🔴 NOVA META: RENDA EXTRA DE ATÉ R$ 2.000,00 POR DIA – VEJA COMO

Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Onde investir

Qual previdência privada escolher? Veja uma seleção de planos para cada fase da vida

Bons planos de previdência devem ter boa gestão, taxas baixas e não ser necessariamente ultraconservadores; a seguir, veja algumas sugestões de fundos de previdência nesse perfil

Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
20 de dezembro de 2021
5:30 - atualizado às 9:06
Mão segurando bússola de cima, no chão uma seta aponta para direita/cima
Imagem: Shutterstock

Nas últimas semanas, nós publicamos, aqui no Seu Dinheiro, uma série de reportagens sobre previdência privada destacando as vantagens desse tipo de produto financeiro para poupar para a aposentadoria, mostrando as armadilhas a serem evitadas e a forma correta de usá-la no planejamento financeiro.

Deixamos claro, desde o início, que para a previdência privada ser eficaz, ela precisa não só ser utilizada da forma correta, como também é preciso escolher um bom plano, com taxas baixas e adequado ao perfil do poupador.

Você deve estar se perguntando agora (e, de fato, alguns leitores nos questionaram): tá legal, mas onde encontro um bom plano de previdência? Quais são os bons planos? Onde estão esses planos baratos e não tão conservadores para quem tem tempo pela frente para correr um pouco mais de risco?

Como eu já mencionei em matérias anteriores, hoje em dia o investidor pessoa física não está mais restrito aos planos de previdência oferecidos pelas seguradoras dos bancões, que muitas vezes são excessivamente conservadores e ainda cobram taxas de administração elevadas - mais altas até do que os fundos não previdenciários similares oferecidos pela mesma instituição financeira.

Atualmente, diversas gestoras e corretoras não ligadas aos grandes bancos tradicionais têm parcerias com seguradoras independentes para oferecer versões previdenciárias dos seus fundos mais bem-sucedidos e renomados.

É possível, por exemplo, encontrar em plataformas de investimento versões previdenciárias de fundos de gestoras estreladas como Verde Asset, SPX, JGP, Capitânia, Bahia, Brasil Capital, entre outras.

Também ficou fácil fugir da taxa de carregamento, um custo que só fundos de previdência têm e que reduz bastante a rentabilidade. Ela é cobrada a cada aporte, reduzindo a quantia que é efetivamente investida no plano.

Hoje, são muitos os fundos previdenciários que não cobram mais esta taxa, especialmente nessas gestoras independentes. Em dezembro de 2018 eu fiz uma matéria sobre onde encontrar planos de previdência sem taxa de carregamento, e na ocasião já havia inúmeras alternativas.

Pois bem, uma rápida pesquisa nas principais plataformas de investimento para a pessoa física já traz uma série de resultados de fundos de previdência que se enquadram nos critérios de qualidade de gestão e custos baixos.

Vale a pena investir em PGBL no fim do ano? Eu respondo no vídeo a seguir. Assista e aproveite para se inscrever no canal do Seu Dinheiro no YouTube.

Mas, afinal, qual previdência privada escolher?

Para responder de forma mais objetiva ao questionamento que abre esta matéria, eu pedi para alguns especialistas me passarem uma seleção de fundos de previdência que eles consideram interessantes para cada perfil de investidor, isto é, para cada fase da vida, do mais jovem àquele que já está mais próximo de se aposentar.

Falei com o Bruno Marchesano, analista que integra a equipe que cuida da série Melhores Fundos de Investimento da Empiricus. Eles têm uma seleção de fundos e ativos para previdência que baseia as carteiras dos fundos previdenciários da gestora Vitreo.

Consultei também a Porto Seguro e a SulAmérica, que são talvez as duas seguradoras independentes mais atuantes hoje nesse “novo mercado” de previdência privada, que conta com opções bem mais interessantes para a pessoa física. A Porto não pôde participar da matéria, mas a SulAmérica me passou uma seleção de fundos.

Veja a seguir as seleções enviadas para cada fase da vida do investidor (lembrando que todos os planos citados podem ser contratados na versão PGBL ou VGBL, com tabela progressiva ou regressiva de IR):

Investidor jovem (na faixa dos 20 ou 30 anos de idade)

SulAmérica

Para o público mais jovem, a SulAmérica selecionou quatro fundos multimercados, que são fundos que podem investir em todo tipo de ativo para tentar buscar uma rentabilidade superior ao seu indicador de referência, em geral, o CDI.

O long biased da JGP que consta na lista, por exemplo, é inteiramente dedicado a ações, mas pode fazer tanto operações compradas, para ganhar com a alta dos preços dos ativos, quanto eventuais operações vendidas, para ganhar com as quedas e se proteger em momentos ruins do mercado.

Fundos multimercados em geral têm mais risco que a renda fixa conservadora e podem ter períodos de retorno negativo. Seu objetivo é ter um bom retorno no longo prazo, que é o horizonte do investimento previdenciário.

Safari Sulamérica Prev FIC Multimercado
Gestora: Safari Capital
Aplicação inicial: R$ 10 mil
Taxa de administração: 2,00% ao ano
Taxa de performance: 20% do que exceder o CDI
Retorno desde o início (dez/18): -4,8% vs. CDI de 12,9%.

SulAmérica Prev JGP 70 ESG FIC Multimercado
Gestora: JGP
Aplicação inicial: R$ 10 mil
Taxa de administração: 1,40% a 1,55% ao ano
Taxa de performance: 20% do que exceder o benchmark de 32% do CDI + 68% do Ibovespa
Ainda sem histórico público de retorno por ter começado há menos de seis meses (agosto de 2021).

SulAmérica Ibiuna Long Biased Prev FI Multimercado
Gestora: Ibiuna
Aplicação inicial: R$ 1 mil
Taxa de administração: 2,00% ao ano
Taxa de performance: não há
Retorno desde o início (abr/18): 25,34% (139% do CDI)

SulAmérica Prev Arrojado FIC Multimercado Crédito Privado
Gestora: SulAmérica Investimentos
Aplicação inicial: R$ 10 mil
Taxa de administração: 0,90% ao ano
Taxa de performance: não há
Retorno desde o início (mar/21): 2,43% vs. CDI de 3,30%.

Bruno Marchesano, analista da série Melhores Fundos de Investimento da Empiricus

Para jovens e mesmo para pessoas mais velhas, mas que não estejam ainda perto de se aposentar, o analista recomenda o FoF SuperPrevidência 2, da Vitreo (o FoF SuperPrevidência original está fechado para captação).

O fundo de fundos da Vitreo reúne as recomendações previdenciárias dos analistas da série Melhores Fundos de Investimento da Empiricus. São elas:

Renda fixa:
Vitreo Inflação Longa FIRF

Renda fixa crédito:
Capitânia MultiPrev Máster FIRF CrPr
Brasil Plural Portfolio FICFIRF CrPr
Icatu Vanguarda Absoluto FIFE FIRF Previdenciário CrPr
Sparta Previdência FIFE D60 FIRF CrPr
Augme Previdência FIFE FIM CrPr

Renda fixa crédito global:
Pimco Income Dólar FIM IE

Multimercados:
SPX Lancer Icatu Multiprevi FICFIM
Verde AM Previdência I FICFIM
Adam Icatu Prev 1 FICFIM
Ibiuna Prev FIFE FIM
Kinea Atlas Prev FIM
Occam Previdência Plus FIFE FIM
Vinci Equilíbrio Icatu Prev Master FIM
Canvas Vector Icatu Qualificado F2 FICFIM Prev
Giant Prev Icatu II FIE FICFIM

Renda variável:
Bogari Value Q FIFE FIA Prev
Brasil Capital 100 Prev FICFIA
Nucleo Prev Icatu 100 FICFIA
Velt Prev Icatu FF FICFIA
Atmos Institucional FICFIA
Moat Icatu Prev II FICFIA
Oceana Long Biased Prev FICFIM
Apex Long Biased Icatu FIM Prev FIFE
SMAL11 (ETF Small Caps)
TRIG11 (ETF Small Caps)
Patria Pipe Prev FIC FIA

Renda variável global:
SPXI11 (ETF S&P500)

Proteções:
Vitreo Dólar FI Cambial
Vitreo Ouro

Alternativos:
HASH11 (ETF criptomoedas)

Repare que muitos desses fundos são previdenciários, ou seja, o investidor conseguiria investir neles isoladamente na versão previdência, sem ser por meio do fundo da Vitreo.

Porém, por meio do fundo da Vitreo é possível investir, com os benefícios da previdência em ativos que seriam inacessíveis nesta versão caso o investidor optasse por investir neles diretamente, caso do fundo de ações Atmos Institucional, o Pimco Income ou os ETFs (HASH11, SPXI11 etc.).

Esses fundos não são de previdência e não contam com versões previdenciárias. A única maneira de investir neles e se valer dos benefícios da previdência privada é por meio de um fundo de previdência que invista neles, caso do FoF da Vitreo.

Marchesano também cita, como vantagens do FoF, a diversificação de gestores e estratégias (e uma aplicação mínima baixa para montar uma carteira diversificada) e o acesso aos produtos pagando menos (paga-se, de taxa de administração, um valor menor do que se o investimento fosse feito individualmente em cada fundo da carteira).

Aplicação inicial: R$ 1 mil (ou R$ 100 mensais)
Taxa de administração: 0,75% ao ano
Taxa de performance: não há
Retorno desde o início (jul/19): 8,99% vs. CDI de 9,31%.

Adultos já “no meio do caminho” (na faixa dos 40 anos)

SulAmérica

Para quem já está no meio do caminho no processo de acumulação de patrimônio, a SulAmérica também recomenda multimercados, mas com perfil mais para o moderado do que para o arrojado.

O Prestige Total, por exemplo, investe 51% da sua carteira em renda fixa e 49% em bolsa. Já o Mix 30, investe até 30% em ações e o restante em renda fixa.

SulAmérica Adam Prev FIC Multimercado
Gestora: Adam Capital
Aplicação inicial: R$ 10 mil
Taxa de administração: 0,85% a 2,00% ao ano
Taxa de performance: não há
Retorno desde o início (mai/21): -1,81% vs. CDI de 2,62%.

SulAmérica Prestige Total Prev FI Multimercado
Gestora: SulAmérica Investimentos
Aplicação inicial: R$ 10 mil
Taxa de administração: 1,50% ao ano
Taxa de performance: não há
Retorno desde o início (nov/12): 60,61% vs. 107,57% do benchmark (51% de CDI e 49% de Ibovespa).

SulAmérica Mix 30 IV FI Multimercado
Gestora: SulAmérica Investimentos
Aplicação inicial: não há mínimo
Taxa de administração: 1,50% ao ano
Taxa de performance: não há
Retorno desde o início (ago/01): 623,32% vs. CDI de 781,43%.

SulAmérica Prev Moderado FIC Multimercado
Gestora: SulAmérica Investimentos
Aplicação inicial: R$ 10 mil
Taxa de administração: 0,80% ao ano
Taxa de performance: não há
Retorno desde o início (dez/20): 3,25% vs. CDI de 3,73%.

Bruno Marchesano, analista da série Melhores Fundos de Investimento da Empiricus

Para adultos nessa fase da vida, Marchesano também indica o FoF SuperPrevidência 2, da Vitreo, cujos detalhes você pode conhecer no item anterior.

Pessoas próximas da aposentadoria (nas faixas dos 50 ou 60 anos)

Quem está mais perto da aposentadoria já não pode correr muito risco, devendo realmente preferir fundos mais conservadores, expostos a ativos de renda fixa.

SulAmérica

A SulAmérica recomendou um fundo que investe em ativos atrelados a índices de preços e que busca superar o IMA-B 5, índice de renda fixa que representa o desempenho dos títulos públicos atrelados à inflação de prazos inferiores a cinco anos; um fundo multimercado, mais exposto a títulos de crédito privado; e um fundo que investe 15% da carteira em ações e o restante em renda fixa.

ARX SulAmérica K2 Inflação Curta Prev FIC Multimercado Crédito Privado
Gestora: ARX
Aplicação inicial: R$ 10 mil
Taxa de administração: 1,10% ao ano
Taxa de performance: não há
Retorno desde o início (dez/19): 20,53% vs. IMA-B 5 de 12,15%.

JGP SulAmérica Previdenciário FIC Multimercado Crédito Privado
Gestora: JGP
Aplicação inicial: R$ 10 mil
Taxa de administração: 2,00% ao ano
Taxa de performance: não há
Retorno desde o início (dez/16): 40,60% vs. CDI de 32,36%.

SulAmérica Mix 15 IV FI Multimercado
Gestora: SulAmérica Investimentos
Aplicação inicial: não há mínimo
Taxa de administração: 1,50% ao ano
Taxa de performance: não há
Retorno desde o início (ago/99): 692,66% vs. CDI de 923,70%

Bruno Marchesano, analista da série Melhores Fundos de Investimento da Empiricus

Para quem precisa ou deseja ficar mais conservador na previdência, Marchesano recomenda o fundo FoF Prev Conservador, da Vitreo, que reúne apenas fundos de renda fixa, tanto com exposição à inflação quanto a crédito privado. São eles:

Icatu Vanguarda Inflação Curta FIRF LP
Capitânia Multiprev Master FIRF CrPr
Icatu Vanguarda Absoluto FIFE FIRF Previdenciário CrPr
Brasil Plural Portfolio FICFIRF CrPr
Sparta Previdência FIFE D60

Aplicação inicial: R$ 1 mil (ou R$ 100 mensais)
Taxa de administração: 0,30% ao ano
Taxa de performance: não há
Retorno desde o início (set/19): 8,55% vs. CDI de 8,20%.

Marchesano recomenda ainda dois outros fundos de renda fixa que podem ser interessantes para esse perfil de investidor, um totalmente conservador, que investe apenas em Tesouro Selic e pretende seguir o CDI; e outro mais exposto a títulos de crédito privado, de uma gestora altamente especializada nesse tipo de ativo, com o objetivo de superar o CDI:

BTG Tesouro Selic Simples Prev FI RF
Aplicação inicial: R$ 500
Taxa de administração: não há
Taxa de performance: não há
Retorno desde o início (mai/18): 14,61% (83,91% do CDI).

Capitânia CredPrevidência Icatu FIC RF Crédito Privado
Aplicação inicial: R$ 3 mil (ou R$ 500 mensais)
Taxa de administração: 1,25% ao ano
Taxa de performance: não há
Retorno desde o início (mai/17): 36,85% vs. CDI de 10,04%.

Compartilhe

sextou com o ruy

Meu fundo de previdência está com retorno negativo. Devo resgatar o dinheiro?

8 de abril de 2022 - 6:53

Se você quiser aumentar as chances de uma aposentadoria tranquila, é preciso aguentar as crises de curto prazo e ater-se a seu plano de previdência

IR 2022

Como declarar aposentadorias e pensões da Previdência Social no imposto de renda

8 de março de 2022 - 7:00

Aposentados e pensionistas da Previdência Social têm direito à isenção de imposto de renda sobre uma parte de seus rendimentos. Veja os detalhes de como declará-los no IR 2022

IR 2022

Informe de rendimentos do INSS para o IR 2022 já está disponível – a partir de hoje, até por chat; veja como baixar

22 de fevereiro de 2022 - 14:08

Documento auxiliará aposentados, pensionistas e outros contribuintes que tenham recebido benefício no ano passado a preencher a declaração de IR 2022 e comprovar rendimentos junto à Receita; é possível baixar em site, app ou por chat

Aposentados e pensionistas

Prova de vida do INSS volta a ser exigida em 2022

2 de janeiro de 2022 - 16:55

Procedimento volta a ser obrigatório após três meses de suspensão. Pagamentos de aposentadorias e pensões começarão a ser suspensos em fevereiro

Fácil, prático e seguro

Tesouro Previdência vem aí? Tesouro Direto lançará, em 2022, título específico para a aposentadoria

27 de dezembro de 2021 - 14:40

Em entrevista ao Estadão, secretário do Tesouro Nacional, Paulo Valle, disse que nova modalidade de título público permitirá ao poupador saber quanto investir a partir da renda mensal que ele pretende receber no futuro

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Por uma vida longa e próspera: veja uma seleção de planos de previdência privada para cada fase da vida

20 de dezembro de 2021 - 8:46

Afinal, de que vale envelhecer sem a segurança de uma existência minimamente confortável e digna

Planeje-se!

Fuja do Paulo Guedes! Como pagar menos imposto para o governo e ainda aumentar a sua renda para a aposentadoria

2 de dezembro de 2021 - 5:30

Não fique à mercê das reformas do Ministério da Economia. Utilizada da maneira correta, previdência privada pode te ajudar a pagar menos imposto de renda e a não depender totalmente da Previdência Social

EXILE ON WALL STREET

O tom da sua aposentadoria: descubra agora se você deve optar pela declaração completa do Imposto de Renda e aportar em um PGBL

26 de novembro de 2021 - 11:20

Baixe ao fim da matéria a planilha que desenvolvemos para você saber se e quanto deve aportar em um PGBL

Armadilhas

Não seja um idiota na hora de investir para a sua aposentadoria: veja os 5 erros mais comuns na previdência privada

24 de novembro de 2021 - 5:30

Previdência privada só é cilada se você não souber como usar. Conheça os erros mais comuns de quem entra num plano desavisado

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar