Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-05-04T13:15:06-03:00
Estadão Conteúdo
de olho nos números

Petrobras bate recorde de exportação de petróleo em abril

Empresa não informou o valor das exportações, mas disse que “contribui para o reforço de caixa da companhia”

4 de maio de 2020
13:14 - atualizado às 13:15
Plataforma P-77 da Petrobras, no campo de Búzios
Plataforma P-77 da Petrobras, no campo de Búzios - Imagem: Petrobras

A Petrobras informou nesta segunda-feira, 4, que bateu recorde de exportação de petróleo em abril, com a marca de 30,4 milhões de barris, uma média de 1 milhão de barris diários, em meio à pior crise já atravessada pelo setor por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19), que afetou drasticamente a demanda global pela commodity.

A empresa não informou o valor das exportações, mas disse que "contribui para o reforço de caixa da companhia".

"O volume exportado em abril é 145% superior ao comercializado internacionalmente em abril de 2019. O recorde anterior era de 771 mil barris por dia, alcançado em dezembro de 2019", informou a estatal em nota no período da manhã desta segunda-feira.

O principal destino das vendas externas foi a China, que ficou com 60% do total vendido. Além do gigante asiático, a Petrobras usualmente comercializa petróleo para os mercados americano, europeu, indiano e outros destinos na Ásia.

"Estamos direcionando nossos esforços para exportação de petróleo e derivados por meio de uma série de ações logísticas, que possibilitam a expansão da nossa capacidade. Esperamos continuar com uma boa performance das nossas exportações, em função da retomada da demanda da China, em conjunto com ações para desenvolver novos mercados para nossos produtos", afirmou na nota a diretora de Refino e Gás da Petrobras, Anelise Lara.

A estatal explicou que o esforço de venda externa se deve à contração do mercado interno e em meio ao "período desafiador da economia mundial, com grande redução da demanda global por petróleo e derivados, ocasionada pelo surto do novo coronavírus (Covid-19)."

Com a queda da demanda interna, com redução pela metade das vendas de gasolina, e de cerca de 20% do óleo diesel, a Petrobras se viu obrigada a diminuir a capacidade de utilização das suas refinarias, que chegou a cair pela metade, mas hoje gira em torno dos 62%, segundo boletim do Ministério de Minas e Energia.

"Estamos atentos aos movimentos internacionais e acessando todos os mercados. Nosso petróleo, de baixo teor de enxofre, mantém sua valorização no mercado internacional em função das especificações do IMO 2020", disse Lara.

Segundo a Petrobras, o crescimento nas exportações acompanha tendência observada no primeiro trimestre de 2020, quando as vendas ao exterior tiveram aumento de 25% em relação ao trimestre anterior (4º trimestre de 2019).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Erros no mercado

Número de pedidos de indenização após perdas na Bolsa salta 810% no primeiro semestre

O Mecanismo de Ressarcimento de Prejuízos assegura aos investidores o ressarcimento de até R$ 120 mil por prejuízos causados por erros ou omissões de participantes do mercado

Lua de mel amarga

C6 quer ‘divórcio’ da TIM, mas operadora briga contra a separação

Um ano após firmarem parceria para captação de clientes em troca de ações, a fintech ouviu um ‘não’ para seu pedido de rescisão de contrato

Crise hídrica

Ministro de Minas e Energia descarta racionamento e diz trabalhar para evitar apagão

Com níveis alarmantes nas usinas hidrelétricas, até mesmo a volta do horário de verão é considerada por alguns membros do governo e indústria

Negócio da China?

SEC confirma pausa em IPOs de empresas chinesas; agência reguladora dos EUA fará novas orientações sobre riscos

Em meio à ofensiva regulatória de Pequim, a SEC busca novas orientações ao mercado sobre os riscos envolvidos em comprar ações de companhias do país asiático

Passo à frente

Rumo ao “outro patamar”: EQI, que trocou a XP pelo BTG, recebe autorização para abrir corretora

Depois de ser pivô de disputa entre os bancos, escritório de agentes autônomos dá um passo decisivo para ter “vida própria” no mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies