Menu
2021-01-15T17:46:52-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
DESTAQUES DA BOLSA

Localiza e Unidas caem com temores sobre Cade; JHSF é destaque após prévia do 4º trimestre

Coronavírus, Cade e dólar alto… Confira as razões por trás dos melhores (e piores) desempenhos do dia

15 de janeiro de 2021
16:26 - atualizado às 17:46
União da Localiza e Unidas
Imagem: Montagem Andrei Moraes/ Seu Dinheiro

O último pregão da semana está sendo marcado pelo desempenho amargo do Ibovespa. As empresas produtoras de commodities, como um todo, sofrem com um movimento de realização de lucros recentes evêm alternando as posições entre os piores desempenhos da bolsa na tarde desta sexta-feira (15).

No entanto, duas empresas se destacam na "multidão": Localiza e Unidas. Segundo informações da Bloomberg, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) pode barrar a proposta de fusão das duas companhias, já que existe preocupações relacionadas a concorrência desleal. A possibilidade de fusão vinha sendo bem recebida pelo mercado.

A notícia fez os papéis das duas operadoras lideraram as quedas do Ibovespa,mas houve uma recuperação parcial. Por volta das 16h15, os papéis da Unidas (LCAM3) recuava 5,29%, aos R$ 26,21 e os da Localiza tinham queda de 3,81%, a R$ 71,11.

Confira as principais quedas do dia na tabela:

CÓDIGONOMEVALORVARIAÇÃO
CSNA3CSN ONR$ 34,78 -6,98%
GGBR4Gerdau PNR$ 26,14 -5,70%
GOAU4Metalúrgica Gerdau PNR$ 11,82 -5,14%
LCAM3Unidas ONR$ 29,09 -5,09%
EMBR3Embraer ONR$ 9,53 -4,51%

No azul

Na ponta contrária, temos B2W e JHSF liderando as maiores altas do dia.

Por volta das 16h15, as ações da varejista subiam 5,00%, a R$ 75,68, já a construtora tinha uma alta de 3,82%, a R$ 7,61.

Segundo o analista da Ativa, Marcio Lórega, empresas da chamada "nova economia" tendem a se beneficiar com a percepção de que novas medidas de isolamento social serão necessárias. E esse é justamente o cenário visto hoje.

Com diversas regiões do país enfrentando uma sobrecarga do sistema de saúde e a percepção de que o governo está longe de aprovar e viabilizar uma campanha de vacinação pesam sobre a bolsa brasileira, principalmente para as "blue chips", aquelas companhias mais tradicionais.

Já no caso da JHSF, a reação positiva do mercado vem após a companhia divulgar as suas prévias operacionais. As vendas contratadas de incorporação totalizaram R$ 378,6 milhões no quarto trimestre, alta de 192,9% em comparação ao mesmo período de 2019. No ano, totalizaram R$ 1,2 bilhão, avanço de 228,5% frente a 2019.

A Suzano também aparece entre os melhores desempenhos do dia, isso porque empresas exportadoras tendem a se beneficiar de um dólar mais alto, já que a maior parte da sua receita está na moeda americana

Confira as principais altas do Ibovespa desta sexta-feira (15):

CÓDIGONOMEVALORVARIAÇÃO
BTOW3B2W ONR$ 81,28 5,08%
JHSF3JHSF ONR$ 7,60 3,68%
SUZB3Suzano ONR$ 61,78 3,55%
RAIL3Rumo ONR$ 21,36 2,99%
CPFE3CPFL Energia ONR$ 32,47 2,24%
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Interrompendo o casamento

Movida reforça pedido do Cade para barrar união entre Unidas e Localiza

De acordo com a companhia, isso geraria uma concorrência desleal no setor, com a nova empresa tendo 65% do mercado brasileiro de aluguel e 29% do mercado de frotas

vai mexer

Após polêmica com demissão de Castello Branco, governo indica nomes para o conselho da Petrobras

Cinco membros do colegiado pediram para não serem reconduzidos após interferência de Bolsonaro no comando da estatal

MERCADOS HOJE

Ibovespa opera em queda firme com piora da pandemia no país; dólar vai a R$ 5,70

Os mercados internacionais têm mais um dia de cautela, acompanhando uma nova alta do retorno dos títulos públicos americanos. No Brasil, o cenário da pandemia preocupa

Exile on Wall Street

Sem flores por hoje

Interrompemos nossa programação para uma verdade necessária: temos pouco a comemorar neste Dia Internacional da Mulher. Confesso que nunca aceitei bem a ideia de homenagem embutida nesta data. Sinto que temos tanto a conquistar e estamos tão atrasadas nessa agenda que, para mim, o 8 de março é menos sobre flores e mais sobre dar […]

ouça de graça

Tela Azul #22: A vida difícil dos PJs, Startups e o Venture Capital no Brasil

Na edição desta semana do Tela Azul, recebemos o Rodrigo Tognini, CEO do Conta Simples, uma startup brasileira que une serviços bancários para PJ, com ferramentas que facilitam a gestão financeiras das empresas.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies