Menu
2020-06-26T19:28:02-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Ex-assessor de Flávio Bolsonaro

Fabrício Queiroz negocia delação com Ministério Público, diz CNN Brasil

Ex-assessor de Flávio Bolsonaro considera a colaboração como uma forma de garantir a proteção da família, segundo reportagem

26 de junho de 2020
19:17 - atualizado às 19:28
Flavio Bolsonaro e Fabrício Queiroz
Flavio Bolsonaro e Fabrício Queiroz - Imagem: Divulgação

A defesa de Fabrício Queiroz, ex-assessor parlamentar do atualmente senador Flávio Bolsonaro, está negociando um acordo de delação premiada com o Ministério Público do Rio de Janeiro. A informação é da CNN Brasil.

A reportagem da emissora cita fontes envolvidas na investigação que apontam o interesse de Queiroz na colaboração. A maior preocupação de Queiroz, segundo relatos dessas fontes, é com a sua família.

A delação seria um caminho para encontrar garantias de proteções no processo para a mulher, Márcia Aguiar de Oliveira, foragida, e para as filhas, Nathalia Mello e Evelyn Mello, todas investigadas no esquema de "rachadinha", na época em que Queiroz era assessor de Flávio na Alerj, a assembleia legislativa do Rio de Janeiro.

Além disso, Queiroz também pede para que cumpra prisão domiciliar, diz a CNN. A negociação para a colaboração está arrastada, no entanto, já que promotores querem saber se Queiroz possui informações novas para apresentar.

A notícia foi publicada após o encerramento dos negócios na B3, mas deve ser acompanhada de perto pelos investidores na segunda-feira (29) a depender da evolução dos fatos no fim de semana.

Nesta sexta, o Ibovespa fechou em queda de 2,24%, aos 93.834,49 pontos, e o dólar, em alta de 2,11%, para R$ 5,47. Confira nossa cobertura completa de mercados.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Vai um desconto?

Três meses após IPO, Meliuz faz sua primeira aquisição com empresa de cupons de desconto

A Picodi.com agora faz parte do sistema da Meliuz e foi adquirida por R$ 120 milhões

Gás natural

Braskem fecha acordo com mexicana Pemex e retoma totalmente transporte de gás

A empresa estava operando parcialmente desde janeiro e, com a decisão, deve voltar normalmente às atividades

de novo

Petrobras anuncia nova alta nos preços da gasolina, diesel e gás

Reajustes, motivados pela alta dos preços no mercado internacional, foram o ponto que provocaram a demissão de Castello Branco da estatal

MERCADOS HOJE

Ibovespa sobe mais de 1% na cola de Nova York; dólar recua a R$ 5,55

O noticiário corporativo intenso também movimenta as negociações. Na ponta positiva Hapvida e Intermédica se destacam. Já o GPA recua mais de 70% após a estreia do Assí na bolsa

evolução

Indústrias de grandes economias registram aceleração em fevereiro

Manufatura da zona do euro se expande no ritmo mais forte em três anos, enquanto Japão tem primeira alta desde abril de 2019

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies