Independência do Banco Central vai acabar? Entenda melhor aqui

Cotações por TradingView
2021-06-24T10:31:47-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Bota para descer

Valor do dólar ainda deve cair “bem abaixo” dos R$ 5, diz Guedes

Guedes também afirmou que os juros curtos estão subindo, mas o longo está controlado, pois o governo manteve a responsabilidade fiscal

23 de junho de 2021
13:36 - atualizado às 10:31
Guedes
O ex-ministro da Economia, Paulo Guedes - Imagem: GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDO/AE

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira, 23, que o câmbio de equilíbrio ainda é "bem abaixo" do patamar atual.

Guedes destacou que o dólar furou R$ 5,00 no fechamento do mercado financeiro na terça-feira (22) pela primeira vez em um ano, mas disse que deve cair mais.

O ministro reforçou que o Brasil foi o único país que fez reformas estruturantes em meio à pandemia.

Guedes também afirmou que os juros curtos estão subindo, mas o longo está controlado, pois o governo manteve a responsabilidade fiscal e tem reduzido gastos, embora tenha ficado "espremido contra a parede" com os golpes contra o teto de gastos.

Eletrobras

Além do câmbio, o ministro também comentou um assunto que movimentou os mercados nos últimos dias.

Guedes confirmou que preferia uma "privatização clássica" da Eletrobras, com a venda pelo preço mais alto e uso dos recursos nas necessidades do país.

Mas, diante das disputas políticas em torno da medida provisória que permitiu a concessão da estatal à iniciativa privada, reconheceu que é "compreensível" que isso não tenha ocorrido.

"Não vamos chorar muito pela Eletrobras porque a meta de liberalização de energia continua", afirmou.

De acordo com o ministro, os "jabutis maiores" foram abatidos de projeto da Eletrobras e sobraram apenas alguns que vão "evaporar por serem menos eficientes".

Jabuti é o termo utilizado para designar assuntos que são incluídos em projetos na tramitação no Congresso e não são relacionados ao tema central.

"A equipe econômica tomou cuidado de não ser arrastada para uma situação desfavorável para indústria brasileira", garantiu o ministro.

E as termelétricas?

Guedes tratou ainda da inclusão na medida da obrigação da contratação de 8 mil MW de termelétricas a gás, mesmo em locais sem o insumo, o que pode onerar a tarifa de energia elétrica.

"Prometemos comprar energia de termelétricas a menos da metade do preço atual. Parece subsídio, mas é uma promessa de comprar pela metade do preço", afirmou.

Guedes disse ainda ser "perfeitamente cabível" deslocar recursos para revitalização do São Francisco e disse que a medida - que atende pleito do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco - era "politicamente incontornável". "Estamos tomando cuidado para não ter choque de custo mesmo em meio a problemas hídricos", completou.

Discurso de campanha

As afirmações do ministro foram feitas em uma live com Josué Gomes e Rafael Cervone, candidatos, em chapa única, à presidência e à primeira vice-presidência da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), respectivamente.

Gomes e Cervone são apoiados pelo atual presidente da Fiesp, Paulo Skaf, que fez, em seu discurso inicial, campanha para os dois.

O caráter eleitoral também ficou claro nas primeiras declarações de Gomes e Cervone, que convocaram os industriais paulistas à votação, que ocorre dia 5 de julho.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

RAINHA DA RENDA FIXA

BB Seguridade (BBSE3) surfa alta da Selic e tem lucro 47% maior no 4T22; veja os números

9 de fevereiro de 2023 - 9:20

A holding que reúne as participações do Banco do Brasil (BBAS3) em seguros e previdência registrou lucro líquido de R$ 1,8 bilhão no quarto trimestre de 2022

ENTREVISTA

Eleitor de Lula contra Bolsonaro, Armínio Fraga vê risco de petista se atrapalhar na economia

9 de fevereiro de 2023 - 9:12

Ex-presidente do Banco Central sob FHC, Arminio Fraga vê ataques de Lula à autoridade monetária como ‘equívoco’

MERCADOS HOJE

Bolsa agora: Ibovespa futuro abre em alta e acompanha maior apetite do exterior; dólar recua

9 de fevereiro de 2023 - 7:05

RESUMO DO DIA: As bolsas de valores estrangeiras amanheceram no azul. Os investidores reagem a balanços positivos de empresas dos Estados Unidos e da Europa. Por aqui, o mercado prepara-se para o IPCA de janeiro. Também monitora a trégua na queda de braço entre o governo do presidente Lula e o Banco Central.

Lá vem bomba

Com Americanas no radar, analistas se preparam para o pior no balanço do Bradesco (BBDC4) no 4T22

9 de fevereiro de 2023 - 6:21

Bradesco publica resultados do quarto trimestre de 2022 nesta quinta-feira (9), após o fechamento do mercado

LOTERIAS

Mega-Sena sai pela primeira vez em 2023; veja de onde são os novos milionários brasileiros

9 de fevereiro de 2023 - 5:54

Mega-Sena estava acumulada desde o sorteio da virada; Lotofácil saiu para apostadores de 3 diferentes capitais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies