Menu
2020-09-28T08:07:14-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
PRIVATIZANDO

Sabesp mira concessão de água e esgoto em Alagoas

Leilão de serviços em Maceió está sendo estruturado pelo BNDES e vencerá quem oferecer maior valor ao governo estadual

28 de setembro de 2020
8:07
Sabesp
Imagem: Shutterstock

Conhecida como a operadora das concessões de água e esgoto de São Paulo, a Sabesp planeja expandir sua área de atuação para fora do Estado. Para isso, ela anunciou que vai participar do leilão dos serviços de saneamento da região metropolitana de Maceió.

A empresa informou ao mercado na noite de sexta-feira (25) que entregou ao Estado de Alagoas proposta para participar da concorrência. O leilão acontecerá nesta quarta-feira (30), na B3. A operação está sendo estruturada pelo BNDES e sairá vencedor aquele que oferecer a maior outorga, cujo valor mínimo foi estabelecido em R$ 15,1 milhões.

A Sabesp vai participar do certame em conjunto com a Iguá Saneamento, empresa da gestora IG4 e que tem participação majoritária no consórcio.

A região metropolitana de Maceió tem cerca de 1,5 milhão de habitantes, de um total de 3,3 milhões em Alagoas. A concessão prevê um total de R$ 2,6 bilhões de investimentos. O vencedor terá de universalizar o abastecimento de água em seis ano e levar rede de esgoto a 90% da população até o 16º ano do contrato, quer terá duração de 35 anos.

Segundo informações do jornal Valor Econômico, a concessão já recebeu sete propostas. Além de Sabesp e Iguá, devem participar do leilão os operadores de saneamento privados Aegea, BRK Ambiental e Águas do Brasil.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

EM SITUAÇÃO DELICADA

FMI vê País com a pior dívida entre emergentes

Situação fiscal ruim do Brasil só é superada por países menores, como Angola, Líbia e Omã

ESQUENTA DOS MERCADOS

Coronavírus assusta, mas balanços corporativos tentam injetar otimismo nos mercados

O aumento do número de casos do coronavírus e a novela do pacote de estímulos fiscais americanos continuam como os principais fatores de cautela no radar dos investidores

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Lá e de volta outra vez: o maior IPO da história e a pandemia em semana de decisão monetária

Hegel costumava afirmar que a história sempre se repete (como disse, se reordena e retrocede sobre si). Ora, não é que nos deparamos com essas duas ideias nessa última semana de outubro?

Balanços

Santander tem recuperação em “V” e lucro sobe para R$ 3,9 bilhões no trimestre

A unidade local do banco espanhol supera expectativas de longe com lucro líquido de R$ 3,902 bilhões, alta de 5,3% em relação ao terceiro trimestre de 2019

REPARAÇÃO

Eletrobras adere a acordo de leniência da Camargo Corrêa e receberá R$ 117 milhões

Empreiteira assinou acordo de leniência em 2019, confessando ilícitos praticados contra diversas estatais e o governo federal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies