Menu
2021-05-02T19:45:45-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
para cima

XP revisa projeção do Ibovespa no fim do ano de 135 mil para 145 mil pontos

Para corretora, alta do índice se apoiará nos fortes lucros esperados para as empresas que o compõem e na acomodação dos juros reais de longo prazo

2 de maio de 2021
19:45
Foguete voando na frente do Ibovespa
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Em relatório publicado neste fim de semana, a XP Investimentos revisou sua projeção para o Ibovespa no fim deste ano de 135 mil para 145 mil pontos

As duas principais razões para o aumento do preço-alvo, diz a corretora, são o forte aumento nas expectativas de lucros das empresas do índice e uma leve acomodação das taxas de juros reais de longo prazo no Brasil.

Segundo o relatório, apesar das preocupações com o cenário macroeconômico, a perspectiva dos analistas da XP para a bolsa brasileira continua positiva diante das projeções de forte crescimento dos lucros das companhias em 2021.

"Olhando para diversas métricas, a bolsa está barata. O Ibovespa negocia com um múltiplo Preço/Lucro abaixo de sua média histórica, e com um desconto maior do que no passado, quando comparamos com os EUA e mercados emergentes", diz o texto.

A visão dos analistas é reforçada pela recuperação da economia doméstica e pelo cenário externo favorável, com a manutenção dos estímulos beneficiando as empresas exportadoras e atreladas a commodities.

"Com a alta da inflação, muitos nos questionam se a bolsa é um bom investimento. Ações são ativos reais, ou seja, eles protegem da deterioração do poder de compra ao longo do tempo. Desde a criação do índice Ibovespa, ele ofereceu um retorno anualizado de 6,3% acima da inflação", diz a XP, que acrescenta que, ajustado pela inflação, o Ibovespa está abaixo do pico alcançado em 2008. "O índice precisa subir 56% para alcançar a máxima histórica novamente."

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Tensão em Brasília

Racha no Congresso põe reformas em xeque

A decisão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de fatiar a reforma tributária foi vista como a pá de cal nas chances de avanço das reformas no Congresso até o fim do atual governo. Embora Lira tenha prometido abrir o diálogo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para definir os próximos passos, […]

Rapidinhas da semana

BLINK: Itaúsa, B2W, Eletrobras e mais recomendações rápidas

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Alpargatas, Eletrobras, Itaúsa, Lojas Americanas e muito mais no Blink

Reserva de emergência

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, vende ações da Amazon e põe US$ 5 bi na conta

O bilionário Jeff Bezos vendeu cerca de 1,5 milhão de ações da Amazon nos últimos dias e pode vender outros 500 mil papéis em breve

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies