Menu
2020-07-27T18:36:45-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Corrida pela vacina

Moderna recebe financiamento para a fase final de testes da vacina contra covid-19 e ações disparam

Ações da Moderna dispararam quase 10% com a notícia. Desde o início do ano, papéis da farmacêutica na Nasdaq subiram mais de 300%

27 de julho de 2020
10:37 - atualizado às 18:36
Moderna
Moderna - Imagem: Shutterstock

A corrida pela vacina contra o coronavírus segue movimentando os noticiários e as bolsas de valores globais. Nesta segunda-feira, o anúncio do avanço das pesquisas da Moderna, empresa americana de biotecnologia, mexe com os mercados. As novidades fizeram as ações da companhia saltarem mais de 11% no pré-mercado americano.

Durante o fim de semana, a Moderna informou que recebeu cerca de US$ 472 milhões de dólares adicionais para financiamento das fases finais da pesquisa. O dinheiro é fruto de um acordo da companhia com a BARDA, entidade do governo americano responsável pelo desenvolvimento de soluções médicas e que atua como intermediária entre o governo e as empresas de biomedicina. A empresa já havia recebido US$ 483 milhões anteriormente.

Segundo a Moderna, o financiamento possibilita a expansão das fases finais de testes, incluindo o estudo da vacina mRNA, a candidata da companhia para o combate ao coronavírus. Nesta segunda-feira (27), a companhia inicia oficialmente a sua terceira fase dos testes clínicos.

Em comunicado, a empresa afirmou que espera produzir 500 milhões de doses da vacina contra o coronavírus por ano, começando a produção em 2021.

As ações da Moderna fecharam em alta de 9,15% na Nasdaq, em Nova York, a US$ 79,91. Desde o começo do ano, os papéis da empresa de biotecnologia já se valorizaram mais de 300%.

A corrida por uma vacina eficaz contra o coronavírus tem movimentado os cadernos de Ciência e os de Economia nos últimos meses. Com a pandemia da covid-19 longe de estar 100% controlada, os avanços nos estudos que buscam imunizar a população contra o vírus mexem com as bolsas de valores globais, já que uma vacina bem-sucedida pode evitar novas medidas restritivas de isolamento social e facilitar a retomada econômica.

Na semana passada a Pfizer, em parceria com a BioNTech anunciou resultados positivos. A pesquisa realizada pela Universidade de Oxford, com participação da AstraZeneca, também publicou avanços animadores.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

estudos para RS, RJ e CE

Neoenergia estuda o desenvolvimento de projetos eólicos offshore no Brasil

Segundo o presidente, Mario José Ruiz-Tagle Larrain, a companhia está desenvolvendo estudos preliminares para projetos no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Ceará

popular aplicativo

TikTok pede a juiz federal dos EUA audiência sobre aplicativo banido

Os advogados da empresa argumentam que a medida viola a liberdade de expressão e o devido processo legal

balanço da doença

Brasil acumula 4,6 milhões de casos e 138,9 mil mortes por covid-19

Nas últimas 24 horas, foram registrados 869 novos óbitos. Ontem, o total estava em 138.108. As autoridades de saúde ainda investigam 2.422 mortes que podem ou não estar relacionadas à doença

seu dinheiro na sua noite

Já deu o que tinha que dar

Caro leitor, Quando a pandemia de coronavírus explodiu e os bancos centrais do mundo passaram a reduzir fortemente os juros, muitos economistas e analistas de mercado questionaram os limites da política monetária naquele caso. Afinal, não se tratava de uma crise financeira, como foi a de 2008, nem de uma crise econômica comum. Estávamos diante […]

Roubando a cena

Dólar dispara mais de 2% com aversão ao risco e tem 4ª sessão seguida de alta; bolsa cai

Dólar passou voando pela marca de R$ 5,50 e por pouco não bateu R$ 5,60; Ibovespa acompanhou sinal negativo vindo de Wall Street e perdeu piso de 96 mil pontos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements