Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-29T12:48:57-03:00
Ricardo Gozzi
Ao acionista com carinho

Ação da Petrobras (PETR4) pode render 100% só em dividendos nos próximos cinco anos

Relação ‘risco-recompensa’ é como comparar um formigueiro ao Everest, avalia o UBS

29 de novembro de 2021
11:04 - atualizado às 12:48
Símbolo da Petrobras na tela de um celular
Petrobras - Imagem: Shutterstock

A nova política de dividendos divulgada na semana passada pela Petrobras indica que investir nas ações da empresa pode render um retorno de 100% apenas em dividendos no decorrer dos próximos cinco anos.

E, na avaliação dos analistas do UBS, a relação risco-recompensa para que esse dividend yield se materialize equivale a comparar um pequeno formigueiro ao Monte Everest e seus 8.849 metros de altura.

“A Petrobras tem apontado, de forma conservadora, para 100% de dividend yield acumulado nos próximos cinco anos”, observa o banco suíço.

A matemática do UBS

Depois de ter atingido recentemente sua meta de dívida bruta, de US$ 60 bilhões, a Petrobras sinaliza a intenção de distribuir entre US$ 60 bilhões e US$ 70 bilhões em dividendos entre 2022 e 2026. O volume é bem próximo do valor de mercado atual da empresa, de aproximadamente US$ 68 bilhões.

Agora com pagamentos a cada três meses, a expectativa é que o dividend yield fique em torno de 5% por trimestre.

Ao mesmo tempo, os analistas do UBS acreditam que a Petrobras tentará manter sua posição de caixa entre US$ 9 bilhões e US$ 10 bilhões para distribuir o fluxo livre excedente como dividendo aos acionistas.

“Isso coloca nossa previsão de dividendos entre 60% e 80% da geração de fluxo de caixa livre, implicando um dividend yield anual de 20% a 25%. Isso não inclui recursos potenciais de desinvestimentos que apresentam mais potencial para distribuição”, explica o UBS.

Por pior que seja

O banco acredita que, para quem investir em PETR3 e PETR4, os dividendos serão suficientes para compensar qualquer eventual perda com as ações.

“Reconhecemos que existem riscos não materializados. No entanto, acreditamos que isso esteja mais do que precificado, com a empresa sendo negociada em mínimas históricas”, prossegue o UBS.

O UBS considera que, por pior que seja o cenário projetado, haveria apenas maneiras limitadas de que ele possa ficar pior para as ações da Petrobras.

O principal risco de curto prazo mencionado pelo UBS é a eleição de 2022. Segundo o banco, anos eleitorais costumam ter impacto sobre as ações da Petrobras.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

MÚSICA NO FANTÁSTICO

Unilever recebe mais um não da Glaxo para oferta de US$ 68 bilhões por divisão que produz Advil; entenda o caso

Se fosse concretizado, o acordo seria o maior em termos globais desde o início da pandemia de covid-19

EFEITOS COLATERAIS

Ômicron e seus investimentos: variante do coronavírus terá efeitos distintos sobre empresas de saúde na bolsa; saiba quais são eles

Planos de saúde devem enfrentar um cenário menos favorável dado o aumento dos índices de sinistralidade e pressão sobre os custos

FOI DADA A LARGADA

Petrobras (PETR4) e Novonor iniciam oficialmente processo para vender participações na Braskem; veja quanto a operação bilionária pode levantar

O pedido de registro para a oferta pública secundária, que será realizada no Brasil e no exterior, foi publicado na madrugada deste sábado (15) na CVM

INCENTIVO À MUDANÇA

Meca das criptomoedas? Estado americano tenta atrair trabalhadores com pagamento em bitcoin (BTC)

Iniciativa acontece em meio a explosão de crescimento no setor de tecnologia, especificamente naquelas habilitadas para blockchain

HEY, BROTHERS!

BBB é ‘fábrica de milionários’: prêmio de R$ 1,5 milhão é fichinha perto da fortuna que ex-participantes constroem; veja como Juliette, Gil do Vigor e outros ficaram ricos após reality

A edição de 2022 do BBB começa na próxima segunda e pode conceder o título de milionário a mais pessoas; veja quem já conseguiu se consagrar com a participação na casa mais vigiada do Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies