Menu
2020-10-09T14:35:00-03:00
Estadão Conteúdo
NEGÓCIO DA CHINA

Vale anuncia joint venture com chinesa para projeto portuário

Iniciativa prevê investimento de cerca de US$ 624 milhões na expansão das instalações do Porto de Shulanghu

9 de outubro de 2020
14:34 - atualizado às 14:35
A mineradora Vale
Imagem: Shutterstock

A Vale informou nesta sexta-feira (9) que seu conselho de administração aprovou a criação de uma joint venture com a Ningbo Zhoushan Port Company Limited para construir, possuir e operar o Projeto West III no Porto de Shulanghu, na cidade de Zhoushan, na província de Zhejiang, China.

O projeto tem investimentos com valor plurianual total de RMB 4,3 bilhões ou cerca de US$ 624 milhões (capital total, base 100%).

Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a mineradora detalha que o Projeto West III consiste na expansão das instalações do Porto de Shulanghu, desenvolvendo um pátio de estocagem e berços de carregamento com capacidade adicional de 20 milhões de toneladas por ano (Mtpa).

"Ao participar do projeto, a Vale garantirá uma capacidade portuária total de 40 Mtpa em Shulanghu, o que ajudará a Vale a otimizar custos em sua cadeia de valor", afirma a empresa no documento.

O projeto inclui a aquisição de direitos de propriedade e o desenvolvimento da capacidade portuária de 20 Mtpa, incluindo a construção de um novo pátio de estocagem e dois berços de carregamento, sujeitos a aprovações regulatórias.

A Vale deterá 50% da joint venture e ambas as partes pretendem obter empréstimos de terceiros de até 65%, mas não menos que 50% do investimento total. "Com essas premissas, a contribuição de capital da Vale para o projeto variará entre US$ 109 milhões e US$ 156 milhões, aproximadamente", calcula a empresa.



A construção do projeto, que deve durar até três anos, terá início após ambas as partes obterem as aprovações antitruste e outras aprovações regulatórias na China. "O projeto garantirá capacidade portuária estratégica para a Vale na China, uma vez que o porto de Shulanghu permite a atracação de navios Valemaxes e a otimização dos custos de transporte e distribuição da Vale", destaca.

A Ningbo é uma subsidiária do Zhejiang Provincial Seaport Investment & Operation Group Co. Ltd.. A parceria será através da Vale International S.A. A Ningbo é a operadora dos terminais públicos do Porto de Ningbo Zhoushan, que ocupou o primeiro lugar por 11 anos consecutivos em termos de movimentação total de carga no mundo.

Como uma das maiores operadoras de terminal na China, a Ningbo atua no carregamento e descarregamento de contêineres, minério de ferro, petróleo, carvão, gás liquefeito, grãos, entre outras cargas. A empresa possui dois berços capazes de receber navios de 400.000 DWT.

Blendagem

A Vale lembra que em 2015 lançou o Brazilian Blend Fines (BRBF), produto resultante da mistura de finos de minério de ferro de Carajás, no Sistema Norte, com finos de minério de ferro dos Sistemas Sul e Sudeste, que se complementam em termos de características físicas, químicas e metalúrgicas.

O BRBF é produzido no Terminal Marítimo de Teluk Rubiah na Malásia e em dezessete portos na China, incluindo o Porto de Shulanghu. "Esse processo reduz o tempo necessário para atendimento dos mercados asiáticos e aumenta nossa capilaridade de distribuição ao permitir o uso de embarcações menores", afirma a mineradora.

A estratégia de blendagem também permite planos de mineração mais eficientes e aumenta o uso de métodos de processamento a seco, que por sua vez reduzem investimentos, estendem a vida útil de nossas minas e reduzem o uso de água em nossas operações: uma flexibilidade fundamental para lidar com os desafios de curto prazo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

negócio fechado

Petrobras assina compromisso de compra da plataforma P-71 por US$ 353 milhões

Petrolífera fala que, por conta da nova alocação da P-71, a licitação de afretamento da plataforma que atenderia ao projeto de Itapu será cancelada

retomada

Financiamentos imobiliários somam recorde histórico de R$ 12,9 bilhões

Volume financiado é recorde, em termos nominais, na série histórica iniciada em julho de 1994, segundo a Abecip

cardápio de balanços

Cielo, Localiza e Smiles: os balanços que mexem com o mercado nesta quarta

Empresas estão entre as que mais recentemente divulgaram os números do terceiro trimestre, período com resultados ainda marcados pela pandemia

seu dinheiro na sua noite

A peleja da bolsa com a crise fiscal

Com tanto dinheiro girando no mundo, quem tem pede muito quem não tem pede mais. Os versos de Zé Ramalho não poderiam resumir melhor a encruzilhada na qual vive o mundo econômico em meio à crise do coronavírus. Quem tem pede muito. Nos Estados Unidos, a falta de um acordo para a aprovação de um […]

Guidance

Trisul projeta entre R$ 2,8 bilhões e R$ 3,2 bilhões em lançamentos em 2020 e 2021

Incorporadora divulgou guidance para biênio de 2020-2021; segundo prévias, meta de lançamentos para este ano já foi batida

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies