Menu
2020-03-30T12:40:41-03:00
Estadão Conteúdo
Horizonte negativo

Fitch revisa perspectiva do setor bancário do Brasil de estável para negativa

Segundo a Fitch, o choque macroeconômico global por causa da doença impõe “desafios de execução para todos os setores no Brasil”

30 de março de 2020
12:40
Bancos - Itaú - Santander - Bradesco - Banco do Brasil
Imagem: Montagem Andrei Morais / Estadão Conteúdo / Shutterstock

A Fitch afirma em comunicado que revisou a perspectiva do setor bancário do Brasil de estável para negativa "devido à piora da pandemia global de coronavírus".

Segundo a agência, o choque macroeconômico global por causa da doença impõe "desafios de execução para todos os setores no Brasil", em um quadro mais complexo e desafiador para as empresas, o setor de varejo e as pessoas físicas. "Este cenário naturalmente muda a dinâmica de crédito para bancos e para todas as instituições financeiras não bancárias no país e deve impactar seus perfis financeiros", aponta.

Após a aprovação da reforma previdenciária, o nível de confiança estava aumentando, embora de modo lento, na opinião da Fitch. Aproveitando a ampla liquidez e os juros em recordes de baixa, grandes empresas estavam levantando dívida por meio dos mercados de capital - "portanto reduzindo sua alavancagem com os bancos", comenta.

Os juros baixos também ajudaram as empresas menores, diz ela.

Mas o novo ambiente de negócios após a pandemia é "desafiador", já que a situação de liquidez no curto prazo da maioria das companhias do País será afetada, alerta a Fitch.

Isso gera dúvidas sobre o futuro da geração de fluxo de caixa e, consequentemente, da evolução do emprego no país, "considerando as dificuldades para prever o tempo para a recuperação da economia".

Com isso, a Fitch revisou a projeção do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro para crescimento de 1,7% (de avanço de 2,2% previsto em dezembro), dizendo que a estimativa pode ser revisada mais vezes, a depender do ritmo da piora econômica.

Em um quadro de incertezas, os bancos podem ser mais conservadores ao precificar seu empréstimos, o que pode também limitar a liquidez do sistema, aponta a agência em sua nota.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

fique de olho

Petrobras reajusta gasolina em 7,6%; aumento vale a partir da terça-feira, dia 19

Esse é o primeiro aumento do ano; empresa tem sido criticada por um grupo de concorrentes, acusada de praticar valores abaixo da paridade internacional

indo às compras

XP vê setor de supermercados melhor que antes da pandemia e escolhe ação favorita

Analistas avaliam que segmento apresenta dinâmica de resultados favorável e papéis baratos em termos históricos

na b3

Bemobi, clube de assinatura de aplicativos, pode levantar R$ 1 bi em IPO

Empresa precifica os papéis no dia 8 de fevereiro; companhia, que faz parte de grupo norueguês, vende assinaturas de apps, soluções de “micro finanças”, entre outros

OUÇA DE GRAÇA

Do zero ao R$ 1 bilhão: como a Empiricus usa tecnologia para vender produtos digitais

Na edição dessa semana do Tela Azul, recebemos o Rodrigo Gianotto head de e-commerce da Empiricus.

Prepare o bolso

ANP: preço médio do etanol sobe em 12 Estados na semana

A cotação do biocombustível caiu em outros 13 Estados e no Distrito Federal, enquanto no Amapá não houve apuração.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies