Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-29T15:10:11-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
MERCADOS HOJE

Petrobras e Vale pesam sobre Ibovespa após balanços e bolsa se firma em queda; dólar sobe

O balanço da Petrobras agradou, mas os comentários do presidente Jair Bolsonaro não – e isso pesa sobre o Ibovespa

29 de outubro de 2021
10:34 - atualizado às 15:10
Petrobras, Ibovespa, queda, mercados
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Se nos últimos dias a temporada de balanços ajudou os negócios a pender para o lado positivo, hoje a situação se inverte e o Ibovespa começa o dia com dificuldade para se firmar no campo positivo. 

Ontem, após o fechamento do mercado, tanto Vale quanto Petrobras divulgaram os seus resultados do terceiro trimestre. A mineradora lucrou menos que o esperado e ainda encara uma nova queda do minério de ferro, já a estatal passa pelo ‘efeito Bolsonaro’. 

Após ter ventilado a possibilidade de que a petroleira fosse privatizada, o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar a companhia, dizendo que a companhia deveria lucrar menos, o que foi visto como uma nova ameaça à política de preços da estatal. 

Com as empresas com maior peso do Ibovespa no vermelho, o principal índice da bolsa opera instável. Por volta das 14h30, o recuo era de 0,64%, aos 104.971. Ainda pressionado pelas questões fiscais sem solução, o dólar à vista sobe 0,50%, a R$ 5,6430. 

Os balanços do dia

Entre as maiores quedas do dia temos Petrobras, Vale, Usiminas e Alpargatas, empresas que apresentaram os seus balanços de ontem para hoje. 

Enquanto Vale e Usiminas repercutem números que vieram abaixo do esperado pelo mercado e a queda de quase 5% do minério de ferro, a Petrobras segue repercutindo as disputas políticas em torno da empresa, mesmo com um lucro acima das expectativas. Mais cedo os governadores aceitaram congelar o ICMS dos combustíveis para tentar reduzir a elevação dos preços por algum tempo. 

Já a Alpargatas recua mesmo após ter apresentado um lucro 30 vezes maior do que o registrado no mesmo período do ano passado. 

Mas tem também aqueles balanços que empolgaram, como o caso da Marfrig. Por tabela, as empresas do setor de proteína animal apresentam alta firme, na expectativa de bons números nos próximos dias. 

Os fantasmas no armário

Embora os balanços corporativos tenham grande influência no dia de hoje, as questões políticas e fiscais que reinaram nos últimos dias seguem de pano de fundo e encaminham o Ibovespa para um encerramento de mês no vermelho. 

O desfecho para a PEC dos precatórios, que deve abrir espaço no orçamento para os novos gastos do governo, ficou para a semana que vem. Além disso, ainda existe impasse para a aprovação da reforma do imposto de renda no Senado. Todos esses fatores seguem estressando a curva de juros, mas hoje o dia é de alívio marginal, devolvendo parte do exagero dos últimos dias. Confira as taxas do dia:

  • Janeiro de 2022: de 8,46% para 8,37%
  • Janeiro de 2023: de 12,48% para 12,22%
  • Janeiro de 2025: de 12,73% para 12,29%
  • Janeiro de 2027: de 12,66% para 12,30%

Sobe e desce do Ibovespa

Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGONOMEULTVAR
JBSS3JBS ONR$ 39,304,86%
MRFG3Marfrig ONR$ 26,314,57%
BRFS3BRF ONR$ 23,694,13%
FLRY3Fleury ONR$ 19,053,87%
BEEF3Minerva ONR$ 9,443,85%

Confira também as maiores quedas:

CÓDIGONOMEULTVAR
GETT11Getnet unitsR$ 4,37-6,02%
ALPA4Alpargatas PNR$ 40,75-5,65%
USIM5Usiminas PNAR$ 13,64-4,82%
DXCO3Dexco ONR$ 15,46-4,03%
CASH3Meliuz ONR$ 3,44-3,64%
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

DINHEIRO NA CONTA

Dividendos: Vibra (VBBR3) distribui R$ 148,5 milhões em JCP

Valor refere-se à segunda parcela de pagamento aos acionistas anunciado quando a Vibra ainda atendia como BR Distribuidora

Rumo aos dois dígitos

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 9,25%

Aumento da taxa básica dispara gatilho de mudança na forma de remuneração da poupança. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies