação está acelerando e acreditamos que isso terá o mesmo efeito positivo que vemos em outros países à frente em seus esforços de vacinação", diz a empresa.

A companhia afirma ainda acreditar que, com isso, iniciará 2022 com sua operação totalmente recuperada. "Combinado com o crescimento da receita da Azul Cargo, nossas iniciativas de redução de custos e um ambiente competitivo racional, esperamos gerar Ebitda de aproximadamente R$ 4 bilhões em 2022 em comparação com R$ 3,6 bilhões em 2019."

Liquidez

A empresa também anunciou projeções de liquidez, estimando encerrar 2021 com liquidez imediata, incluindo caixa e equivalentes de caixa, investimentos de curto prazo e recebíveis de pelo menos R$ 3,0 bilhões.

A Azul ressalta que foi a única companhia aérea nas Américas a aumentar seu caixa em 2020 antes de levantar capital, graças à sua eficiente gestão de custos e diferimentos de pagamento negociados com arrendadores, fornecedores e bancos.

"Também provamos nosso acesso ao mercado de capitais a taxas competitivas mesmo em tempos de volatilidade. Estamos confiantes de que, à medida que a demanda se recupere, geraremos mais caixa e usaremos nossa forte liquidez para desalavancar através de pagamentos aos nossos stakeholders e investimentos no futuro. Essas premissas devem nos permitir encerrar o ano com pelo menos R$ 3,0 bilhões de liquidez imediata, mantendo nossa liderança para aproveitar a recuperação da demanda", diz.

Cargo

A Azul espera dobrar a receita da Azul Cargo no ano de 2021 comparado com 2019, totalizando aproximadamente R$ 1,0 bilhão em receitas. "A Azul Cargo vem crescendo rapidamente, alavancando as vantagens competitivas como a maior malha aérea do Brasil, a frota mais flexível e a melhor pontualidade", afirma.

A empresa destaca ainda que a Azul oferece uma ampla e única gama de serviços logísticos, com prazos de entrega reduzidos a preços competitivos. Assim, esperamos dobrar nossa receita de cargas em 2021 comparado com 2019, principalmente devido ao crescimento do comércio eletrônico no Brasil", diz.

As estimativas são preliminares e excluem eventos não recorrentes e impactos adicionais da pandemia.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

PEC DOS COMBUSTÍVEIS

Tesouro pode perder até R$ 240 bilhões com PEC dos Combustíveis e inflação pode ir para 1% — mas gasolina ficará só R$ 0,20 mais barata; confira análise

Se todos os estados aderirem à desoneração, a perda seria de cifras bilionárias aos cofres públicos, de acordo com a XP Investimentos

Seu Dinheiro no Sábado

E a bolsa ainda pulsa: os grandões do Ibovespa brilham e puxam o índice — mas e as demais empresas?

Além do ciclo aquecido das commodities e da entrada de recursos estrangeiros, também vale lembrar o desconto nos ativos domésticos

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) aprofunda queda da semana e é negociado aos US$ 35 mil hoje pela primeira vez em seis meses; criptomoeda já caiu 17% em sete dias

Especialista dá dicas de como sobreviver ao momento de “sangria” do mercado de criptomoedas — e o que não fazer no desespero

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O respiro da bolsa brasileira, o tropeço do bitcoin e o vazamento de dados do PIX: confira as principais notícias do dia

Para quem não aguentava mais ver a bolsa brasileira apanhando enquanto Wall Street renovava recordes, este início de ano está sendo o momento da revanche. Ou melhor, de o Ibovespa “correr atrás do prejuízo”. Nesta terceira semana de janeiro, o principal índice da B3 mais uma vez contrariou o exterior e enfileirou altas, enquanto as […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies