Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-24T16:30:09-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
MERCADOS HOJE

Em dia de recuperação, dólar e juros têm forte alívio e Ibovespa sobe mais de 2% com caça às barganhas

O Ibovespa acompanha as bolsas globais e deixa a cautela com o cenário político de lado nesta terça-feira

24 de agosto de 2021
10:33 - atualizado às 16:30
alta da bolsa
Os investidores ignoram a participação de Silva e Luna na Câmara e engatam alta - Imagem: shutterstock

Os últimos dias não foram nada fáceis para o Ibovespa, mas hoje os investidores aproveitam o clima mais favorável aos negócios nesta terça-feira (24) para correr atrás do desempenho perdido. 

Em semana importante para o mercado internacional, com o simpósio de Jackson Hole podendo trazer novidades sobre o futuro do banco central americano, o ânimo é renovado pela perspectiva mais positiva com o fim da pandemia do coronavírus. 

Os investidores aproveitam o bom humor para ir às compras e os alvos são justamente aqueles papéis que mais sofreram nos últimos dias: construtoras (penalizadas pela alta dos juros), siderúrgicas e varejo, com muitas altas superiores a 10%.

Por volta das 16h30, o Ibovespa operava em alta de 2,38%, recuperando o patamar dos 120 mil pontos, a 120.269 pontos. Depois de superar a marca de R$ 5,40 nos últimos dias, o dólar à vista recua 2,29%, a R$ 5,2592, em dia de enfraquecimento global da moeda. 

Luz no fim do túnel?

A variante delta ainda assusta, mas a liberação definitiva da vacina da Pfizer pela FDA (a Anvisa dos Estados Unidos) é vista como um fator positivo para avançar a vacinação no país. Além de reduzir a desconfiança da população adulta que ainda não se vacinou, o anúncio de uma terceira dose deve minimizar o temor de novas ondas na economia global. 

Um dos reflexos disso é a recuperação dos preços das commodities. O minério de ferro e o petróleo voltaram a exibir ganhos expressivos, o que beneficia empresas de peso da bolsa brasileira, como Vale e Petrobras. 

Se nas últimas semanas o impacto do bom humor em Wall Street tem sido limitado na B3, hoje o cenário político-fiscal abre uma brecha para a recuperação, pegando carona nos novos recordes em Nova York. 

Em evento realizado pela XP Investimentos, o presidente da Câmara, Arthur Lira, reforçou o seu compromisso com a responsabilidade fiscal e trouxe novidades sobre as reformas que tramitam no Congresso - o controverso texto das mudanças no imposto de renda deve ser mais uma vez adiado e o relatório da reforma administrativa deve ser apresentado nos próximos dias. 

O mercado de juros também opera em queda. Além do alívio no cenário fiscal, o Tesouro reduziu a oferta de títulos pré-fixados, reduzindo a volatilidade do mercado. Confira as taxas do dia:

  • Janeiro/22: de 6,73% para 6,71%
  • Janeiro/23: de 8,55% para 8,44%
  • Janeiro/25: de 9,80% para 9,58%
  • Janeiro/27: de 10,23% para 9,99%

Dias melhores

Em Jackson Hole, evento que reúne os principais chefes de bancos centrais do mundo, a expectativa é que se discuta o possível impacto que a variante delta pode ter na economia global.

Mas enquanto o evento não começa, a pandemia do coronavírus continua mostrando sinais de desaceleração no país. O Brasil já ultrapassou os Estados Unidos na porcentagem de adultos vacinados com pelo menos uma dose - 60% - e alguns países da Europa voltaram a abrir suas fronteiras para brasileiros, o que anima os papéis das companhias aéreas brasileiras.

Sobe e desce do Ibovespa

Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGONOMEVALORVAR
CYRE3Cyrela ONR$ 19,899,47%
GOLL4Gol PNR$ 20,259,40%
LAME4Lojas Americanas PNR$ 5,708,57%
EZTC3EZTEC ONR$ 27,238,18%
EMBR3Embraer ONR$ 22,628,13%
AZUL4Azul PNR$ 39,617,05%

Confira também as maiores quedas:

RADL3Raia Drogasil ONR$ 25,99-1,92%
JBSS3JBS ONR$ 32,19-1,86%
HYPE3Hypera ONR$ 34,75-1,59%
PCAR3GPA ONR$ 29,87-1,06%
VIVT3Telefônica Brasil ONR$ 43,51-0,80%
WEGE3Weg ONR$ 35,58-0,48%
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Fim da pandemia

CEO da Pfizer prevê que voltaremos à vida normal dentro de um ano, mesmo com novas variantes do coronavírus

Albert Bourla acredita que vacinação contra a covid-19 se tornarão anuais, para cobrir novas variantes, e que vacinas durarão um ano

ainda não acabou

Controladores da Alliar (AALR3) contratam XP para vender o negócio, diz jornal

Empresa de diagnósticos foi alvo, recentemente, de disputa pelo controle pela Rede D’Or e fundos ligados ao empresário Nelson Tanure

Mais recursos

Democratas aprovam pacote de US$ 3,5 tri no Comitê de Orçamento da Câmara dos EUA

Recursos serão destinados à rede de segurança social e programas relacionados a mudanças climáticas. Obtenção de quase unanimidade para aprovação no Congresso é desafio

Clube do livro

“Era para termos entrado no Primeiro Mundo há 30 anos”, escreve Gustavo Franco em seu novo livro “Lições Amargas”; leia a resenha completa

O ex-presidente do Banco Central tece críticas ao Brasil e sua estagnação prolongada e apresenta uma “história provisória da atualidade”

ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO

Onde investir para os próximos 3 anos: 3 indicações para chegar, com consistência, ao primeiro milhão

E não se esqueça: é essencial começar o quanto antes, fazer aportes constantes e diversificar os investimentos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies