⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2021-11-22T13:34:42-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
VÍDEO

Vale: com os dividendos no retrovisor, o que esperar das ações VALE3? O Seu Dinheiro responde

O comportamento do minério de ferro é o grande driver para as ações da Vale (VALE3) agora que os dividendos não estão mais no radar

22 de setembro de 2021
18:08 - atualizado às 13:34

Atenção, investidor: hoje (22) é a data de corte para receber os dividendos de R$ 8,10 por ação da Vale (VALE3) — os proventos vão ser pagos no dia 30. Mas... o que vem depois disso? O que vai influenciar a cotação da mineradora daqui em diante? No vídeo abaixo, eu trouxe alguns fatores que vão ser importantes para a tese de investimento na companhia no curto e médio prazo:

Em linhas gerais, há um grande fator a ser observado: a variação do preço do minério de ferro. A Vale é uma das maiores exportadoras globais da commodity; sendo assim, as cotações influenciam diretamente a geração de receita da empresa.

O xis da questão é que o minério de ferro tem se desvalorizado fortemente nas últimas semanas. A commodity, que chegou a ser negociada acima dos US$ 230 a tonelada em maio, já flerta com patamares abaixo dos US$ 100 — e grande parte desse movimento se deve à dinâmica de oferta e demanda pelo produto, especialmente na China.

Vale e o minério de ferro

Na primeira metade do ano, havia uma combinação explosiva para o preço do minério: com o setor de siderurgia e infraestrutura na China a todo o vapor, a demanda do gigante asiático pela commodity deu um salto; em paralelo, a oferta vinda da Austrália foi reduzida por questões climáticas e comerciais.

Ou seja: o preço do minério disparou — e a Vale era a grande fornecedora do produto à China. Um contexto que ajuda a explicar os fortes resultados da empresa brasileira no primeiro e no segundo trimestres do ano.

Só que, com a commodity nas alturas, a inflação chinesa também subiu — e as autoridades de Pequim estão agindo para reduzir os preços do minério; ao mesmo tempo, a oferta australiana se normalizou e a demanda da China caiu, com uma certa estagnação do mercado imobiliário do país. Em outras palavras, o cenário se inverteu.

E, é claro, com o minério valendo menos da metade das máximas, é de se esperar que os resultados da Vale daqui em diante sejam impactados.

VALE3: e agora?

Dito isso, é importante levar em conta alguns fatores internos à Vale, como o seu endividamento bastante baixo e a forte geração de caixa dos últimos trimestres — o que dá tranquilidade à empresa num momento de queda firme no minério de ferro.

Também é importante ter em mente a dinâmica dos preços das ações VALE3: tiveram uma realização de lucro intensa nos últimos meses, apesar do valuation mais barato que a média histórica para os papéis e inferior ao das grandes mineradoras globais.

O vídeo do Seu Dinheiro explica com mais detalhes a questão dos múltiplos e do valuation:

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

PERIGO REAL

O Armagedom de Putin vem aí? Presidente dos EUA faz um alerta preocupante sobre a ameaça nuclear da Rússia

7 de outubro de 2022 - 16:57

Segundo Biden, o risco de um Armagedom nuclear está no nível mais alto desde a crise dos mísseis cubanos de 1962

A ONDA CONTINUA...

Z1, fintech voltada para o público infanto-juvenil, entra na onda de demissões nas startups

7 de outubro de 2022 - 16:34

Ao menos, 50 pessoas foram desligadas; as áreas de compliance, tecnologia e experiência do cliente (CX) foram as mais afetadas

apetite

Em negócio milionário, Cosan (CSAN3) compra fatia de 4,9% da Vale (VALE3) — ações despencam

7 de outubro de 2022 - 16:15

Cosan (CSAN3) vai desembolsar R$ 17 bilhões pelas ações ordinárias da Vale (VALE3); papel do conglomerado já cai 6,58%

BITCOIN NA SEMANA

Não deu para o bitcoin: criptomoedas escorregam no payroll e aprofundam bear market; saiba o que esperar da próxima semana

7 de outubro de 2022 - 15:23

Semana contou com multa à Kim Kardashian, CDBC global, ethereum killers a todo vapor e outros destaques

DESTAQUES DA BOLSA

Ações da MRV (MRVE3) despencam após suspensão da capitalização da Resia; veja os novos planos da construtora para a subsidiária norte-americana

7 de outubro de 2022 - 13:36

De acordo com a companhia, a operação só será retomada quando o cenário macroeconômico dos EUA estiver novamente favorável ao mercado de capitais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies