Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-07-23T21:15:28-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
novela ganha novo capítulo

Eneva confirma proposta ao BNDES e nova oferta para incorporar AES Tietê

Caso o BNDES aceite a proposta, a Eneva submeterá à administração da AES Tietê uma oferta de incorporação envolvendo as duas companhias

23 de julho de 2020
21:10 - atualizado às 21:15
AES Tietê
Imagem: Divulgação

A Eneva informou na noite desta quinta-feira (23) que fará proposta ao BNDESPar, braço de investimentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por fatia detida na AES Tietê.

A mesma oferta encaminhada ao BNDES será estendida aos demais acionistas da AES Tietê, se o banco concordar com as condições da Eneva.

O BNDESPar detém participação de 28,41% do capital social total da AES, sendo 14,42% das ações ordinárias (ON) e 37,51% das ações preferenciais (PN). A oferta divulgada hoje prevê um acordo de troca de ações e uma parte em dinheiro.

Segundo a proposta, a Eneva oferecerá 0,06539522 novas ações ON de emissão da companhia por cada ação ordinária ou PN de emissão da AES Tietê, ou 0,32697609 por unit. O acordo totalizaria 130,5 milhões novas ações ordinárias de emissão da Eneva.

Além disso, a Eneva pagaria mais uma parcela em dinheiro de R$ 727,9 milhões, o equivalente a R$ 0,36 por cada ação ON ou PN ou R$ 1,82 por unit.

A relação de troca proposta atribui prêmio de 10% sobre o valor de mercado das duas companhias na data de hoje, disse a Eneva, no comunicado.

Mais cedo, o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, disse que a Eneva tinha decidido fazer proposta pela participação da BNDESPar na geradora e que ela seria entregue ainda nesta quinta.

Oferta hostil

Em abril, em resposta à proposta da Eneva feita em março, o conselho de administração da AES Tietê rejeitou a oferta dizendo que ela era hostil e que subavaliava a companhia, citando ainda uma incompatibilidade existente entre os negócios das duas empresas.

À época, a Eneva propôs a incorporação usando como moeda suas próprias ações mais R$ 2,7 bilhões em dinheiro. O valor total representava um prêmio de 13,3% sobre as cotações das units da AES Tietê.

O grupo norte-americano AES, que detém 24,35% do capital total, controla a empresa por deter 61,6% das ações ON, que dão direito a voto.

No entanto, como a AES Tietê está listada no nível 2 de governança corporativa da B3, os detentores de ações preferenciais têm direito a voto em temas como uma proposta de incorporação, segundo decisão da própria bolsa.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

seu dinheiro na sua noite

Uma tarde de soluços nos mercados

O preço dos combustíveis, um dos grandes vilões da elevada inflação brasileira, não dá sinais de enfraquecimento. Muito pelo contrário: a passagem do furacão Ida pelo Golfo do México deve seguir impactando a oferta de petróleo por mais alguns meses, o que traz reflexos diretos ao preço da commodity. O Brent fechou em alta pela […]

menos méliuz

Méliuz (CASH3): Truxt reduz participação na companhia

Negociações têm por objetivo investimento e não visam alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da empresa

atenção acionista

Dividendos: Multiplan (MULT3) paga R$ 270 milhões em juros sobre capital próprio

Empresa vai considerar os acionistas inscritos nos registros da companhia no dia 28 de dezembro, dado que as ações de emissão da companhia passaram a ser negociadas “ex juros” a partir de 29 de dezembro

FECHAMENTO DO DIA

Petrobras dá susto, mas commodities garantem o avanço do Ibovespa; dólar sobe a R$ 5,37

A convovação de uma coletiva de última hora assustou os investidores, mas o Ibovespa retomou o ritmo de alta após a estatal confirmar que não irá mexr nos preços.

acesso bloqueado

Vale (VALE3) faz operação para resgatar 39 funcionários presos em mina no Canadá

De acordo com a empresa, na tarde de domingo (26), uma pá escavadeira que estava sendo transportada no acesso à mina subterrânea se desprendeu, bloqueando o shaft e, com isso, impedindo o meio de transporte dos empregados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies