Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-14T13:28:35-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
MERCADOS HOJE

Aceleração da vacinação anima e Ibovespa deixa ‘super quarta’ em 2º plano; bolsa sobe e dólar recua

Aceleração da vacinação é bem recebida pelo mercado, que aposta em uma recuperação econômica mais robusta

14 de junho de 2021
10:45 - atualizado às 13:28
vacina retomada
Imagem: Shutterstock

Enquanto a “Super Quarta”, com as decisões de política monetária dos bancos centrais do Brasil e dos Estados Unidos, não chega, os investidores estão de olho nos sinais de que a retomada econômica está no caminho certo. 

O IBC-Br, considerado a prévia do PIB do BC, foi divulgado nesta manhã e mostrou uma aceleração da atividade em abril. O indicador subiu 0,44% em abril ante março, quando o recuo havia sido de 1,61%. 

Ainda que o número tenha vindo abaixo da mediana das projeções, a aceleração dos calendários de vacinação em diversos estados tem trazido expectativas mais positivas para a reabertura econômica. No último domingo, o governador do estado de São Paulo, João Doria, afirmou que toda a população adulta acima dos 18 anos estará vacinada até o dia 15 de setembro. 

Outra notícia que acaba sustentado o cenário é a confirmação de que o auxílio emergencial será prorrogado por mais três meses. Em um momento em que a inflação é uma grande preocupação, esse combo de notícias acaba impulsionando setores como o de educação, varejo e shoppings.

Nas bolsas americanas, a cautela predomina antes da Super Quarta, mas, de olho no aquecimento da atividade, o Ibovespa deixa a tensão de lado e aproveita para engatar um movimento de recuperação. Marcio Lórega, analista de investimentos do Pagbank, aponta que as notícias positivas aumentam a entrada do fluxo estrangeiro no país - com impacto na bolsa e no câmbio. Por volta das 13h30, o principal índice da bolsa brasileira operava em alta de 0,83%, aos 130.505 pontos. 

O dólar à vista também passa por um alívio após a alta expressiva da última sexta-feira e acompanhando a valorização dos Treasuries em Nova York. No mesmo horário, a moeda americana recuava 1,21%, a R$ 5,0607. 

Super quarta

A quarta-feira (16) reserva os eventos mais importantes da semana - as decisões de política monetária do Brasil e dos Estados Unidos. Os dois BCs estão pressionados pelo avanço da inflação, mas as respostas esperadas pelo mercado são bem distintas. 

No Brasil, o esperado é que o avanço de 0,75 ponto-percentual contratado na última reunião se confirme e que o Banco Central traga mudanças em sua comunicação. Para diversos analistas, o BC deve abrir mão da sinalização de que o ajuste é “parcial” e mostrar que persegue uma taxa de juros neutra. 

Já nos Estados Unidos, a expectativa é pela manutenção dos estímulos monetários e nova sinalização de que a taxa de juros deve se manter na faixa atual até 2023. 

Enquanto os juros dos Treasuries voltam a subir em Nova York, os principais contratos de DI operam em queda nesta tarde. Confira:

  • Janeiro/2022: de 5,29% para 5,30%
  • Janeiro/2023: de 6,96% para 6,93%
  • Janeiro/2025: de 8,05% para 7,97%
  • Janeiro/2027: de 8,53% para 8,45%

Sobe e desce

Com os olhos voltados para a retomada, os setores mais prejudicados pelas medidas de isolamento social apresentam uma alta expressiva nesta segunda-feira. No caso da Azul, o mercado também repercute os dados operacionais divulgados pela companhia na última sexta-feira. Confira:

CÓDIGONOMEVALORVARIAÇÃO
COGN3Cogna ONR$ 4,565,07%
MULT3Multiplan ONR$ 26,794,04%
BTOW3B2W ONR$ 69,503,24%
BRML3BR Malls ONR$ 11,633,19%
AZUL4Azul PNR$ 48,283,12%

Confira também as maiores quedas:

CÓDIGONOMEVALORVARIAÇÃO
GGBR4Gerdau PNR$ 32,61-1,18%
BRKM5Braskem PNAR$ 56,73-0,99%
VALE3Vale ONR$ 113,39-0,83%
CRFB3Carrefour Brasil ONR$ 22,47-0,79%
GOAU4Metalúrgica Gerdau PNR$ 14,70-0,61%
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

O melhor do Seu Dinheiro

Vale a pena investir como Ronaldo Fenômeno? Tempos sombrios para as criptomoedas, Warren Buffett em alta e outros destaques do dia

Saiba como funcionam as Sociedades Anônimas do Futebol (SAF) e confira se é um bom negócio colocar o coração na ponta da chuteira e se tornar dono de um time

Segredos da Bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas iniciam a semana em tom negativo, de olho na decisão do Fed; Ibovespa acompanha desdobramentos da inflação e PEC dos combustíveis

No cardápio da semana, os primeiros números do IPCA-15 e a tensão envolvendo os servidores públicos permanecem no radar

INVESTIMENTO X PAIXÃO

Vale a pena ser cartola? Saiba como funciona a SAF, que permite a investidores se tornarem donos de times de futebol

Depois de Cruzeiro e Botafogo, diversos clubes estudam a possibilidade de transformação em Sociedade Anônima do Futebol (SAF); veja se é um bom negócio

Alívio do leão

IRPF: Receita abre hoje consulta para lote residual de restituições

O lote contempla mais de 240 mil contribuintes que caíram na malha fina do leão nos últimos anos por inconsistências nas declarações do imposto de renda, mas que acertaram as pendências com o Fisco

Tartaruga x lebre

Warren Buffett está prestes a bater o retorno do fundo de empresas de tecnologia que brilhou na crise

As ações da Berkshire Hathaway, holding do bilionário, conseguiram lentamente se aproximar do retorno do ARK Innovation ETF, da badalada gestora Cathie Wood

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies