O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-12-22T16:26:01-03:00
Caio Nascimento
Caio Nascimento
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP) e com passagens pelo Estadão e Jornal da USP.
Sobe? Desce? Entenda

‘Derrocada de MGLU3’: além de questões econômicas, queda das ações do Magazine Luiza pode ser explicada pela Teoria de Dow; veja como se proteger e entenda o futuro da ação

Educador financeiro responsável por carteira que acumula alta de 125% em 2021, enquanto Ibovespa derrete 10%, explica como a análise gráfica poderia ajudar investidores a se protegerem de queda do MGLU3 – e como lucrarem com ela

21 de dezembro de 2021
13:06 - atualizado às 16:26
Loja do Magazine Luiza em Dourados (MS)
Loja do Magazine Luiza em Dourados (MS) - Imagem: Shutterstock

A inflação alta e com potencial de se intensificar, o brasileiro com menos renda, o real cada vez mais fraco e a competição internacional levaram as ações do Magazine Luiza (MGLU3) a desmoronarem.

Toda essa situação levou o império de Luiza Trajano e seus concorrentes a encontrarem dificuldades para repassar a alta dos preços de sua cadeia de suprimentos para o consumidor final, o que prejudicou as margens da companhia, ajudou a resultar num balanço mais fraco e trouxe uma aversão ao mercado.

A queda da Bolsa, em meio à PEC dos Precatórios, a alta da inflação, queda das commodities e deteriorização do cenário fiscal também ajudou. Mas, além dessas questões, o analista de investimentos Rogério Araújo, responsável por uma carteira de ações e opções que acumula alta de 125% neste ano, traz um outro ponto da análise técnica que, em sua visão, deve ser levado em conta: a teoria de Dow, que fala de topos e fundos.

ATENÇÃO: 'Seu Dinheiro' libera relatório gratuito de duas criptomoedas promissoras para 2022 + acesso grátis de 2 meses à carteira de criptoativos que acumula alta de 3.000% desde 2017

Head educacional da corretora Vitreo e apresentador do quadro "De Olho no Gráfico", no YouTube do Seu Dinheiro (acesse e se inscreva aqui), Araújo explica que MGLU3 chegou a um "ponto de fundo" em novembro de 2020. Ou seja, atingiu uma baixa num movimento de queda que antecede uma alta.

Esse movimento (representado em "V" pelo gráfico abaixo explicado por ele no vídeo) ajudou as ações a criarem um suporte de preço que segurava tanto as quedas quanto as baixas. Acontece, porém, que essa condição foi rompida na bolinha vermelha do gráfico.

Essa situação não queria dizer que era hora de vender a ação (aliás, agora também não é hora, como explica Rogério no vídeo deste link), mas exigia, há época, uma atitude prudente dos investidores:

“Neste ponto, caberia ao investidor trabalhar com opções de proteção de patrimônio como os PUTS, opções de venda. Esse mecanismo ajudaria o investidor a proteger a carteira para ganhar dinheiro (ou evitar perdê-lo) em tendências de queda”, explica Rogério Araújo.

Assista ao vídeo completo abaixo, no qual ele explica que, sim, há uma tendência de queda para MGLU3 atualmente, mas há uma perspectiva de a ação subir 200% nos próximos 2 anos, visto que não há deterioração dos fundamentos da varejista. Ele diz também como se proteger das possíveis quedas atuais. Confira:

Mas quem é Rogério Araújo?

Responsável pelo Vitreo Trading, o analista está no mercado financeiro desde 1993 e, só neste ano, enquanto o Ibovespa derrete 10% e ações acumulam quedas de quase 80%, sua carteira sobe 125%, sendo:

  • 85,45% de rentabilidade em ações protegidas (80% da carteira)
  • 312% de lucro em day trade (4% da carteira)
  • 403% de ganho com operações estruturadas com opções (16% da carteira)

ATENÇÃO: 'Seu Dinheiro' libera relatório gratuito de duas criptomoedas promissoras para 2022 + acesso grátis de 2 meses à carteira de criptoativos que acumula alta de 3.000% desde 2017

É diante desses resultados e suas análises responsáveis, com foco em lucro e proteção, que o Seu Dinheiro convidou Rogério para apresentar o quadro De Olho no Gráfico, no qual ele apresentará todas as semanas insights de investimentos, formas de proteger sua grana de cenários de queda e monitoramento de oportunidades, bem como análises de gráfico.

Confira abaixo o primeiro vídeo do quadro, sobre as perspectivas para as ações do Magazine Luiza (MGLU3) e se inscreva no nosso canal para ficar de olho em oportunidades que importam para o seu patrimônio:

ATENÇÃO: 'Seu Dinheiro' libera relatório gratuito de duas criptomoedas promissoras para 2022 + acesso grátis de 2 meses à carteira de criptoativos que acumula alta de 3.000% desde 2017

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

NOITE CRIPTO

Não deu para o bitcoin (BTC): maior criptomoeda do mundo tenta, mas patamar de US$ 30 mil escapa; confira cotações

Agora, os investidores devem permanecer tentando sustentar esse suporte psicológico importante e entrar na próxima semana no “zero a zero”, antes de tentar buscar novas altas

REVISÃO CUSTOU CARO

B3 (B3SA3) volta a corrigir erro nos dados e revela que 2021 terminou com fluxo estrangeiro negativo após R$ 77,9 bilhões em dinheiro gringo “sumirem” da conta

Vale lembrar que a entrada de capital estrangeiro ajuda na performance do mercado acionário e de câmbio. Por isso, a nova cifra não pinta um quadro positivo para o país

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa ignora tensão em Nova York, os planos de Elon Musk para o Brasil e o salto da GetNet; confira os destaques do dia

Por enquanto, o Ibovespa segue avançando, apesar do desempenho ruim das bolsas pelo mundo

FIQUE DE OLHO

Em semana de ata do Fed, destaque no Brasil fica por conta do IPCA-15; confira a agenda completa de indicadores

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa escapa do mau humor em NY e sobe mais de 1% na semana; dólar fica abaixo dos R$ 5

O S&P 500 chegou a entrar oficialmente em “bear market”, mas os estímulos na China salvaram a semana do Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies