Menu
André Franco
Crypto News
André Franco
É engenheiro e especialista em criptomoedas da Empiricus
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-17T16:46:37-03:00
CRYPTO NEWS

Mercado cripto está otimista, mas a alta dos juros pode estragar a festa do bitcoin

Não sabemos o que pode acontecer, mas podemos posicionar nosso portfólio para não sofrer tanto caso nossa tese bullish esteja errada

17 de novembro de 2021
16:46
Miniaturas de touro e urso com moedas de bitcoin | Criptomoedas
A única coisa que André Franco, especialista em cripto da Empiricus, vê como problema no atual cenário cripto é um aumento dos juros globais, que, caso aconteça, afetará todo o mercado - Imagem: Shutterstock

Ontem estive com alguns assinantes para um café da manhã bem descontraído e totalmente focado em criptomoedas.

Afinal, do que mais falaríamos?

Pois bem, o papo começou com a mesma frase que sempre ouvi o Felipe Miranda dizer: “Se tivesse alguma coisa muita boa pra falar e que não tivesse falado para os demais assinantes, estaria sendo injusto com eles”.

Por isso, já abro o papo para as perguntas deles.

E por mais que as perguntas sejam as mais diversas, as respostas acabam desembocado nas mesmas ideias que já discutimos aqui algumas vezes, assim como em nossas publicações.

Como as teses de jogos com NFTs, Web 3.0, DeFi e muitas outras.

Além disso, a minha visão de que tudo é bullish no atual mercado também foi passada.

A única coisa que vejo realmente de problema no atual cenário cripto é um aumento dos juros globais, que, caso aconteça, afetará todo o mercado, ainda mais se vier de maneira repentina puxada pelo Fed.

E esse é um risco que não podemos mitigar, pois não temos acesso a informações privilegiadas diretas do Jerome Powell.

Com isso em mente, como navegar nesse mercado?

[Se prepare porque você não vai ler nada novo abaixo.]

Da mesma forma que navegamos até aqui, com responsabilidade e aceitando que não temos todas as informações para a tomada de decisões.

Pior ainda, vivemos em um mundo totalmente probabilístico e, por mais que a história seja contada de forma linear, vive-la não é assim.

Existe a real chance de a inflação continuar mostrando suas garras e isso cada vez impulsionar o mercado cripto.

Da mesma forma que, se a inflação acelerar muito, os bancos centrais terão que aumentar os juros e isso pode ser devastador momentaneamente para o mercado cripto.

E pode ser que depois dessa tempestade as pessoas passem a dar mais valor para um dinheiro sem governo e o bitcoin triunfe como reserva de valor global sem jurisdição, servindo inclusive a governos.

Não sabemos o que pode acontecer, mas podemos posicionar nosso portfólio para não sofrer tanto caso nossa tese bullish esteja errada.

E isso começa por não ter tudo alocado em ativos de risco.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

A BOLSA HOJE

Esquenta dos mercados: Bolsa deve reagir ao tom ‘agressivo’ do Copom com aumento da Selic e esperar por dados de inflação na sexta-feira

A PEC dos precatórios deve ficar em segundo plano, enquanto os investidores ajustam suas posições para uma alta mais intensa dos juros

DINHEIRO NA CONTA

Dividendos: Vibra (VBBR3) distribui R$ 148,5 milhões em JCP

Valor refere-se à segunda parcela de pagamento aos acionistas anunciado quando a Vibra ainda atendia como BR Distribuidora

Rumo aos dois dígitos

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 9,25%

Aumento da taxa básica dispara gatilho de mudança na forma de remuneração da poupança. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies