🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
DINHEIRO NO BOLSO

BB Investimentos muda carteira de dividendos após resultados do 3º trimestre

Analistas avaliam que retomada da economia fomenta a expectativa de melhores resultados, resultando no maior pagamento de proventos

Imagem mostra moedas caindo de torneira, ou seja, dividendos
Imagem: Shutterstock

O BB Investimentos realizou quatro mudanças em sua Carteira de Dividendos Proativa, levando em conta os resultados obtidos no terceiro trimestre, as perspectivas de retomada da economia e oportunidades de mercado.

Segundo os analistas Hamilton Moreira Alves e José Roberto dos Anjos, também foi levado em consideração o momento técnico, o caixa acumulado, o histórico como pagador de proventos e a propensão futura de auferir e distribuir maiores lucros.

Com base nestes critérios, eles incluíram as seguintes ações na carteira:

  • Copel PNB (CPLE6);
  • Mahle Metal Leve ON (LEVE3);
  • Tupy ON (TUPY3) e;
  • Vale ON (VALE3)

Para o lugar delas, foram retiradas as seguintes ações:

  • Copel ON (CPLE3);
  • Engie Brasil ON (EGIE3);
  • Enauta ON (ENAT3) e;
  • AES Tietê Unit (TIET11).

Com estas mudanças, a Carteira de Dividendos Proativa do BB Investimentos passou a ser composta pelos seguintes papéis (cada um tem uma participação de 10% no portfólio):

  • Copel PNB (CPLE6);
  • Copasa ON (CSMG3);
  • Itaúsa PN (ITSA4);
  • Mahle Metal Leve ON (LEVE3);
  • Sanepar Unit (SAPR11);
  • Taesa Unit (TAEE11);
  • ISA Cteep PN (TRPL4);
  • Tupy ON (TUPY3);
  • Vale ON (VALE3) e;
  • Telefônica Brasil PN (VIVT4).

Perspectivas econômicas

Para os analistas do BB Investimentos, a expectativa é de crescimento da economia e aumento do consumo no médio prazo. A inflação deve permanecer sob controle e a taxa básica de juros (Selic) em patamares historicamente baixos “por período prolongado”.

“A percepção de melhoria econômica para 2021 fomenta a expectativa de melhores resultados para as companhias que, por sua vez, poderão distribuir mais proventos (dividendos e juros sobre capital próprio)”, diz trecho do relatório.

IDIV

O cenário também será favorável para o desempenho do índice de boas pagadoras de dividendos da B3, o IDIV, de acordo com o BB Investimentos.

Os analistas destacaram que ele mostrou boa recuperação em junho, depois do tombo provocado pela crise de covid-19. No segundo semestre, ele ensaiou continuidade de ganhos, mas foi perdendo forças e voltou em outubro praticamente ao patamar do final de junho.

“Entretanto, com as divulgações de promissores resultados de empresas do terceiro trimestre, avançou com incremento de volume”, diz trecho do relatório.

O IDIV já superou a marca de 6 mil pontos e chegou a testar a resistência dos 6,2 mil pontos. Diante da perspectiva de melhora econômica no ano que vem, os analistas do BB Investimentos acreditam que o índice poderá buscar logo o nível a partir do qual foi precificado mais incisivamente o efeito da pandemia, na casa de 6,6 mil pontos.

Compartilhe

Engordando os proventos

Caixa Seguridade (CXSE3) pode pagar mais R$ 230 milhões em dividendos após venda de subsidiárias, diz BofA

14 de setembro de 2022 - 13:22

Analistas acreditam que recursos advindos do desinvestimento serão destinados aos acionistas; companhia tem pelo menos mais duas vendas de participações à vista

OPA a preço atrativo

Gradiente (IGBR3) chega a disparar 47%, mas os acionistas têm um dilema: fechar o capital ou crer na vitória contra a Apple?

12 de setembro de 2022 - 13:09

O controlador da IGB/Gradiente (IGBR3) quer fazer uma OPA para fechar o capital da empresa. Entenda o que está em jogo na operação

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Exclusivo Seu Dinheiro

Magalu (MGLU3) cotação: ação está no fundo do poço ou ainda é possível cair mais? 5 pontos definem o futuro da ação

10 de setembro de 2022 - 10:00

Papel já alcançou máxima de R$ 27 há cerca de dois anos, mas hoje é negociado perto dos R$ 4. Hoje, existem apenas 5 fatores que você deve olhar para ver se a ação está em ponto de compra ou venda

NOVO ACIONISTA

Com olhos no mercado de saúde animal, Mitsui paga R$ 344 milhões por fatias do BNDES e Opportunity na Ourofino (OFSA3)

9 de setembro de 2022 - 11:01

Após a conclusão, participação da companhia japonesa na Ourofino (OFSA3) será de 29,4%

Estreia na bolsa

Quer ter um Porsche novinho? Pois então aperte os cintos: a Volkswagen quer fazer o IPO da montadora de carros esportivos

6 de setembro de 2022 - 11:38

Abertura de capital da Porsche deve acontecer entre o fim de setembro e início de outubro; alguns investidores já demonstraram interesse no ativo

Bateu o mercado

BTG Pactual tem a melhor carteira recomendada de ações em agosto e foi a única entre as grandes corretoras a bater o Ibovespa no mês

5 de setembro de 2022 - 15:00

Indicações da corretora do banco tiveram alta de 7,20%, superando o avanço de 6,16% do Ibovespa; todas as demais carteiras do ranking tiveram retorno positivo, porém abaixo do índice

PEQUENAS NOTÁVEIS

Small caps: 3R (RRRP), Locaweb (LWSA3), Vamos (VAMO3) e Burger King (BKBR3) — as opções de investimento do BTG para setembro

1 de setembro de 2022 - 13:50

Banco fez três alterações em sua carteira de small caps em relação ao portfólio de agosto; veja quais são as 10 escolhidas para o mês

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Passando o chapéu: IRB (IRBR3) acerta a venda da própria sede em meio a medidas para se reenquadrar

30 de agosto de 2022 - 11:14

Às vésperas de conhecer o resultado de uma oferta primária por meio da qual pretende levantar R$ 1,2 bilhão, IRB se desfaz de prédio histórico

Exclusivo Seu Dinheiro

Chega de ‘só Petrobras’ (PETR4): fim do monopólio do gás natural beneficia ação que pode subir mais de 50% com a compra de ativos da estatal

30 de agosto de 2022 - 9:00

Conheça a ação que, segundo analista e colunista do Seu Dinheiro, representa uma empresa com histórico de eficiência e futuro promissor; foram 1200% de alta na bolsa em quase 20 anos – e tudo indica que esse é só o começo de um futuro triunfal

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies