A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2021-03-17T15:48:22-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
mercados hoje

Ibovespa acelera junto com Nova York após decisão do Fed e sobe mais de 1,5%; dólar inverte sinal e recua

A volatilidade deve reinar no dia de hoje, mas o Fed pode inverter a maré às 15h; dólar opera em alta com redução do apetite de risco dos investidores

17 de março de 2021
10:30 - atualizado às 15:48
Selo Mercados Touro Alta
Ibovespa avança hoje, mesmo com cautela envolvendo projeções - Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O primeiro capítulo da Super Quarta acaba de ser concluído. Como era esperado pelo mercado o Fomc (o Copom norte-americano) manteve a sua política monetária inalterada e indicou que embora a economia de fato esteja se recuperando em ritmo mais moderado, o cenário permanece sustentando uma política acomodatícia. Agora os investidores estão atentos nas palavras do presidente do Fed, Jerome Powell. Acompanhe.

Após a decisão, as bolsas americanas, que operavam sem direção definida desde o início da sessão, passaram a operar em alta após a sinalização de manutenção dos juros baixos.

A recuperação em NY também influenciou o Ibovespa, que já operava na contramão do mau humor externo. Por volta das 14h40, o principal índice da bolsa brasileira tinha alta de 1,69%, aos 115.964 pontos. O dólar à vista, que operava em alta, também inverteu o sinal e opera em queda de 0,28%, a R$ 5,6036.

Agora o mercado está no aguardo da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que será anunciada após o fechamento da sessão regular. Em antecipação, o mercado de juros opera em alta. Confira as taxas de hoje:

  • Janeiro/2022: de 4,27% para 4,29%
  • Janeiro/2023: de 6,02% para 6,06%
  • Janeiro/2025: de 7,37% para 7,48%
  • Janeiro/2027: de 7,89% para 7,99%

Não deixe passar

Enquanto os investidores esperam, o noticiário não para. 

Uma notícia que pode animar os mercados é o avanço do Plano Nacional de Desestatização (PND), que trouxe mais informações sobre a privatização de empresas como os Correios, a Eletrobras e, a mais recente, EBC. Além disso, a conclusão da votação do Novo Marco do Gás também é uma sinalização do governo para o mercado, seguindo a agenda liberal.

No meio disso, o governo deve lidar com a queda de popularidade e os números da pandemia. Uma pesquisa do Datafolha divulgada no final da terça-feira (16) pelo jornal Folha de S.Paulo aponta que 54% acha que a gestão do governo durante a pandemia é ruim ou péssima, um recorde de rejeição do presidente Jair Bolsonaro. 42% da população acredita que o principal responsável para combater a pandemia é Bolsonaro. 

Enquanto isso, a troca de ministro da Saúde é vista como uma mudança de tom no combate à pandemia. No entanto, o primeiro pronunciamento do cardiologista Marcelo Queiroga deixa dúvidas sobre se teremos de fato uma mudança no enfrentamento à doença. Na passagem de Eduardo Pazuello, atual ex-ministro, para Queiroga, o Brasil atingiu a marca de mais de 2.500 pessoas mortas em decorrência da covid-19 em 24h

Com a situação descontrolada por todo o país, novas medidas restritivas não param de ser anunciadas. Nesta tarde, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que irá isentar a cobrança de impostos sobre o leite pasteurizado e reduzir a cobrança de ICMS sobre as carnes bovina, suína e de aves para cerca de 7%.

Além disso, o estado irá reforçar o comércio com com R$ 100 milhões em linha de crédito

Destaques do dia

Maiores altas

As ações da Cosan disparam após a notícia de que sua subsidiária Raízen entrou com o pedido de restrito de companhia aberta na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Além disso, a companhia também repercute o novo marco do gás. Confira os melhores desempenhos do Ibovespa nesta Super Quarta:

CÓDIGONOME VALORVARIAÇÃO
CSAN3Cosan ONR$ 94,95 6,99%
SULA11SulAmérica unitsR$ 34,78 6,65%
JHSF3JHSF ONR$ 7,08 5,83%
CIEL3Cielo ONR$ 3,65 5,49%
RAIL3Rumo ONR$ 20,08 4,58%

Maiores baixas

CÓDIGONOME VALORVARIAÇÃO
HAPV3Hapvida ONR$ 15,38 -3,39%
GNDI3Intermédica ONR$ 84,12 -2,49%
MGLU3Magazine Luiza ONR$ 23,73 -1,74%
ENEV3Eneva ONR$ 16,63 -1,48%
RADL3Raia Drogasil ONR$ 25,50 -1,32%
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa futuro pega carona no exterior e abre em alta; dólar vai a R$ 5,15

12 de agosto de 2022 - 9:07

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais amanheceram em alta nesta sexta-feira (12), em um movimento de reação à inflação controlada nos EUA. Os investidores esperam que o BC americano reduza a intensidade do aperto monetário para a próxima reunião e não mais eleve os juros em 75 pontos-base. Por aqui, os balanços mexem com o […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de lucro de mais de 5% em swing trade com a Taurus (TASA4); confira a recomendação

12 de agosto de 2022 - 8:39

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Taurus (TASA4). Saiba os detalhes da análise

O melhor do Seu Dinheiro

Tabus existem para serem quebrados: De futebol a investimentos em estatais, confira o que mexe com o seu bolso hoje

12 de agosto de 2022 - 8:30

O tabu da vez no mundo do futebol refere-se à gestão financeira dos clubes. No ano passado, uma variação do clube-empresa entrou em cena: a Sociedade Anônima do Futebol (SAF); entenda

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsa local reage aos balanços do Magalu (MGLU3) e varejistas enquanto exterior se recupera de ‘semana da inflação’ hoje

12 de agosto de 2022 - 7:42

Sem maiores indicadores para o dia, os investidores internacionais buscam novas pistas do aperto monetário do Federal Reserve

Balanço

Oi (OIBR3) sai de lucro para prejuízo no 2T22, mas dívida líquida desaba

12 de agosto de 2022 - 6:45

Oi reportou prejuízo líquido de R$ 320,8 milhões entre abril de junho, vinda de um lucro de R$ 1,09 bilhão no mesmo período do ano anterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies