Menu
Richard Camargo
Aposente-se aos 40 (ou o quanto antes)
Richard Camargo
Formado em Economia pela Universidade de São Paulo, Richard trabalhou por 5 anos na área tecnológica até chegar na Empiricus.
Dados da Bolsa por TradingView
2020-04-18T18:18:00-03:00
CONVERSA SOBRE PREVIDÊNCIA

Cuidado: no mundo inteiro as pessoas estão temendo por suas aposentadorias

O modelo atual de previdência estatal não é sustentável no longo prazo. Logo, VOCÊ precisará cuidar a própria aposentadoria.

19 de abril de 2020
6:00 - atualizado às 18:18
placa-cuidado-exclamacao-1920X1080
Imagem: Shutterstock

Olá, seja bem-vindo ao nosso papo de domingo sobre Aposentadoria FIRE® (Financial Independence, Retire Early). Hoje quero entrar numa discussão que 99% das pessoas ignoram deliberadamente. Serei franco e direto: 

No mundo inteiro, os governos irão diminuir o tamanho das aposentadorias e, cada vez mais, os aposentados que dependem 100% do governo terão apenas o mínimo para sobreviver.

A culpa não é sua, por enquanto

A previdência social têm uma dinâmica mais ou menos parecida nos principais países do mundo: os mais jovens, ativos no mercado de trabalho, bancam a previdência dos mais velhos. 

Neste contrato social, os jovens de hoje esperam a mesma contrapartida amistosa dos jovens de amanhã. 

Aqui mora o problema: se as estimativas de todos os órgãos internacionais preocupados com o tema estiverem corretas, faltarão jovens no futuro para honrar o contrato social. 

Nos EUA, estima a Organização das Nações Unidas (ONU), existem hoje cerca 30 aposentados para cada 100 pessoas ativas no mercado de trabalho. Em 25 anos, existirão 50 aposentados para cada 100 trabalhadores. 

Os dados são para os Estados Unidos, mas toda Europa enfrenta o mesmo problema. No Japão já impera uma matriz 50/100, e as estimativas apontam para 75 aposentados para cada 100 trabalhadores ativos dentro de 25 anos. 

Se 25 anos parecem uma distância razoável, lembre-se que fenômenos demográficos são construídos aos poucos, de maneira gradativa. A cada ano que passa, caminhamos mais um pouco em direção ao problema. 

A conclusão dos especialistas em previdência é unânime: o atual modelo não é sustentável em longo prazo. No mundo inteiro, mais cedo ou mais tarde, os países terão de enfrentar o problema. 

Além dos memes

Foi neste espírito que aprovamos a Reforma da Previdência em 2019. Apesar de importante, a nossa reforma está longe de ser definitiva. Ainda carregamos um pesado ônus das aposentadorias especiais do setor público, além de termos feito diversas concessões de classe no meio do caminho. 

Mas o ponto que eu gostaria de destacar é o seguinte: não estamos navegando sozinhos neste mar agitado. 

Em 2019, a França tentou emplacar uma reforma previdenciária, sobretudo pautada no aumento da idade mínima para a aposentadoria. Não deu certo. Imediatamente as ruas foram tomadas por protestos em massa. 

No Chile, nosso vizinho (que aliás, já contam com um sistema de aposentadorias privadas bem mais robusto que o nosso), a tentativa de expandir essa mesma previdência esbarrou igualmente no caos social.

Até na Rússia, em que Vladimir Putin governa quase como um monarca instituído, a tentativa de aumentar a idade mínima para aposentadoria terminou em protestos de rua. 

A direção é clara: a tendência é o aumento da idade mínima para se aposentar, seguida de uma diminuição relativa no valor do benefício.

E como fica claro com os exemplos, essa é uma tendência global. Mais cedo ou tarde, o caos social será controlado por uma simples imposição aritmética.

Por isso, VOCÊ precisa cuidar da sua própria aposentadoria

Cada vez mais, estou convencido de que a Aposentadoria FIRE® será tropicalizada e muitos brasileiros irão se engajar no movimento. 

Se não para se aposentarem de maneira precoce, ao menos para garantirem uma aposentadoria digna que vá além da subsistência e de uma plano de saúde privado. 

Nos EUA, como apontam dados do Banco Mundial, mais da metade população com 55 anos ou mais não possui nenhum dinheiro guardado para a aposentadoria. 

Isso mesmo: nenhum.

Fica à nossa imaginação estimar a situação do brasileiro médio com mais de 55 anos. 

Como referência, encerramos março de 2020 com 63 milhões de inadimplentes (dados do Serasa), equivalente a 40,8% da população adulta do país.  

Não é uma situação fácil, mas queremos fazer a nossa parte. 

Imaginamos que o coronavírus e a quarentena despertarão algum senso de urgência nos brasileiros sobre a necessidade de poupar e ter uma reserva de emergência para tempos difíceis. 

Se essa não for uma grande lição, sinceramente, não sei qual será. 

Para dar nossa contribuição, a Empiricus baixou o valor de todas as suas assinaturas essenciais para R$ 5 por mês. 

É a oportunidade de aprender sobre investimentos e receber as recomendações da maior casa de análise do país por um valor quase simbólico. 

Convido você a conhecer nosso trabalho, especialmente o Empiricus FIRE®, em que eu e o Rodolfo Amstalden nos dedicamos ao projeto de aposentadoria precoce de milhares de pessoas. 

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

NA DÚVIDA, ADIA

No restabelecimento da presença obrigatória em Brasília, governo fica sem quorum e retira PEC dos Precatórios

Nova tentativa de votação é esperada para hoje, mas o temor de que não haja deputados em quantidade suficiente para a aprovação persiste

Aquele 1%

Com juros em alta, esses títulos de renda fixa te pagam 1% ao mês, com baixíssimo risco e pouco esforço

A rentabilidade dos sonhos do brasileiro está de volta aos investimentos conservadores, e CDBs que pagam 1% ao mês ou mais já estão fáceis de encontrar

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Alta da Selic, bons números da Weg, IPO do Nubank e dividendos da Gerdau: veja o que marcou o mercado hoje

Há cerca de um mês, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou que a autoridade não mudaria o “plano de voo” a cada novo dado da economia brasileira. Mas, veja só, a realidade obrigou a instituição a recalcular a rota: há pouco, o Copom elevou a Selic em 1,50 ponto percentual, ao […]

Referência em SP

Na corrida do setor de saúde, Rede D’Or (RDOR3) garante fôlego com a compra do Hospital Santa Isabel

O ativo está avaliado em R$ 280 milhões. Porém, conforme explica a empresa, seu endividamento líquido será deduzido na conta final da transação

Ser conservador compensa

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 7,75%

Agora até a poupança ganha da inflação projetada. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies