Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-15T19:02:58-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
É bolha?

Fertilizantes Heringer tem mais um dia de tombo feio nesta terça-feira; FHER3 acumula alta de 400% no ano

A companhia está em processo de recuperação judicial desde 2020, mas vem tentando melhorar os seus resultados operacionais.

15 de junho de 2021
11:59 - atualizado às 19:02
Unidade de produção da Fertilizantes Heringer no Mato Grosso do Sul
Unidade de produção da Fertilizantes Heringer no Mato Grosso do Sul. - Imagem: Divulgação

Um dia depois de recuar mais de 40%, as ações da Fertilizantes Heringer (FHER3) voltaram a cair de forma expressiva nesta terça (15) – aparentemente sem uma razão clara por trás da movimentação.

Durante a manhã, o papel chegou a apresentar uma queda de 44%, mas a companhia conseguiu se recuperar parcialmente ao longo do dia. As ações fecharam o dia em baixa de 18,60%, a R$ 21,57.

Para os analistas consultados pelo Seu Dinheiro, a companhia, que se encontra em recuperação judicial desde fevereiro de 2019, é cercada de um forte movimento especulativo, principalmente no que envolve a sua possível saída da RJ ou a possível venda da empresa para novos investidores.

Em apenas dois dias, a Heringer passou de uma alta acumulada de mais de 800% em 2021 para uma valorização de “apenas” 460%. Para um dos especialistas consultados, a companhia devolve os ganhos na mesma velocidade que viu a cotação dos seus papéis se multiplicar.

Em junho, a notícia que vinha movimentando as ações era a da retomada das operações de fertilizantes no Sergipe, na unidade de Rosário do Catete. Confira a movimentação dos papéis no ano:

Desde que entrou em recuperação judicial, no ano passado, a companhia tem corrido atrás do prejuízo e tentado melhorar os seus demonstrativos financeiros. No primeiro trimestre de 2021, os resultados operacionais foram bem mais fortes do que no ano anterior.

A companhia teve um prejuízo líquido R$ 7,46 milhões, 96,4% melhor do que em 2020. Segundo a empresa, o desempenho negativo foi atribuído às despesas financeiras e à forte variação cambial, já que a Heringer apresentou uma forte geração de Ebitda no período - R$ 103,8 milhões, ante R$ 3,425 milhões em 2020, o "melhor Ebitda já atingido no primeiro trimestre". A receita líquida cresceu 91,5% no período, para R$ 741,29 milhões.

Movimentação atípica

A alta expressiva e intensa movimentação dos papéis não tem passado despercebida. Só em 2021, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) já cobrou explicações da companhia por "movimentação atípica" e notícias veiculadas na imprensa duas vezes.

Em março, a companhia respondeu que não havia identificado nenhum fato ou ato que justificasse o sobe e desce dos papéis, reforçando que, devido à sua baixa liquidez, "é natural que as ações da Companhia apresentem maior oscilação diária de preço e volume de negociação em função de pequenas movimentações".

Já no começo de maio, a companhia informou que sua administração, no âmbito do processo de recuperação judicial, vem trabalhando para melhorar os resultados financeiros, o que envolve a busca por novos investimentos e capitalização. No entanto, a Heringer afirmou que nenhum documento de caráter vinculante foi assinado. 

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Foguete? Tô fora!

Warren Buffet: o bilionário que não quer conhecer as estrelas

Enquanto Bezos, Musk e Branson protagonizam a nova corrida especial, o Oráculo de Omaha prefere apenas observar

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Garantindo a oferta

Crescem ofertas de ações com reserva antecipada

As ancoragens normalmente conseguem atrair mais investidores, numa espécie de chancela prévia, com potencial impacto positivo no preço da ação.

alto escalão

Fleury: CFO Fernando Leão renuncia ao cargo e será substituído por José Filippo

O Fleury informou que os dois executivos trabalharão juntos em um processo de transição estruturado que se terminará em dia 31 de agosto.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies