Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-28T08:38:35-03:00
Estadão Conteúdo
Mudança nas regras

BC altera regulamentação sobre prevenção à lavagem de dinheiro no Brasil

As instituições financeiras precisarão obter informações sobre o local da residência das pessoas naturais ou da sede das empresas

28 de julho de 2021
8:36 - atualizado às 8:38
Dinheiro (3)
Imagem: Shutterstock

O Banco Central informou na noite desta terça, 27, alteração na regulamentação do sistema financeiro voltada para Prevenção à Lavagem de Dinheiro e ao Financiamento do Terrorismo (PLDFT) no Brasil. Uma das principais mudanças diz respeito ao processo de "qualificação" do cliente de instituições financeiras.

Pelas regras em vigor, as instituições precisam adotar procedimentos que possibilitem avaliar cada cliente, considerando seu perfil de risco. Para isso, as instituições coletam dados que permitam avaliar a capacidade financeira do cliente. Isso inclui a renda, no caso das pessoas naturais, e o faturamento, no caso das empresas.

Hoje, o BC incluiu mais um critério por meio da Resolução BCB nº 119. As instituições financeiras precisarão obter informações sobre o local da residência das pessoas naturais ou da sede das empresas, neste procedimento de qualificação do cliente.

A norma em vigor já estabelece que, entre os procedimentos de qualificação de empresas, as instituições financeiras devem realizar uma análise da cadeia de participação societária até a identificação da pessoa natural que é o "beneficiário final" do negócio. Em outras palavras, as instituições precisam identificar quem são os proprietários das empresas.

Esta regra, no entanto, possui exceções. Até então, estavam fora desta norma específica as pessoas jurídicas constituídas sob a forma de companhia aberta, as entidades sem fins lucrativos e as cooperativas.

Com a resolução publicada hoje, foram incorporados os fundos e clubes de investimentos registrados na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), desde que não sejam exclusivos.

Também passaram a integrar a lista de exceções os fundos de investimentos registrados na CVM constituídos na forma de condomínios fechados e com cotas negociadas em mercado organizado.

Além disso, no caso de investidores não residentes - ou seja, estrangeiros - fazem parte da exceção na identificação do "beneficiário final" aqueles classificados como governos, organismos multilaterais, companhias abertas ou equivalentes, instituições financeiras ou similares, sociedades seguradoras e entidades de previdência privada e fundos de investimento.

Dinheiro em espécie

Outra mudança trazida pela resolução diz respeito ao registro de operações, pelas instituições financeiras, com dinheiro em espécie. Pelas regras em vigor, em operações que envolvem mais de R$ 2 mil em espécie, as instituições financeiras devem registrar, entre outras informações, o nome e o número do CPF do portador dos recursos.

Na prática, se uma pessoa vai ao banco com mais de R$ 2 mil para realizar um depósito, por exemplo, a instituição precisa registrar seu nome e CPF.

Pela resolução de hoje, se operações deste tipo forem realizadas por uma empresa de transporte de valores devidamente registrada, a instituição financeira considera esta empresa como a "portadora dos recursos".

Com isso, ela será identificada por meio do registro do número de CNPJ e da firma ou denominação social.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Quem paga mais?

Hapvida (HAPV3) x SulAmérica (SULA11): a briga de gigantes por um pequeno grupo de saúde no interior de SP

A HB Saúde atua na porção norte/nordeste/noroeste de São Paulo, área rica do estado e que é bastante visada pelos grupos de saúde

DESTAQUE DO DIA

Minério de ferro despenca mais 8% e siderúrgicas e Vale acompanham queda

A redução da produção de aço vem trazendo seguidas perdas para o minério de ferro.

O que mexe com o preço do bitcoin (BTC) hoje: falas de Ray Dalio e da gestora que previu alta das ações da Tesla movimentam o dia

Otimismo com bitcoin a US$ 500 mil e preocupação com a regulamentação: quem vencerá o cabo de guerra das criptomoedas

Parceria digital

Assaí (ASAI3) faz parceria com Cornershop, aplicativo de compras online

A plataforma foi criada para que consumidores comprem produtos de supermercados locais com entregas rápidas ou programadas

Exile on Wall Street

O que faz as empresas falharem? Conheça as cinco “assassinas silenciosas” que podem impactar nos seus investimentos

O verdadeiro início da derrocada de uma empresa não pode ser devidamente noticiado pelas finanças ou pelas operações, mas somente dentro do núcleo de cultura corporativa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies