🔴 [EVENTO GRATUITO] COMPRAR OU VENDER VALE3? INSCREVA-SE AQUI

Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
de US$ 28 para US$ 48

UBS eleva preço-alvo da XP, mas diz que ainda não é hora de comprar

Banco suíço enxerga ambiente positivo para a corretora, apesar do aumento da concorrência. Ação da XP tem leve queda na Nasdaq hoje

XP Investimentos Dólar
Imagem: Montagem / Andrei Morais

A rápida recuperação dos mercados após o pânico de março com o coronavírus levou o UBS a revisar as projeções para a XP Investimentos. O banco suíço elevou o preço-alvo da ação da corretora, que é listada na bolsa norte-americana Nasdaq, para US$ 48. A previsão anterior da instituição era de US$ 28. Ainda assim, a recomendação para o papel é neutra.

Em relatório, os analistas Marianna Tadeo, Kaio Prato e Thiago Batista disseram ver a XP bem posicionada para se beneficiar de um crescente mercado de investimentos e da mudança dos ativos sob custódias de bancos para atores independentes — ainda que a concorrência esteja aumentando.

Às 16h30, a ação da XP caía 0,15%, para US$ 42,53, na Nasdaq. Leia nossa cobertura completa de mercados.

"Nós vemos a ampla gama de produtos, atendimento ao cliente de alta qualidade e marca forte como vantagens competitivas chave", escreveram.

A nova projeção para preço-alvo incorporou os dados preliminares da corretora para o 2º trimestre e também reflete melhores perspectivas para o crescimento dos ativos sob custódia (AUC) e das comissões. Segundo o UBS, quatro fatores ajudam a XP:

  1. a recuperação do mercado de ações mais rápida do que o esperado;
  2. os volumes fortemente negociados na B3;
  3. a crescente participação de investidores individuais
  4. e a mudança para produtos de altos rendimentos, com juros estruturalmente baixos.

Com isso em vista, o UBS elevou a estimativa de crescimento de AUC da XP para aproximadamente entre 7 e 15.O banco agora espera também uma taxa de crescimento anual de AUC de 38% de 2020 a 2024. A projeção para rendimento da receita de varejo foi elevada de 1% para 1,17% em 2020 e de 0,99% para 1,10% em 2021, disse o UBS.

O UBS não enxerga que as aquisições recentemente anunciadas pela XP devam trazer grandes receitas ou impacto no custo dessas duas aquisições no curto prazo.

No entanto, disse que as operações são bem vindas e que, com elas, a "XP reforça seu compromisso com a inovação, melhor experiência do cliente, educação e expansão de produtos".

Compartilhe

Engordando os proventos

Caixa Seguridade (CXSE3) pode pagar mais R$ 230 milhões em dividendos após venda de subsidiárias, diz BofA

14 de setembro de 2022 - 13:22

Analistas acreditam que recursos advindos do desinvestimento serão destinados aos acionistas; companhia tem pelo menos mais duas vendas de participações à vista

OPA a preço atrativo

Gradiente (IGBR3) chega a disparar 47%, mas os acionistas têm um dilema: fechar o capital ou crer na vitória contra a Apple?

12 de setembro de 2022 - 13:09

O controlador da IGB/Gradiente (IGBR3) quer fazer uma OPA para fechar o capital da empresa. Entenda o que está em jogo na operação

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Exclusivo Seu Dinheiro

Magalu (MGLU3) cotação: ação está no fundo do poço ou ainda é possível cair mais? 5 pontos definem o futuro da ação

10 de setembro de 2022 - 10:00

Papel já alcançou máxima de R$ 27 há cerca de dois anos, mas hoje é negociado perto dos R$ 4. Hoje, existem apenas 5 fatores que você deve olhar para ver se a ação está em ponto de compra ou venda

NOVO ACIONISTA

Com olhos no mercado de saúde animal, Mitsui paga R$ 344 milhões por fatias do BNDES e Opportunity na Ourofino (OFSA3)

9 de setembro de 2022 - 11:01

Após a conclusão, participação da companhia japonesa na Ourofino (OFSA3) será de 29,4%

Estreia na bolsa

Quer ter um Porsche novinho? Pois então aperte os cintos: a Volkswagen quer fazer o IPO da montadora de carros esportivos

6 de setembro de 2022 - 11:38

Abertura de capital da Porsche deve acontecer entre o fim de setembro e início de outubro; alguns investidores já demonstraram interesse no ativo

Bateu o mercado

BTG Pactual tem a melhor carteira recomendada de ações em agosto e foi a única entre as grandes corretoras a bater o Ibovespa no mês

5 de setembro de 2022 - 15:00

Indicações da corretora do banco tiveram alta de 7,20%, superando o avanço de 6,16% do Ibovespa; todas as demais carteiras do ranking tiveram retorno positivo, porém abaixo do índice

PEQUENAS NOTÁVEIS

Small caps: 3R (RRRP), Locaweb (LWSA3), Vamos (VAMO3) e Burger King (BKBR3) — as opções de investimento do BTG para setembro

1 de setembro de 2022 - 13:50

Banco fez três alterações em sua carteira de small caps em relação ao portfólio de agosto; veja quais são as 10 escolhidas para o mês

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Passando o chapéu: IRB (IRBR3) acerta a venda da própria sede em meio a medidas para se reenquadrar

30 de agosto de 2022 - 11:14

Às vésperas de conhecer o resultado de uma oferta primária por meio da qual pretende levantar R$ 1,2 bilhão, IRB se desfaz de prédio histórico

Exclusivo Seu Dinheiro

Chega de ‘só Petrobras’ (PETR4): fim do monopólio do gás natural beneficia ação que pode subir mais de 50% com a compra de ativos da estatal

30 de agosto de 2022 - 9:00

Conheça a ação que, segundo analista e colunista do Seu Dinheiro, representa uma empresa com histórico de eficiência e futuro promissor; foram 1200% de alta na bolsa em quase 20 anos – e tudo indica que esse é só o começo de um futuro triunfal

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar