Menu
2020-08-06T20:49:48-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
ofertas de ações

Rede de farmácias D1000 e varejista Quero-Quero movimentam R$ 2,4 bilhões em IPOs na B3

A rede D1000 captou R$ 460,1 milhões, enquanto a Quero-Quero movimentou R$ 1,95 bilhão

6 de agosto de 2020
20:49
Sede da B3, no centro de São Paulo
Sede da B3, no centro de São Paulo - Imagem: shutterstock

A rede de farmácias D1000 e a varejista Lojas Quero-Quero movimentaram um volume de R$ 2,4 bilhões em ofertas públicas iniciais (IPOs, na sigla em inglês) nesta quinta-feira (6).

A ação da D1000 saiu no piso da faixa indicativa da oferta primária, que ia de R$ 17 a R$ 20,32. Foram ofertadas 27 milhões de ações na operação, e a companhia levantou R$ 460,1 milhões. Dos recursos, 20% irão para capital de giro, 30% para abertura de novas unidades e 50% para amortização de dívidas.

No prospecto da oferta, a empresa afirma que possui uma plataforma diversificada e área de atuação abrangente, o que favorece o atendimento de variadas classes sociais.

A rede de Drogarias Tamoio tem foco em atendimento ao público popular, incluindo classes B e C, dado o mix maior de medicamentos genéricos, higiene e beleza. Enquanto isso, a Farmalife é direcionada aos consumidores com maior poder aquisitivo, abrangendo as classes A+ e A, disse a D1000.

A D1000 teve Ebitda de R$ 84,5 milhões em 2019. No 1º trimestre, marcou um Ebitda de R$ 19 milhões.

A Quero-Quero, especializada em materiais de construção, realizou tanto oferta primária quanto secundária, que movimentaram, juntas, R$ 1,95 bilhão.

O preço de cada ação ficou em R$ 12,65 — a faixa indicativa era de R$ 11,30 a R$ 14. Na primária, foram oferecidas 22,1 milhões de ações, e a empresa captou R$ 279,9 milhões com a operação. Dos recursos, 64% vão para o capital de giro, 16% para a abertura de novas unidades e 20 para complementação e/ou reforço de caixa. Na secundária (realizada quando um sócio vende papéis companhia), foram oferecidas 131,3 milhões de ações.

A empresa teve receita líquida de R$ 1,3 bilhão em 2019. Nos primeiros três meses do ano, essa receita alcançou R$ 314,7 milhões.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Triste marca

Brasil registra mais de 500 mil mortos por covid-19

Em 24 horas foram 2.301 óbitos e 82.288 novos casos. Em nota, Conass ressalta que o Brasil tem 2,7% da população mundial, e é responsável por 12,8% das mortes

Here comes the sun

Energia solar ruma para liderança no País até 2050

O sol será responsável por 32% da geração, ao mesmo tempo em que a participação das hidrelétricas deve cair para cerca de 30%

ESTRADA DO FUTURO

Os três setores mais lucrativos em tecnologia, e por que você deve investir neles

Integração entre softwares e Inteligência Artificial são dois dos segmentos que devem fazer parte de qualquer portfólio de investimentos vencedor

Ano de eleição

Promessas de Bolsonaro estouram “folga” do Orçamento em 2022

A ampliação do Bolsa Família e um eventual aumento de 5% nos salários do funcionalismo público já superam o espaço adicional de R$ 25 bilhões para o próximo ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies