Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-21T12:29:28-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
Volta da máscara

A covid ainda está solta: países têm nova alta de casos após reabertura e voltam a levantar restrições contra a pandemia

Tudo isso também pode ter efeitos na economia e nos mercados, por isso os investidores acompanham os dados sobre o contágio

21 de outubro de 2021
12:29
Coronavírus
A covid-19 se espalha pelos países, mesmo com a vacinação em alta - Imagem: Shutterstock

Apesar do avanço desigual, a vacinação contra a covid-19 conseguiu segurar a alta de casos e novas internações por algum tempo. De acordo com o Our World Data, cerca de 48,10% da população mundial recebeu ao menos uma dose de algum imunizante contra o coronavírus

Isso permitiu que alguns países iniciassem a retirada de restrições contra a covid-19, como o uso obrigatório de máscaras ou eventos com grandes públicos. Entretanto, o número de novos casos de coronavírus voltou a crescer e a população deve voltar a tomar medidas de combate à pandemia

Países como Reino Unido já começam a estudar a volta das máscaras em locais públicos para evitar a sobrecarga no sistema de saúde durante o inverno, período em que doenças respiratórias são mais comuns. A Rússia é outro país que voltou a sofrer com a pandemia.

Tudo isso, é claro, também pode ter efeitos na economia e nos mercados, por isso os investidores acompanham os dados sobre o contágio e internações relacionadas à covid-19 com atenção.

Alta nos casos

O uso de máscaras em locais públicos ou fechados é opcional no Reino Unido desde 19 de julho deste ano. A medida foi questionada pelas autoridades de saúde, tendo em vista que o uso da proteção individual em locais abertos e com pouca circulação de pessoas ainda não é consenso.

O National Health Service (NHS) viu uma explosão de casos nos últimos meses e está se preparando para uma alta ainda maior no inverno. Profissionais da área da saúde lançaram um manifesto, exigindo a retomada de medidas contra a pandemia e o acionamento do “Plano B” do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson

O “Plano B” é um conjunto de medidas contra o avanço da covid-19 que foi lançado junto com a queda das restrições sanitárias para o caso de a pandemia não ser controlada somente com a vacinação. 

Atualmente, o Reino Unido registra entre 40 mil e 50 mil novos casos diários, com um número de hospitalizações crescendo, mas em ritmo muito menor do que no início da pandemia. Os especialistas atribuem esse feito à vacinação, que impede significativamente internações e mortes por coronavírus

Segundo o Our World Data, o Reino Unido tem cerca de 72% da população com ao menos uma dose de imunizante contra a covid-19 e 66% estão completamente vacinadas. Como já foi dito, a vacina não impede a infecção contra o coronavírus, mas previne significativamente contra casos médios e graves da doença. 

“Feriado” na Rússia

De maneira semelhante, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou uma “semana de folga” para os trabalhadores, visando segurar o avanço de casos no país. De 30 de outubro até 7 de novembro, os russos terão sete dias em casa pagos pelo governo, “inclusive os finais de semana”, de acordo com o Kremlin.

Cerca de 35% da população da Rússia já recebeu ao menos uma dose de algum imunizante contra a covid-19 e 32% está totalmente vacinada. Para efeito de comparação, o Brasil tem cerca de 73% da população parcialmente vacinada e 50% com imunização completa. 

O país registra cerca de 35 mil novos casos por dia, além de um avanço da doença em todas as faixas etárias. 

A baixa adesão à vacinação se deve parcialmente à desconfiança dos russos em relação à Sputnik V, tida como a primeira vacina contra covid-19 no mundo, de acordo com a Primeira Ministra russa, Tatyana Golikova.

Nova variante

O departamento de saúde do Reino Unido detectou uma potencial nova mutação da variante delta, considerada até o momento a cepa mais transmissível do coronavírus. A Agência de segurança sanitária do país segue monitorando a expansão desse subtipo da delta. 

Até o momento, essa possível nova variante é chamada de AY.4.2 e a agência acredita que ela possa ser a explicação por trás dos novos casos. 

Mas o avanço da covid-19 no país também pode ser explicado pela demora na vacinação de adolescentes e crianças, além do uso de máscaras ser opcional em bares e no transporte público desde julho deste ano. 

*Com informações da CNBC

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa

DOBRANDO A ESQUINA

Lucro das empresas com ações na bolsa deve cair 6,3% em 2022, diz BTG Pactual

Mesmo assim ainda é possível encontrar setores em que o cenário é positivo; saiba quem é quem

Bateu o martelo

IPO do Nubank sai no topo da faixa indicativa, a US$ 9 por ação; banco ultrapassa Itaú (ITUB4) e é a instituição financeira mais valiosa da América Latina

Com isso, os BDRs, que serão negociados por aqui a partir da próxima quinta-feira (09), saem valendo R$ 8,38

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies