Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-07-27T17:24:41-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Disputa pela AES Tietê

Grupo AES fez oferta por fatia do BNDES na AES Tietê, diz jornal

Segundo o jornal Valor Econômico, a AES Corp ofereceu R$ 17,15 por ação, totalizando R$ 1,27 bilhão por 18,5% da participação do BNDES na geradora de energia

27 de julho de 2020
7:38 - atualizado às 17:24
aes tietê

A AES Corp., grupo norte-americano que detém a maior parte das ações com direito a voto da AES Tietê, fez uma oferta por 18,5% da participação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) na AES Tietê. As informações são do jornal Valor Econômico.

Segundo a publicação, a AES Corp ofereceu R$ 17,15 por ação, totalizando R$ 1,27 bilhão ao BNDES. A empresa americana também se comprometeu a migrar a AES Tietê do Nível 2 da B3 para o Novo Mercado. O banco estatal ainda ficaria com uma participação de 9,91%.

Na quinta-feira (24), a Eneva, que desde fevereiro tem se mostrado interessada na aquisição da AES Tietê, também fez uma proposta pela parte do BNDES, mas a oferta - que prevê um acordo de troca de ações e uma parte em dinheiro -, parece não ter agradado tanto o BNDES. Mesmo com o valor por ação saindo em cerca de R$ 18,88, somente R$ 200 milhões iriam de fato para o caixa do BNDES.

Caso o negócio seja fechado com a Eneva, uma batalha societária deve se suceder. O grupo norte-americano AES, que detém 24,35% do capital total e que controla a Tietê por deter 61,6% das suas ações ON, que dão direito a voto, já declarou que não tem interesse na fusão proposta pela Eneva.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa,

DOBRANDO A ESQUINA

Lucro das empresas com ações na bolsa deve cair 6,3% em 2022, diz BTG Pactual

Mesmo assim ainda é possível encontrar setores em que o cenário é positivo; saiba quem é quem

Bateu o martelo

IPO do Nubank sai no topo da faixa indicativa, a US$ 9; banco ultrapassa Itaú (ITUB4) e é a instituição financeira mais valiosa da América Latina

Com isso, os BDRs, que serão negociados por aqui a partir da próxima quinta-feira (09), saem valendo R$ 8,38

Juros nas alturas

Selic decola a 9,25%, maior patamar em quatro anos; BC assume tom duro e indica nova alta de 1,5 ponto em fevereiro

Com a nova alta de 1,5 ponto concretizada hoje, a Selic saiu do patamar de 2% em janeiro e fecha o ano em 9,25%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies