Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-20T18:17:13-03:00
Caio Nascimento
Caio Nascimento
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP) e com passagens pelo Estadão e Jornal da USP.
Petroleira promissora

Após alta de 70%, petroleira privada pode subir mais com compra de ativos da Petrobras (PETR4); entenda

Analistas de mercado avaliam potencial da ação da petroleira na Bolsa com a compra de campos terrestres maduros de petróleo; ‘Seu Dinheiro’ apresenta outras 75 análises, recomendações de investimentos e temas de educação financeira para ficar no radar de investidores – confira até o final

20 de agosto de 2021
16:51 - atualizado às 18:17
3R Petroleum foca nos campos de petróleo maduros, em terra firme.
3R Petroleum foca nos campos de petróleo maduros, em terra firme. - Imagem: 3R Petroleum

Se quando você pensa em petróleo a primeira coisa que vem à sua mente ainda é a Petrobras (PETR4), saiba que está desatualizado. 

Enquanto a estatal tropeça nos ruídos políticos do Brasil, uma petroleira privada listada na bolsa já se valorizou 65% desde o recente IPO, em novembro de 2020, com potencial para mais daqui para frente. Trata-se da 3R Petroleum (RRRP3). No mesmo período, as ações da Petrobras tiveram valorização praticamente nula. 

O sucesso dessa “novata” da B3 tem explicação. Diferente de grande parte das empresas brasileiras, que estão reféns da nossa moeda "exótica" (um ótimo eufemismo) e da política sempre instável do nosso país, essa companhia tem sua receita 100% em dólar e 95% das suas despesas em reais. 

“Ela tem uma combinação dos sonhos de qualquer empresa e investidor: ganhar em dólares e gastar em reais”, explica o analista de investimentos Max Bohm. 

Além disso, seus resultados do 2º trimestre de 2021 chamam atenção. Ela teve um lucro líquido de R$ 54,3 milhões que pagaram o prejuízo dos três primeiros meses do ano (R$ 26,3 milhões), deixando verde a rentabilidade do primeiro semestre. A receita líquida, por sua vez, ficou em R$ 152,8 milhões - um número bom na visão do mercado.

A empresa é focada em ativos onshore, ou seja, em terra firme. Assim, como suas reservas não estão em águas profundas nem em áreas que demandam muito investimento, a empresa corre menos riscos financeiros para produzir. 

E isso é atraente para as ações da companhia. Afinal, custos baixos são saudáveis para as margens da empresa e é um fator crucial para a resiliência em cenários de estresse de preços. O colunista do Seu Dinheiro e analista de investimentos, Matheus Spiess, preparou no nosso YouTube uma análise completa sobre por que ela é uma boa oportunidade de compra:

Fenômeno lembra a PetroRio (PRIO3), que acumula uma alta de 4.000% em 6 anos

Antes de continuar, vale destacar que são empresas com dinâmicas diferentes e lucro passado não é garantia de retorno futuro. No entanto, é interessante notar que existem semelhanças entre o processo da PetroRio de alguns anos atrás e a 3R Petroleum de agora.

A petroleira carioca começou a comprar e recuperar, em 2008, campos de petróleo antigos deixados de lado por outras empresas, que estavam de olho nas grandes reservas de óleo e gás do pré-sal, assim como a 3R Petroleum faz hoje.

Dessa forma, pequenas empresas do segmento tiveram a oportunidade de explorar áreas menores, mas com um potencial expressivo de ganhos (mais uma vez, um convite: para entender a dinâmica desses ganhos na exploração e como isso é positivo para as ações da 3R, acesse o vídeo do nosso canal no YouTube).

“Esses campos não ofereciam um volume que atendesse ao padrão de produção das grandes petroleiras mundiais, o que as fez perder o interesse nos ativos. Mas eles podem ser bastante rentáveis para companhias menores”, explica Matheus Spiess.

Assim, revitalizando campos fora do radar dos tubarões do mercado, a PetroRio viu sua ação se multiplicar em cerca de 40 vezes. Apenas R$ 1 mil investidos nessa ação se transformaram em cerca de R$ 40 mil.

Atualmente, a 3R Petroleum vem adquirindo campos não utilizados da Petrobras (PETR4), visto que a estatal está focada nas operações em alto mar e não é mais interessante para ela os campos do continente.

Há hoje cinco ativos da 3R ainda em fase de transição com a Petrobras. Assim, nota-se um grande potencial para a empresa no longo prazo. Por isso recomendamos fortemente que acesse a análise completa do Matheus Spiess sobre o momento dessa empresa para entender como ela pode fortalecer o seu portfólio. Assista abaixo:

RAIZ4, POMO4, SMFT3, OIBR3, SQIA3 e outras 7 ações para ficar no seu radar

Nós, do Seu Dinheiro, sugerimos ainda que você acesse outras análises e insights de investimentos do nosso canal pelo bem do seu patrimônio. Uma delas é sobre a Raízen, que estreou na B3 no início de agosto e pode subir até 75% no longo prazo.

A Raízen (RAIZ4), maior produtora de etanol de cana de açúcar do mundo. A joint venture da Cosan com os postos Shell movimentou R$ 6,9 bilhões com o IPO e tudo indica que esta será a maior oferta inicial de ações da bolsa neste ano.

Isso, claro, chama a atenção dos investidores, mas um outro fator que desperta olhares é o plano ambicioso e promissor que a empresa tem para os próximos anos. Trago neste texto detalhes sobre isso, mas já adianto: o projeto de expansão da Raízen indica que a empresa pode subir mais de 50% daqui em diante. 

Esses números são numa previsão conservadora. Afinal, analistas calculam que o preço justo de sua ação é em torno de R$ 13 a R$ 14 - o que equivale a uma alta de pelo menos 75% após o IPO. Clique aqui e assista a uma análise completa do porquê RAIZ4 pode bater essa valorização ou confira no vídeo abaixo).

“Se a companhia entregar um Ebitda de R$ 14 a 15 bilhões em 2022 [como previsto], significa que ela está saindo a 6x do ebitda dela de 2022. Isso é muito barato para uma empresa que cresce e ganha tanto mercado como a Raízen”, explica Larissa Quaresma, analista de investimentos e colunista do Seu Dinheiro. 

Aproveite para conferir outras análises que analistas fizeram no nosso canal sobre empresas como Oi (OIBR3), Smart Fit (SMFT3) e Marcopolo (POMO4) - todas com potencial de se valorizar. Explicamos em detalhes os motivos. Para conferir a playlist com esses conteúdos, é só clicar aqui ou, se quiser uma palhinha, confira um já abaixo uma delas:

Nosso repórter Victor Aguiar traz também uma análise sobre a Sinqia (SQIA3), explicando por que analistas de mercado avaliam que ela está abaixo do preço justo, com potencial de subir até mais de 40%. SQIA3 é um case de sucesso no ramo de tecnologia. Confira abaixo:

Aguiar traz também o panorama de Amazon (AMZO34) e Alpargatas (ALPA4), ambas com potencial de alta, e outras 5 ações descontadas da bolsa. Seu quadro, Ações para Ficar de Olho, é apresentado semanalmente no nosso YouTube com insights de investimentos para turbinar sua carteira e cases para você ficar de fora. Veja:

EU QUERO ACESSAR O CANAL DO SEU DINHEIRO NO YOUTUBE E FICAR POR DENTRO DOS PRINCIPAIS TEMAS QUE PODEM MUDAR MEU PATAMAR FINANCEIRO

Onde investir no segundo semestre? De bitcoin, 6 criptomoedas e fundos imobiliários a ações internacionais e dólar

Neste texto já dei a você a oportunidade de entender a tese de investimento em 3R Petroleum e outras 12 ações da bolsa. Todas costuradas com informações macroeconômicas relevantes para o seu patrimônio disponíveis no nosso YouTube.

Tudo isso torna irracional você não se inscrever no nosso canal do YouTube (disponível aqui). Mas não para por aí. Estamos no começo do segundo semestre e muita água ainda tem para rolarno mundo dos investimentos. Por isso, preparamos um especial de 7 vídeos sobre onde investir daqui para o fim do ano. 

São análises e insights de investimentos que nossos repórteres apuraram com diversos players importantes do mercado financeiro. Em um deles, Renan Sousa lista os 6 criptoativos que podem se beneficiar da recuperação do bitcoin, que saiu de suas mínimas de US$ 29 mil das últimas semanas para quase US$ 50 mil. Confira abaixo:

  • Os 6 criptoativos mais promissores além do bitcoin (acesse aqui);
  • Os fundamentos para o bitcoin voltar a subir (acesse aqui);
  • Os BDRs (ações estrangeiras com lastro na bolsa brasileira) que mais podem se multiplicar daqui em diante (acesse aqui);
  • 3 ações que podem subir com o pós pandemia (acesse aqui);
  • Os títulos de renda fixa para surfar na alta da Selic (acesse aqui);
  • Uma análise de riscos, oportunidades e projeções para investimentos em dólar (acesse aqui);
  • Os fundos imobiliários que devem ficar no seu radar (acesse aqui);

Já nossa repórter e especialista em finanças corporativas, Julia Wiltgen, listou os investimentos em renda fixa que podem beneficiar você com a alta da taxa Selic e dos juros futuros. Assista neste link ou abaixo:

Se você quer investir em ativos que não caem nas garras do leão da Receita Federal, temos também um guia sem enrolação de investimentos para não pagar imposto. A Julia Wiltgen preparou para você no material abaixo:

Ela é apresentadora do quadro “E Eu Com isso?” e “Seu Dinheiro em Dia”, nos quais ensina aos nossos leitores os temas mais importantes para você cuidar do seu patrimônio. São ao todo 56 vídeos para você se tornar um investidor completo quando o assunto é educação financeira. Você pode acessar os do “E Eu Com isso?” neste link, e o do Seu Dinheiro em Dia aqui.

INSCREVA-SE NO CANAL DO SEU DINHEIRO PARA RECEBER MAIS CONTEÚDOS ASSIM. É SÓ CLICAR AQUI.

Se você chegou até aqui, então passou por 76 recomendações de investimentos, aulas sobre educação financeira ou listas de oportunidades da bolsa para ficar no seu radar. Tudo do nosso YouTube. Por isso é irracional não se inscrever lá na nossa página. É pedir para se arrepender. 

Para facilitar sua vida, sugiro também que nos acompanhe no Telegram, onde temos um grupo gratuito com dicas de investimentos, análises, comentários em áudio e notícias em tempo real para você investir. Libere seu acesso neste link

EU QUERO ACESSAR O GRUPO DO TELEGRAM DO SEU DINHEIRO

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

seu dinheiro na sua noite

Uma tarde de soluços nos mercados

O preço dos combustíveis, um dos grandes vilões da elevada inflação brasileira, não dá sinais de enfraquecimento. Muito pelo contrário: a passagem do furacão Ida pelo Golfo do México deve seguir impactando a oferta de petróleo por mais alguns meses, o que traz reflexos diretos ao preço da commodity. O Brent fechou em alta pela […]

menos méliuz

Méliuz (CASH3): Truxt reduz participação na companhia

Negociações têm por objetivo investimento e não visam alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da empresa

atenção acionista

Dividendos: Multiplan (MULT3) paga R$ 270 milhões em juros sobre capital próprio

Empresa vai considerar os acionistas inscritos nos registros da companhia no dia 28 de dezembro, dado que as ações de emissão da companhia passaram a ser negociadas “ex juros” a partir de 29 de dezembro

FECHAMENTO DO DIA

Petrobras dá susto, mas commodities garantem o avanço do Ibovespa; dólar sobe a R$ 5,37

A convovação de uma coletiva de última hora assustou os investidores, mas o Ibovespa retomou o ritmo de alta após a estatal confirmar que não irá mexr nos preços.

acesso bloqueado

Vale (VALE3) faz operação para resgatar 39 funcionários presos em mina no Canadá

De acordo com a empresa, na tarde de domingo (26), uma pá escavadeira que estava sendo transportada no acesso à mina subterrânea se desprendeu, bloqueando o shaft e, com isso, impedindo o meio de transporte dos empregados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies