Menu
2020-02-14T15:10:17-03:00
Estado requisitado

Fundos de Dubai mostraram grande apetite por investimentos em SP, diz Doria

Governador de São Paulo afirmou que há uma expectativa de que R$ 30 bilhões possam ser investidos em São Paulo através dos fundos

14 de fevereiro de 2020
15:09 - atualizado às 15:10
O governador de São Paulo, João Doria, conversa com a imprensa
Imagem: José Cruz/Agência Brasil

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), comemorou hoje, no Palácio dos Bandeirantes, "os bons resultados" da missão que fez a Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e a inauguração, na última quarta-feira, 12, do escritório de negócios na cidade, o segundo do Estado pelo mundo, após Xangai.

De acordo com o governador, os fundos soberanos Abu Dhabi Investment Authority (Adia) e Mubadala - que administram US$ 5 trilhões - "mostraram, com muita clareza, grande apetite pelo programa de desestatização do governo de São Paulo". Segundo Doria, "há uma expectativa de que R$ 30 bilhões possam ser investidos por esses dois fundos com o apoio do programa de desestatização do governo do Estado de São Paulo ao longo dos próximos três anos".

Entre os setores que poderão receber os investimentos, Doria elencou as "rodovias, ferrovias, malha metroviária, hidrovias, aeroportos regionais e também a área de saneamento, como a Sabesp, além de parques".

O governador afirmou também que a próxima missão de negócios será nos Estados Unidos. Doria ressaltou, contudo, que esta será mais reduzida que a recente a Dubai.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Maior nível em quase um mês

Ações da Petrobras disparam mais de 10% após Trump sinalizar uma trégua na guerra de preços do petróleo

As ações da Petrobras sobem mais de 10%, na esteira da valorização do petróleo — lá fora, cresce a expectativa quanto a um acordo entre russos e sauditas

Não tão rápido...

Pagamento de benefícios não vale para salários de março, afirma secretário do Trabalho

Questionado sobre a nova MP do governo federal, Dalcolmo disse que o pagamento – que complementa a renda de quem tiver o salário reduzido – diz respeito apenas ao mês já trabalhado

Exile on Wall Street

Investimos em conversas que vão longe

São raros os dias em que tudo cai — ou tudo sobe —, e eles sugerem um mercado irracional, que não sabe bem o que está fazendo.

covid-19 no radar

Fitch reduz previsões de preço do petróleo por coronavírus e excesso de oferta

Para 2021, as novas projeções de preços médios da Fitch são de US$ 42 o barril de WTI e de US$ 45 o barril de Brent. Antes, eram de US$ 45 para o WTI e US$ 48 para o Brent.

dados da receita

Arrecadação de impostos soma R$ 116 bilhões em fevereiro

Impulsionada pelo resultado de janeiro, no primeiro bimestre, a arrecadação federal somou R$ 291,421 bilhões, segundo a Receita

novidade do banco central

BC vai editar circular regulamentando empréstimos com letras financeiras

Ainda haverá um prazo para operacionalização do instrumento. O BC não divulgou uma estimativa de quando, de fato, os empréstimos começarão a ser feitos

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

medida anticrise

Governo calcula que 25 milhões terão salário reduzido para evitar alta acentuada do desemprego; entenda

Num cenário sem as medidas, o governo estima que as demissões poderiam atingir até 12 milhões de trabalhadores; país já tem 12,3 milhões de desempregados

crise nos eua

EUA registram 6,648 milhões de pedidos de auxílio-desemprego, novo recorde

Leitura da semana anterior, que até então havia sido recorde, foi revisada de 3,283 milhões para 3,307 milhões de pedidos

Dia de recuperação

Ibovespa sobe mais de 3%, impulsionado pela Petrobras e pelo salto de quase 30% no petróleo

O Ibovespa opera em alta firme nesta quinta-feira, beneficiado pela forte valorização do petróleo. Novos comentários do presidente dos EUA, Donald Trump, aumentam ainda mais a percepção de que um acordo entre sauditas e russos para pôr fim à guerra de preços da commodity está a caminho

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements