Menu
Richard Camargo
Aposente-se aos 40 (ou o quanto antes)
Richard Camargo
Formado em Economia pela Universidade de São Paulo, Richard trabalhou por 5 anos na área tecnológica até chegar na Empiricus.
2020-05-14T16:25:50-03:00
OS DESAFIOS DE SEMPRE

O Brasil à beira do precipício: ‘Que Deus tenha misericórdia desta nação’

O Brasil é um eterno caso de reversão à média. Precisamos caminhar em direção ao abismo, olhar para baixo e sentir o vento chacoalhar para só então nos darmos conta de que não queremos, e não iremos pular. Esse entendimento é fundamental se você está construindo um plano de aposentadoria precoce.

17 de maio de 2020
5:50 - atualizado às 16:25
Eduardo Cunha recebe apoio da Força Sindical
Brasil, São Paulo, SP, 21/08/2015. O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), durante encontro com trabalhadores e sindicalistas ligados à Força Sindical, no auditório do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, no bairro da Liberdade, região central da cidade. - Crédito:CLAYTON DE SOUZA/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/Código imagem:187424 - Imagem: Estadão Conteúdo

Imediatamente me lembrei dessa frase icônica do então presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, em meio à abertura do processo de impeachment contra a então presidente da república, Dilma Rousseff. 

Só para que fique claro, este não é um espaço para discutirmos política. 

Não vou entrar em méritos e deméritos particulares e exatamente por isso Eduardo Cunha nos serve tão também. 

Ele integra um grupo seleto de brasileiros odiados a nível nacional, sem exceções. Basicamente, todos desprezamos Eduardo Cunha. 

Naquele momento, em 2016, sua frase carregava muito simbolismo. Era o fim um ciclo. Um ciclo iniciado mais de 12 anos antes, em que o país cresceu e reduziu sua desigualdade econômica, sobretudo em resposta à demanda infinita da China por commodities.

Mas, devido a uma sucessão de erros de gestão - como a nova matriz econômica - e os escândalos de corrupção, nosso salto de prosperidade chegou ao fim entre 2014 e 2015.

O Ibovespa - nosso principal índice de ações - bateu os 38 mil pontos, seu menor patamar desde a crise do subprime, em 2008. 

A Selic subiu a 14,75% ao ano e os títulos públicos brasileiro de longo prazo, como o Tesouro IPCA+, chegaram a ser negociados a juros reais de mais de 6,5% ao ano, para vencimentos superiores a 10 anos. 

Então, as preces de Eduardo Cunha foram ouvidas

Imagino que ele não tenha sido o único a implorar por misericórdia. Milhões de outros brasileiros, anônimos em suas dificuldades, também sentiram o golpe e aguardavam ansiosos por uma reviravolta. 

E a misericórdia veio. 

Passado o turbulento impeachment da Dilma, aprovamos importantes reformas sob a gestão do presidente mais impopular e, ao mesmo tempo, mais reformista que tivemos desde o Plano Real. 

Isso reflete um pouco daquilo que considero a essência do Brasil: um país que não tem vocação para explodir.   

Se vai dar certo ou não, é outra história. Mas explodir não parece o caso. 

Até porque, sempre foi assim. O Brasil é um eterno caso de reversão à média. 

Precisamos caminhar em direção ao abismo, olhar para baixo, sentir o vento chacoalhar e as primeiras rachaduras se projetarem abaixo de nós, para só então nos darmos conta de que não queremos, e não iremos pular. 

E essa é uma premissa fundamental se você está construindo um plano de aposentadoria precoce. 

Uma aposentadoria precoce, tropicalizada

A maioria de nós começou a trabalhar por volta dos 18 anos. Alguns um pouco antes (eu por exemplo, comecei aos 16), outros um pouco depois. 

Até a aposentadoria formal, pelo INSS, temos em média 45 anos pela frente. Pela nova previdência, os homens só podem solicitar seu benefício depois dos 65 anos, e as mulheres depois dos 62 anos.

Uma aposentadoria precoce é qualquer aposentadoria que consiga ser alcançada de maneira independente antes disso. 

Tomando por exemplo uma série de caso de sucesso nos EUA - onde o movimento FIRE (Financial Independence, Retire Early) se torna cada vez mais popular -, dez anos parece um prazo suficiente para conquistar uma aposentadoria precoce, nos EUA. 

Talvez aqui no Brasil, pela nossa essência macunaímica e nossa eterna sina de sabotarmos tantos os planos de crescimento quanto de autodestruição, esses 10 anos demorem um pouco mais. Treze, quatorze ou quinze anos, a depender do ciclo que se projeta diante de nós. 

Se estivermos realmente caminhando em direção a um precipício, vou começar a me animar. 

Eu e o Rodolfo Amstalden (que é basicamente quem me ensinou tudo isso), sabemos que o país não vai se jogar no abismo e, ao olhar para trás, talvez inicie um novo ciclo. 

Um ciclo que poderá encurtar, e muito, o prazo da sua aposentadoria precoce. 

Estamos de olho, e vamos trazer cada vez mais novas ideias de investimento aos membros da comunidade Empiricus FIRE®, que receberam um guia essa semana sobre como ajustar suas carteiras para o que vem por aí. 

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Abertura

Exterior positivo faz Ibovespa operar com ganhos nesta manhã

Aprovação de pacote de estímulos trilionário nos EUA animou os investidores pelo mundo e deve impulsionar a bolsa por aqui

evolução

Indústrias de grandes economias registram aceleração em fevereiro

Manufatura da zona do euro se expande no ritmo mais forte em três anos, enquanto Japão tem primeira alta desde abril de 2019

dragão à vista

Economistas voltam a piorar projeções para inflação e dólar em 2021

Possibilidade de dólar fechar o ano abaixo de R$ 5,00 ficou ainda mais remota, segundo mediana de projeções divulgada pelo BC

O melhor do Seu Dinheiro

Quem vai ganhar a corrida das varejistas?

Quem será o novo Magazine Luiza? Essa pergunta virou quase um clichê no mercado depois que a varejista se tornou um dos maiores casos de sucesso da bolsa, com uma valorização de quase 35.000% desde dezembro de 2015. Entre o antigo modelo de lojas de rua e o promissor varejo online, o segredo da empresa […]

alívio no caixa

Governo reabre programa para renegociação de dívidas das empresas

A ideia é proporcionar um alívio no caixa das empresas no momento em que governadores decretaram o fechamento de estabelecimentos não essenciais devido ao colapso em seus sistemas de saúde

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies