Menu
2020-07-27T18:36:45-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Corrida pela vacina

Moderna recebe financiamento para a fase final de testes da vacina contra covid-19 e ações disparam

Ações da Moderna dispararam quase 10% com a notícia. Desde o início do ano, papéis da farmacêutica na Nasdaq subiram mais de 300%

27 de julho de 2020
10:37 - atualizado às 18:36
Moderna
Moderna - Imagem: Shutterstock

A corrida pela vacina contra o coronavírus segue movimentando os noticiários e as bolsas de valores globais. Nesta segunda-feira, o anúncio do avanço das pesquisas da Moderna, empresa americana de biotecnologia, mexe com os mercados. As novidades fizeram as ações da companhia saltarem mais de 11% no pré-mercado americano.

Durante o fim de semana, a Moderna informou que recebeu cerca de US$ 472 milhões de dólares adicionais para financiamento das fases finais da pesquisa. O dinheiro é fruto de um acordo da companhia com a BARDA, entidade do governo americano responsável pelo desenvolvimento de soluções médicas e que atua como intermediária entre o governo e as empresas de biomedicina. A empresa já havia recebido US$ 483 milhões anteriormente.

Segundo a Moderna, o financiamento possibilita a expansão das fases finais de testes, incluindo o estudo da vacina mRNA, a candidata da companhia para o combate ao coronavírus. Nesta segunda-feira (27), a companhia inicia oficialmente a sua terceira fase dos testes clínicos.

Em comunicado, a empresa afirmou que espera produzir 500 milhões de doses da vacina contra o coronavírus por ano, começando a produção em 2021.

As ações da Moderna fecharam em alta de 9,15% na Nasdaq, em Nova York, a US$ 79,91. Desde o começo do ano, os papéis da empresa de biotecnologia já se valorizaram mais de 300%.

A corrida por uma vacina eficaz contra o coronavírus tem movimentado os cadernos de Ciência e os de Economia nos últimos meses. Com a pandemia da covid-19 longe de estar 100% controlada, os avanços nos estudos que buscam imunizar a população contra o vírus mexem com as bolsas de valores globais, já que uma vacina bem-sucedida pode evitar novas medidas restritivas de isolamento social e facilitar a retomada econômica.

Na semana passada a Pfizer, em parceria com a BioNTech anunciou resultados positivos. A pesquisa realizada pela Universidade de Oxford, com participação da AstraZeneca, também publicou avanços animadores.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Covas ou Boulos?

Como a eleição para prefeito mexe com o investimento em imóveis em São Paulo

Com revisão do Plano Diretor em 2021, investidor de ações de construtoras, fundos imobiliários e imóveis deve ficar de olho no resultado eleitoral. Há risco se Guilherme Boulos ganhar? E se Covas levar, setor pode ser beneficiado?

Dinheiro no bolso

Banco do Brasil anuncia pagamento de R$ 333 milhões em JCP do 4T20

Dessa forma serão pagos no dia 30 de dezembro e terão como base a posição acionária do dia 11 de dezembro de 2020

seu dinheiro na sua noite

Maradona e o rali da bolsa

O baixinho Maradona passa por dois marcadores, toca para o companheiro e depois corre para disputar a bola na área. Ele dá um salto e, de alguma forma, consegue subir mais que o goleiro inglês Peter Shilton para empurrar (literalmente) a bola para as redes. O lance do antológico gol de mão do craque argentino […]

fechamento dos mercados

Ibovespa desacelera com queda de Petrobras, mas fecha acima de 110 mil com Itaú e Vale e sobe 4% na semana

Bolsas americanas fecham para cima, renovando máximas históricas, em sessão mais curta; por aqui, ações de Petrobras reduziram alta perto do fim da sessão, eventualmente virando e fechando em queda, tirando índice acionário local da proximidade do pico intradiário

Urgente

Guilherme Boulos é diagnosticado com Covid-19

As agendas de campanha foram todas suspensas, e a coordenação da campanha vai propor à TV Globo que o último debate, previsto para hoje, seja feito de forma virtual.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies