Menu
2020-04-15T19:16:51-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
Avião-problema

Gol fecha com Boeing acordo de compensação e pagamento por modelo 737 Max

No primeiro trimestre de 2019, atividades com a aeronave 737 MAX foram paralisadas por determinação de agências reguladoras do mundo inteiro, após duas quedas de voos operados pelo modelo

15 de abril de 2020
15:27 - atualizado às 19:16
miniatura de Boeing 737 MAX
Miniatura de Boeing 737 MAX em exposição em Moscou em julho de 2017 - Imagem: Shutterstock

A Gol anunciou que alcançou um acordo com a Boeing quanto ao 737 MAX. O entendimento inclui compensação em dinheiro, alterações em pedidos futuros e pagamentos associados, disse a companhia aérea, em comunicado na terça-feira (14).

No primeiro trimestre de 2019, atividades com a aeronave 737 MAX foram paralisadas por determinação de agências reguladoras do mundo inteiro, após duas quedas de voos operados pelo modelo, que vitimaram 346 pessoas.

A decisão resultou na parada de operações de sete aeronaves do modelo que a Gol possuía, além da não entrega de outras 25 aeronaves programada para 2019.

"Isso impactou negativamente as operações da GOL, o seu crescimento e o seu plano de renovação da frota", informou a empresa.

O acordo firmado entre as companhias prevê compensação em dinheiro e o cancelamento de 34 pedidos. Deste modo, ficam reduzidos os pedidos firmes remanescentes da companhia para aeronaves 737 MAX de 129 para 95, aumentando a flexibilidade para atender as necessidades futuras de frota.

Segundo o comunicado, o acordo também dará à Gol compensação e a flexibilidade para colocar em práticas "requisitos dinâmicos da frota para equilibrar oferta e demanda".

Ações preferenciais da Gol (GOLL4) fecharam em alta de 7,24%, a R$ 12,29 nesta quarta.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Por menos desigualdade

Movimento de milionários defende mais impostos para os mais ricos

Movimento Patriotic Millionaires (milionários patriotas) reúne pessoas ricas da América do Norte, da Europa e da Oceania que pedem para serem mais tributadas, na tentativa de diminuir a desigualdade

Ibope e Datafolha

Eleições municipais: quem são os favoritos no 2º turno das principais capitais, segundo as pesquisas

No Rio, Eduardo Paes lidera; favorito em São Paulo é o atual prefeito Bruno Covas. Confira pesquisas também para Recife, Fortaleza, Porto Alegre e Goiânia

APRENDENDO COM O PROFESSOR BESSEMBINDER

O clube dos 900%: o que você pode aprender com os maiores casos de geração de riqueza da Bolsa americana

Empresas quebrando são mais frequentes que empresas dominando o mundo em algumas décadas. Mas poucos acertos podem rechear a sua carteira e garantir sua aposentadoria precoce.

Entrevista

‘Desemprego alto e déficit público nos deixam cautelosos’, diz presidente da Whirlpool

CEO da fabricante das marcas Consul e Brastemp diz estar cauteloso para investir em produção e em relação à sustentabilidade da demanda, por conta de desemprego e da situação fiscal

Mercadores da noite

Bolsa, dólar e juros subindo: qual dos três está mentindo?

Quando a Bolsa, o dólar e as taxas de juros estão subindo ao mesmo tempo, um dos três está mentindo – qual deles será e o que fazer?

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies