Menu
2020-03-06T12:33:16-03:00
Estadão Conteúdo

Secretário diz que ideia é fazer novo leilão do aeroporto de Natal em 2021

Espaço terá a concessão devolvida pela Inframerica; empresa anunciou que apresentou à Anac o processo de devolução do terminal, que opera desde 2014

6 de março de 2020
12:24 - atualizado às 12:33
Turbina de avião
Imagem: shutterstock

O governo federal espera fazer em meados de 2021 o novo leilão do Aeroporto de Natal, que terá a concessão devolvida pela Inframerica, afirmou ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) o secretário nacional de Aviação Civil, Ronei Saggioro Glanzmann. A empresa anunciou na quinta-feira, 5, que apresentou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) o processo de devolução do terminal, que opera desde 2014.

O aeroporto foi o primeiro do Brasil a ser transferido para a iniciativa privada, o que ocorreu em 2011, e o primeiro aeroporto federal a ser construído do zero pelo setor privado.

Pelo contrato, a Inframerica teria de operar o terminal até 2039.

Glanzmann também afirmou que a secretaria já vinha acompanhando o caso de perto, e que a ideia agora é caminhar rapidamente com o processo de relicitação, modernizando a modelagem de acordo com as inovações regulatórias das últimas rodadas de concessão.

Neste ano, o governo realiza a 6ª rodada de concessões aeroportuárias, com 22 ativos, e mais uma última rodada até 2022. "A ideia é caminhar rápido com o processo, modernizar toda a modelagem com as inovações regulatórias das últimas rodadas e fazer o novo leilão em meados de 2021", disse.

Outro aeroporto que passa pelo processo de devolução, o de Viracopos, também tem previsão de ser leiloado novamente no próximo ano.

O secretário ainda afirmou que, por ser da primeira rodada de concessões, a modelagem atual do Aeroporto de Natal é defasada. "Foi a nossa primeira rodada. A modelagem é ruim, defasada. Temos muita coisa para melhorar. Com nova modelagem o ativo é bom. Vai dar um leilão bem competitivo. Muita gente boa vai querer participar", pontuou.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

sob pressão

Inflação e redução do auxílio emergencial já derrubam vendas nos supermercados

Em outubro, a prévia da inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor-15 (IPCA-15) atingiu 0,94%. O resultado é mais que o dobro da inflação registrada em setembro e a maior alta para o mês em 25 anos

efeito pandemia

Setor público tem déficit primário de R$ 64,559 bi em setembro, diz BC

Em função da pandemia, cujos efeitos econômicos se intensificaram em março, o governo federal e os governos regionais passaram a enfrentar um cenário de forte retração das receitas e aumento dos gastos públicos.

AINDA RUIM

Taxa de desemprego atinge 14,4% no trimestre até agosto, a maior desde 2012

País registrou 13,794 milhões de desempregados no período, aumento de 8,5%

VAREJO COMPETITIVO

Fast Shop aposta em conceito ‘luxo’ contra gigantes

Segundo presidente da empresa, expansão em 2020 deve ser de 15% a 20%, elevando a receita do negócio para próximo (ou além) de R$ 5 bilhões

Exile on Wall Street

Tempos modernos, vícios antigos

A indústria ainda tem muito a evoluir no sentido de democratizar produtos eficientes e boas práticas que permitam ao investidor comum internacionalizar sua carteira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies