Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-10T13:25:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
repercussão

Amazon, Apple e Google retiram do ar rede social utilizada por conservadores

Empresas deixam de disponibilizar site e aplicativo do Parler após invasão do Congresso dos EUA por manifestantes pró-Trump

10 de janeiro de 2021
13:25
big techs
Imagem: Shutterstok

A invasão do Congresso dos Estados Unidos por apoiadores do presidente Donald Trump não teve só repercussões no mundo político. Ela também está tendo efeitos no mundo corporativo.

Além de diversas empresas terem demitidos funcionários que participaram do ataque ao Capitólio, a Apple e o Google suspenderam de suas lojas a rede social Parler, sob a alegação de que ela não tomou medidas adequadas para evitar a disseminação de conteúdos incitando a violência.

A Amazon vai remover a empresa de seu serviço de hospedagem de sites. Em e-mail enviado à Parler e obtido pelo site BuzzFeed, a Amazon informou que “não pode oferecer serviços a um consumidor que é incapaz de efetivamente identificar e remover conteúdo que encoraja ou incita violência contra os outros”.

Em seu site, a Parler afirma ser um lugar em que o usuário pode “falar livremente e se expressar de maneira aberta, sem medo de ser retirado da plataforma por conta de suas visões”. A posição vinha atraindo pessoas com posições conservadores e extremistas de direita que alegam que as grandes plataformas censuram suas opiniões.

O CEO da Parler, John Matze, confirmou a decisão da Amazon e disse que a rede social deve ficar fora do ar “por até uma semana”. “Estamos fazendo o nosso melhor para mudar para um novo servidor, uma vez que temos muitos competindo por nossos negócios, mas Amazon, Google e Apple fizeram isso de forma proposital, como um esforço coordenado, sabendo que nossas opções seriam limitadas”, disse ele segundo o site Business Inisder.

Briga com o Twitter

O diretor-presidente do Parler chegou a discutir com o CEO do Twitter, Jack Dorsey, no sábado (9), por conta do banimento da plataforma.

Após a decisão da Apple, Dorsey postou em sua conta no Twitter print screen dos principais downloads da App Store. Antes de ser banida, a Parler estava entre os aplicativos mais baixados. Mas ontem, já não estava mais no ranking. Junto com a imagem, Dorsey postou um emoji de coração.

No Parler, Matze respondeu ao postar um print screen da mensagem de Dorsey com a seguinte mensagem: “É, nós éramos número um [em downloads] até que a gangue inflamada das fake News no Twitter e seus amigos anti-competição vieram atrás de nós”.

* Com informações do Buzzfeed, Business Insider e agências internacionais.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Casamento legal

Cade mantém aprovação de compra de fatia da BRF (BRFS3) pela Marfrig (MRFG3)

A conselheira que havia pedido a reabertura da análise da operação mudou de posição e desistiu da reavaliação

SEGURADORA EM APUROS

Vítima de ataque cibernético, Porto Seguro (PSSA3) diz ter restabelecido canais após quase uma semana de instabilidade

Corretores ouvidos pela reportagem disseram que, nos últimos dias, os sistemas da seguradora apresentaram problemas

CRYPTO NEWS

Cotação do bitcoin (BTC) bate recorde histórico — o que fazer com a criptomoeda a partir de agora?

Depois de alguns meses sendo um investimento “ruim”, porque teve 50% de queda, o bitcoin volta a ganhar os holofotes do mercado e as manchetes da mídia especializada

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Auxílio Brasil, recorde do bitcoin, balanço da Tesla e produção da Vale: confira as principais notícias do dia

Com a temporada de balanços americana trazendo resultados animadores, o empurrãozinho em direção a um dia de ganhos poderia ter sido maior, mas não tem como negar que a grande pedra no sapato do investidor brasileiro é o novo programa social pretendido pelo governo federal. O saldo final do pregão de hoje foi positivo, mas […]

Problemas nas refinarias?

Com ameaça de desabastecimento no radar, produção da Petrobras (PETR4) recua 4,1% no 3º trimestre

Antes da divulgação do relatório, a petroleira já havia informado que não teria capacidade para atender, em sua totalidade, os pedidos por fornecimento de combustível em novembro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies