Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-26T15:45:22-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
WALL STREET NO VERMELHO

Nova variante da covid-19 aumenta cautela global e bolsas americanas fecham o dia em queda de mais de 2%

A OMS confirmou que a nova variante é preocupante, aumentando a aversão ao risco nas bolsas americanas

26 de novembro de 2021
15:34 - atualizado às 15:45
coronavírus leva bolsa a cair
Imagem: shutterstock

O pregão de sexta-feira pós Dia de Ação de Graças é tradicionalmente mais curto nos Estados Unidos, mas isso não foi o suficiente para que as bolsas americanas escapassem do pânico que tomou conta do mercado após a descoberta de uma nova variante na África do Sul. 

Perto do fechamento do mercado americano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que a nova variante, batizada de “Omicron”, é preocupante e sugere um risco aumentado de reinfecções. 

Diversos países ao redor do globo já começam a fechar as fronteiras e impedir a entrada de passageiros vindos de diversos países africanos, ressuscitando o temor de que as medidas de restrição mais severas adotadas no pior momento da pandemia voltem a ser necessárias. 

Assim, as bolsas americanas fecharam o dia em queda superior a 2%. Vale lembrar que por conta do feriado local, Wall Street teve funcionamento limitado. O resultado foi pressionado pela queda de mais de 10% no preço do barril de petróleo.

  • Nasdaq: -2,23% - 15.491 pontos
  • S&P 500: - 2,09% - 4.603 pontos
  • Dow Jones: - 2,53% - 34.899 pontos. 

Com a covid-19 novamente no centro das atenções, os olhares se voltam mais uma vez para as empresas desenvolvedoras de vacinas contra a doença — Moderna, Pfizer, BioNTech e Johnson. 

Ainda não se sabe se os imunizantes que estão no mercado são efetivos, mas os testes já começaram e os resultados devem ser conhecidos nas próximas semanas. Antes mesmo da resposta, os investidores voltam a apostar nas companhias de biotecnologia e as ações disparam. 

 Em Wall Street, as ações da Moderna (MRNA) fecharam o dia em alta de 200%, enquanto a Pfizer (PFE) teve um avanço mais modesto de 6%. A BioNTech (BNTX) avançou 14,19%

No Brasil, essas companhias podem ser negociadas por meio de seus BDRs (Brazilian Depositary Receipts), que representam os papéis na B3. A valorização dos ativos acompanha o movimento visto no exterior. Confira as cotações do dia:

  • Moderna (M1RN34): 21,06%, aos R$ 192 
  • BioNTech (B1NT34): 10,41%, aos R$ 256,60
  • Pfizer (PFIZ34): 7,93%, aos R$ 75,15
  • Johnson (JNJB34): 2,03%, aos R$ 59,27

Acompanhe a nossa cobertura completa de mercados. 

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Clube do livro

Livro “Investimentos Inteligentes” traz estratégias simples para investidores iniciantes darem os primeiros passos em busca do seu primeiro milhão

Gustavo Cerbasi explica como você pode mudar a sua relação com o dinheiro e fazê-lo “trabalhar por você”; saiba mais sobre a obra

SEU MENTOR DE INVESTIMENTOS

Por que Bolsonaro corre o risco de se transformar no primeiro presidente em exercício a perder a reeleição

Em tese, Bolsonaro teria mais chance de manter imunidade – no caso, parlamentar – se concorresse a uma vaga no Senado

MÚSICA NO FANTÁSTICO

Unilever recebe mais um não da Glaxo para oferta de US$ 68 bilhões por divisão que produz Advil; entenda o caso

Se fosse concretizado, o acordo seria o maior em termos globais desde o início da pandemia de covid-19

EFEITOS COLATERAIS

Ômicron e seus investimentos: variante do coronavírus terá efeitos distintos sobre empresas de saúde na bolsa; saiba quais são eles

Planos de saúde devem enfrentar um cenário menos favorável dado o aumento dos índices de sinistralidade e pressão sobre os custos

FOI DADA A LARGADA

Petrobras (PETR4) e Novonor iniciam oficialmente processo para vender participações na Braskem; veja quanto a operação bilionária pode levantar

O pedido de registro para a oferta pública secundária, que será realizada no Brasil e no exterior, foi publicado na madrugada deste sábado (15) na CVM

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies