🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
mercados hoje

Ibovespa acelera junto com Nova York após decisão do Fed e sobe mais de 1,5%; dólar inverte sinal e recua

A volatilidade deve reinar no dia de hoje, mas o Fed pode inverter a maré às 15h; dólar opera em alta com redução do apetite de risco dos investidores

Renan Sousa
Renan Sousa
17 de março de 2021
10:30 - atualizado às 15:48
Selo Mercados Touro Alta
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O primeiro capítulo da Super Quarta acaba de ser concluído. Como era esperado pelo mercado o Fomc (o Copom norte-americano) manteve a sua política monetária inalterada e indicou que embora a economia de fato esteja se recuperando em ritmo mais moderado, o cenário permanece sustentando uma política acomodatícia. Agora os investidores estão atentos nas palavras do presidente do Fed, Jerome Powell. Acompanhe.

Após a decisão, as bolsas americanas, que operavam sem direção definida desde o início da sessão, passaram a operar em alta após a sinalização de manutenção dos juros baixos.

A recuperação em NY também influenciou o Ibovespa, que já operava na contramão do mau humor externo. Por volta das 14h40, o principal índice da bolsa brasileira tinha alta de 1,69%, aos 115.964 pontos. O dólar à vista, que operava em alta, também inverteu o sinal e opera em queda de 0,28%, a R$ 5,6036.

Agora o mercado está no aguardo da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que será anunciada após o fechamento da sessão regular. Em antecipação, o mercado de juros opera em alta. Confira as taxas de hoje:

  • Janeiro/2022: de 4,27% para 4,29%
  • Janeiro/2023: de 6,02% para 6,06%
  • Janeiro/2025: de 7,37% para 7,48%
  • Janeiro/2027: de 7,89% para 7,99%

Não deixe passar

Enquanto os investidores esperam, o noticiário não para. 

Uma notícia que pode animar os mercados é o avanço do Plano Nacional de Desestatização (PND), que trouxe mais informações sobre a privatização de empresas como os Correios, a Eletrobras e, a mais recente, EBC. Além disso, a conclusão da votação do Novo Marco do Gás também é uma sinalização do governo para o mercado, seguindo a agenda liberal.

No meio disso, o governo deve lidar com a queda de popularidade e os números da pandemia. Uma pesquisa do Datafolha divulgada no final da terça-feira (16) pelo jornal Folha de S.Paulo aponta que 54% acha que a gestão do governo durante a pandemia é ruim ou péssima, um recorde de rejeição do presidente Jair Bolsonaro. 42% da população acredita que o principal responsável para combater a pandemia é Bolsonaro. 

Enquanto isso, a troca de ministro da Saúde é vista como uma mudança de tom no combate à pandemia. No entanto, o primeiro pronunciamento do cardiologista Marcelo Queiroga deixa dúvidas sobre se teremos de fato uma mudança no enfrentamento à doença. Na passagem de Eduardo Pazuello, atual ex-ministro, para Queiroga, o Brasil atingiu a marca de mais de 2.500 pessoas mortas em decorrência da covid-19 em 24h

Com a situação descontrolada por todo o país, novas medidas restritivas não param de ser anunciadas. Nesta tarde, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que irá isentar a cobrança de impostos sobre o leite pasteurizado e reduzir a cobrança de ICMS sobre as carnes bovina, suína e de aves para cerca de 7%.

Além disso, o estado irá reforçar o comércio com com R$ 100 milhões em linha de crédito

Destaques do dia

Maiores altas

As ações da Cosan disparam após a notícia de que sua subsidiária Raízen entrou com o pedido de restrito de companhia aberta na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Além disso, a companhia também repercute o novo marco do gás. Confira os melhores desempenhos do Ibovespa nesta Super Quarta:

CÓDIGONOME VALORVARIAÇÃO
CSAN3Cosan ONR$ 94,95 6,99%
SULA11SulAmérica unitsR$ 34,78 6,65%
JHSF3JHSF ONR$ 7,08 5,83%
CIEL3Cielo ONR$ 3,65 5,49%
RAIL3Rumo ONR$ 20,08 4,58%

Maiores baixas

CÓDIGONOME VALORVARIAÇÃO
HAPV3Hapvida ONR$ 15,38 -3,39%
GNDI3Intermédica ONR$ 84,12 -2,49%
MGLU3Magazine Luiza ONR$ 23,73 -1,74%
ENEV3Eneva ONR$ 16,63 -1,48%
RADL3Raia Drogasil ONR$ 25,50 -1,32%

Compartilhe

BRIGA PELO TRONO GRELHADO

Acionistas da Zamp (BKBR3) recusam-se a ceder a coroa do Burger King ao Mubadala; veja quem rejeitou a nova oferta

21 de setembro de 2022 - 8:01

Detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) já rechaçaram a nova investida do Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana segue sendo o elefante na sala e Ibovespa cai abaixo dos 110 mil pontos; dólar vai a R$ 5,23

15 de setembro de 2022 - 19:12

O Ibovespa acompanhou o mau humor das bolsas internacionais e segue no aguardo dos próximos passos do Fed

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

FECHAMENTO DO DIA

Wall Street se recupera, mas Ibovespa cai com varejo fraco; dólar vai a R$ 5,17

14 de setembro de 2022 - 18:34

O Ibovespa não conseguiu acompanhar a recuperação das bolsas americanas. Isso porque dados do varejo e um desempenho negativo do setor de mineração e siderurgia pesaram sobre o índice.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana derruba Wall Street e Ibovespa cai mais de 2%; dólar vai a R$ 5,18 com pressão sobre o Fed

13 de setembro de 2022 - 19:01

Com o Nasdaq em queda de 5% e demais índices em Wall Street repercutindo negativamente dados de inflação, o Ibovespa não conseguiu sustentar o apetite por risco

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

DANÇA DAS CADEIRAS

CCR (CCRO3) já tem novos conselheiros e Roberto Setubal está entre eles — conheça a nova configuração da empresa

12 de setembro de 2022 - 19:45

Além do novo conselho de administração, a Andrade Gutierrez informou a conclusão da venda da fatia de 14,86% do capital da CCR para a Itaúsa e a Votorantim

FECHAMENTO DO DIA

Expectativa por inflação mais branda nos Estados Unidos leva Ibovespa aos 113.406 pontos; dólar cai a R$ 5,09

12 de setembro de 2022 - 18:04

O Ibovespa acompanhou a tendência internacional, mas depois de sustentar alta de mais de 1% ao longo de toda a sessão, o índice encerrou a sessão em alta

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar