🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Estadão Conteúdo
diante da crise

Tramontina, Randon e Marcopolo começam a retomar produção no RS

Segundo o Simecs, que conta com mais de 3,3 mil indústrias em 17 municípios da serra gaúcha, quase todos os associados voltaram a produzir desde a semana passada

Estadão Conteúdo
14 de abril de 2020
8:07 - atualizado às 8:09
Ônibus com carroceria Marcopolo (POMO4)
Ônibus com carroceria Marcopolo - Imagem: Shutterstock

Com mudanças na produção e no transporte de funcionários, parte da indústria gaúcha retomou as atividades, em plena escalada da epidemia de coronavírus. Apesar de a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs) não ter até o início da noite desta segunda-feira, 13, um balanço sobre o funcionamento das fábricas, segundo o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul (Simecs), que conta com mais de 3,3 mil indústrias em 17 municípios da serra gaúcha, quase todos os associados voltaram a produzir desde a semana passada. Outros sindicatos patronais, como o têxtil, haviam aderido à mesma iniciativa.

Nesta segunda, a retomada parcial da produção de multinacionais, como Marcopolo, Randon e Tramontina, deu escala maior ao movimento de reabertura de fábricas. Na Tramontina, 5,8 mil dos 8,5 mil funcionários da companhia voltaram hoje a trabalhar nas unidades de Carlos Barbosa, Garibaldi e Farroupilha. Eles estavam parados desde 23 de março, afirmou a empresa. Segundo o Simecs, apenas os funcionários do grupo de risco ampliado - que incluem mães com filhos sem aulas e os que convivem com idosos, além dos mais suscetíveis à doença - não trabalham. Já a fabricante de carrocerias Marcopolo e a de peças automotivas Randon, cujas principais fábricas ficam em Caxias do Sul e estavam em férias coletivas também desde o dia 23 de março, retomaram as atividades com 25% do pessoal, obedecendo o decreto municipal que limitou o número de funcionários nas unidades.

Em outras unidades da Randon, a retomada acontece conforme conclusão das férias ou autorizações dos municípios. Em Joinville, por exemplo, as operações foram retomadas na semana passada, mas não em sua totalidade. A Randon Araraquara retornará com 100% da capacidade, em 21 de abril, após férias coletivas. Já a Randon Triel, em Erechim, retoma suas operações em 100% a partir de hoje. A Marcopolo não retornará a produção no Rio de Janeiro, mais atingido pela pandemia.

Ranking

O Rio Grande do Sul é o 14.º Estado com maior incidência de coronavírus do País. Segundo o boletim do dia 12 de abril da secretaria municipal de Saúde de Caxias, principal cidade da região, foram registrados 34 casos confirmados e outros 20 casos suspeitos, aguardando laudo. Houve duas mortes. A cidade tem pouco mais de 500 mil habitantes. "Nossa principal preocupação é com a saúde pública e estamos trabalhando de perto com as secretarias de saúde das prefeituras", diz Daiane Catuzzo, diretora executiva do Simecs. "Se houver agravamento da situação, podemos voltar atrás (na retomada da produção)."

Marcopolo e Randon, que tiveram unidades fechadas - e reabertas - na China, usaram parte da experiência no Brasil. Entre as mudanças trazidas, por exemplo, foi reforçada a limpeza de vestiários, restaurantes e banheiros e áreas comuns. Além de verificar a temperatura dos trabalhadores na entrada das fábricas, elas ampliaram a estrutura dos atendimentos ambulatoriais.

Nos postos de trabalho também aumentou a distância entre os funcionários, com a demarcação dos lugares. O número de ônibus que os levam às fábricas também é maior e as viagens são feitas com metade da ocupação. Eles também estão sendo higienizados entre os percursos e os trabalhadores usando máscaras todo o tempo.

No caso da Marcopolo, os funcionários convocados ao trabalho "foram selecionados de acordo com as necessidades para atender o planejamento de produção definido para este período", informou a empresa, em nota. Colaboradores considerados em grupo de risco, os que precisam cuidar de filhos cujas escolas estão fechadas ou responsáveis por idosos continuaram afastados.

Em comunicado, a Randon afirmou que, neste momento, "também é preciso contribuir com ações que possam minimizar os impactos na economia local e global". Para a empresa, a retomada de sua produção é fundamental, pelo fato de "o transporte de cargas ser um serviço essencial, principalmente para o abastecimento de comida, de medicamentos e de outros insumos primordiais". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Compartilhe

SEM CONFIDENCIALIDADE

Fim do sigilo: Light (LIGT3) revela os segredos da negociação com credores

21 de fevereiro de 2024 - 20:16

A empresa de energia abriu nesta quinta-feira (21) os detalhes das propostas que estiveram sobre a mesa desde novembro do ano passado; confira os principais pontos

SEM EXCESSO

XP (XPBR31) vai enxugar US$ 9 bilhões do capital e apenas um acionista será restituído

21 de fevereiro de 2024 - 19:12

A operação foi aprovada nesta quarta-feira (21) em assembleia; confira os detalhes e o que levou a corretora a optar por essa redução

SINAL VERDE

Acionistas da Hypera (HYPE3) aprovam aumento de capital de R$ 4,5 bilhões; veja como será feita a operação

21 de fevereiro de 2024 - 19:06

A operação será realizada sem a emissão de novas ações e por meio da capitalização de uma parte da reserva de incentivos fiscais da companhia

EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL

Fim do calvário? Oi (OIBR3) dispara 124% em fevereiro e mira R$ 1 bilhão em valor de mercado. Veja o que está por trás da alta das ações

21 de fevereiro de 2024 - 15:06

A operadora atingiu um valor de mercado de R$ 941,78 milhões — o nível mais alto desde que a empresa entrou com o novo pedido de reestruturação de dívidas

AÇO FORTE

Por que as ações da Gerdau (GGBR4) sobem na B3 apesar do lucro menor 4T23?

21 de fevereiro de 2024 - 14:47

Resultados da Gerdau (GGBR4) tiveram impactos da importação de aço na China e crise inflacionária na Argentina, mas vieram dentro do esperado

AQUECIMENTO

A campeã voltou? Weg (WEGE3) supera as projeções no 4T23 e ações lideram o Ibovespa

21 de fevereiro de 2024 - 13:10

Lucro de R$ 1,75 bilhão da Weg (WEGE3) fica 30% acima do esperado pelo mercado, com melhora em praticamente todas as divisões

CONFIRA OS NÚMEROS

Iguatemi (IGTI11) divulga balanço sólido e ações têm desconto ante uma rival na bolsa, apontam analistas; é hora de comprar?

21 de fevereiro de 2024 - 12:34

A companhia divulgou ontem os números do quarto trimestre e também um guidance dos resultados projetados para 2024

DANÇA DAS CADEIRAS

De saída: CEO da Taesa (TAEE11) renuncia ao cargo após três anos no controle da elétrica; veja quem vai assumir a posição

21 de fevereiro de 2024 - 12:13

Desde 2020 na posição, o atual CEO da empresa de energia, André Augusto Telles Moreira, apresentou hoje a renúncia

DEVO, NÃO NEGO...

Unigel entra com plano de recuperação extrajudicial para reestruturar R$ 3,9 bilhões em dívidas

21 de fevereiro de 2024 - 8:40

Indústria química obteve a adesão de pouco mais de um terço dos credores e agora tem 90 dias para aprovar plano de recuperação extrajudicial; veja a proposta

NÃO VAMOS DOBRAR A META?

Por que a Vamos (VAMO3) abandonou de vez o plano de atingir uma frota com 100 mil ativos até 2025

20 de fevereiro de 2024 - 19:50

A meta havia se tornado pública em entrevista concedida pelo CEO da empresa, Gustavo Couto, em meados do ano passado

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies