Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-09-23T09:56:06-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
SINISTRO

IRB registra prejuízo líquido de R$ 62,4 milhões em julho

Excluindo os efeitos de negócios descontinuados, o ressegurador apresentou lucro de R$ 36 milhões

23 de setembro de 2020
9:56
Logo do IRB

O ressegurador IRB Brasil informou nesta quarta-feira (23) que fechou julho com um prejuízo líquido reportado de R$ 62,4 milhões. Excluindo os efeitos de negócios descontinuados, a empresa apresentou lucro de R$ 36 milhões.

Os prêmios emitidos, que representam seu faturamento bruto, atingiram R$ 1,5 bilhão, um crescimento de 100,8% em relação ao mesmo período de 2019. A empresa informou que a alta foi provocada renovação, com crescimento de coberturas, de um contrato no segmento de petróleo emitido no mês.

Já os prêmios ganhos, o faturamento de competência, totalizaram R$ 657,6 milhões em julho. O ressegurador não divulgou a comparação com o desempenho em julho de 2019.

Ainda de acordo com o comunicado divulgado pelo IRB Brasil, o resultado de underwriting, da análise do risco dos contratos, foi negativo em R$ 137,6 milhões. A companhia atribuiu o resultado ao volume elevado de negócios descontinuados, que somaram R$ 160,8 milhões. Já o índice de sinistralidade total foi de 97,1% em julho. Excluindo os sinistros de negócios não continuados, o índice alcançou 73,2%.

O IRB Brasil passou recentemente por uma reestruturação interna, que inclui a revisão do portfólio de contratos. O processo foi desencadeado pela identificação de irregularidades cometidas por ex-diretores, como alteração dos resultados financeiros. A empresa chegou a ser acusada de disseminar “fake news” sobre a compra de ações pelo investidor bilionário Warren Buffett.

No segundo trimestre, a empresa teve prejuízo de R$ 685,1 milhões, revertendo o lucro registrado no mesmo período do ano passado.

O ressegurador destacou que os números de julho são prévios e não passaram por auditoria. Eles constam no relatório periódico mensal enviado à Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Ruído político

Congresso não participou de debate sobre aumento no IOF, revela presidente da Câmara

Arthur Lira também declarou que quer avançar com a reforma administrativa e uma solução para a questão dos precatórios ainda nesta semana

Na onda do minério

Mercado Livre (MELI34) ultrapassa Vale (VALE3) e se torna a empresa mais valiosa da América Latina

A gigante de comércio eletrônico argentina conquistou o posto após a mineradora brasileira perder R$ 43,6 bilhões em valor de mercado na última semana

Vídeos

Investir em IPOs vale a pena? Saiba as causas dessa febre do mercado

O ano de 2021 está mostrando a força do setor dos IPOs. São diversas empresas que abriram seu capital e fizeram sua oferta primária. Matheus Spiess, analista da Empiricus, explica neste vídeo sobre este cenário. Confira

desaceleração a caminho

Renda fixa: Por que a Evergrande derruba o Ibovespa, mas alivia o mercado de juros

Desempenho é oposto ao que se poderia esperar quando há pânico no mercado, diz especialista; contratos DIs para janeiro de 2022 caem de 7,09% para 7,08%

Analistas respondem

Marcopolo (POMO4) perdeu metade do valor desde o início da pandemia, mas está pronta para a retomada. Hora de comprar a ação?

A queda das ações trouxe uma oportunidade para que os investidores comprem os papéis, mas analistas ainda alertam para os riscos da retomada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies