Menu
O melhor do Seu Dinheiro
Victor Aguiar
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-02T10:12:10-03:00
Seu Dinheiro na sua manhã

Renda fixa: a volta dos que não foram — e outros destaques do mercado

Com a alta na Selic e a perspectiva de retorno dos juros a níveis acima de 10% no curto prazo, a renda fixa volta a ganhar brilho na carteira

2 de novembro de 2021
10:12
bloquinhos com o símbolo de porecentagem, indicando elevação da taxa Selic e dos Juros; renda fixa | Selic
Com a inflação cada vez mais salgada, mais altas ficam as projeções do mercado para a Selic - Imagem: Shuterstock

O mundo dos investimentos é dinâmico: os ativos e teses que trazem retornos expressivos no presente dificilmente terão o mesmo desempenho no futuro. É preciso estar atento ao cenário econômico e promover ajustes constantes no portfólio.

Veja a variação nos juros: num passado não tão distante, estávamos habituados a uma Selic superior a 10% ao ano — o paraíso dos rentistas. Mas, com a queda nas taxas de 2017 para cá, quem ficou abraçado à renda fixa viu a rentabilidade da carteira minguar.

Afinal, no começo desse ano, a Selic estava em 2%, nas mínimas históricas. Investir em bolsa virou quase uma obrigação para quem buscava retornos mais polpudos, e esse novo normal parecia ter vindo para ficar.

Mas, ora essas, o mundo dos investimentos é dinâmico: com a inflação persistente e a deterioração no cenário fiscal, eis que os juros a 10% voltam a bater à porta. E a renda fixa, que muitos deram como morta, volta a ganhar brilho.

Isso não significa que é hora de deixar a bolsa de lado: há muitas ações descontadas e que oferecem boas perspectivas. Mas, sem dúvida, é preciso ajustar o portfólio e se adequar à realidade.

Diversificar, afinal, é a palavra chave. E entender bem o cenário econômico é fundamental para capturar as melhores oportunidades em cada classe de ativos.

Na coluna desta terça-feira, o Matheus Spiess fala um pouco sobre o atual ciclo de alta na Selic e o impacto desse contexto sobre os seus investimentos. Renda fixa, ações, câmbio, ativos internacionais — há muitas dicas para que você possa montar uma carteira adequada para o momento. Recomendo demais a leitura!

O que você precisa saber hoje

Mercados internacionais

Bolsas globais ficam estáveis após recordes da véspera; ativos brasileiros recuam em NY. Enquanto a bolsa brasileira fica fechada por causa do feriado, os principais mercados do mundo adotam um tom mais ameno; o EWZ, principal ETF de ações brasileiras em Wall Street, cai no pré-mercado americano.

Largada promissora

Ibovespa começa novembro com o pé direito e sobe 2%, mas dólar e juros seguem pressionados; Inter sobe quase 20%. O Ibovespa recuperou parte das perdas recentes, mas o dólar e o mercado de DIs continuaram pressionados pelas incertezas no radar.

Revolução roxa

Nubank oficialmente vai à Nyse (e à B3) e convidará clientes a serem sócios do banco. Com a execução dos lotes adicional e suplementar das ações classe A e as classe B — que não serão vendidas —, o Nubank pode chegar ao mercado valendo mais de US$ 50 bilhões.

Renovando o portfólio

Alpargatas (ALPA4) recebe proposta para vender a marca Osklen por R$ 400 milhões. A conclusão da operação ainda depende de um acordo definitivo entre as partes, auditorias e a aprovação pelo órgão regulador.

A Petrobras sob o holofote

Bolsonaro fala em ‘jogo pesado’ com Petrobras (PETR3 e PETR4) e novo reajuste em 20 dias. O presidente sinalizou mais uma vez que quer intervir na política de preços da empresa; em comunicado, a petroleira disse que seus reajustes são realizados no curso normal dos negócios.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin e ethereum despencam hoje, e principal criptomoeda do mundo se afunda ainda mais no ‘bear market’

Após uma semana que terminou com ganhos, as duas maiores moedas digitais do mercado sofreram na virada de sexta-feira para sábado

Trabalhadores em falta

Como a falta de bebês na China pode provocar uma crise financeira global

A população da China vem recuando desde 2010, e, com as taxas de natalidade nos menores níveis em 80 anos, o cenário ameaça todo o planeta

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

IPO do Nubank, como driblar os impostos e onde investir o 13º salário: confira os destaques da semana

Nada é pior para um ansioso do que a incerteza. E o mercado, ultimamente, vem sendo marcado por uma forte onda de incertezas, vindas de todos os lados. Os preços dos ativos respondem a isso com volatilidade, e não há muito o que fazer a não ser manter a calma, focar nos fundamentos e aguardar […]

Clube anti-cripto

China acertou ao banir o bitcoin? Braço direito de Warren Buffett diz que as criptomoedas nunca deveriam ter sido inventadas

A aversão de Charlie Munger pelo bitcoin cresceu ainda mais durante a pandemia; para o bilionário, o criptoativo é “repugnante”

COMEÇAR TUDO DE NOVO

‘Um dos textos mais horríveis que já tramitaram’: relator da reforma do Imposto de Renda defende arquivamento da proposta

Angelo Coronel (PSD-BA) defende a criação de um novo texto para votação no Senado após ampla discussão com os setores que mais pagam impostos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies