Menu
2020-05-04T08:19:29-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
vida pós-boeing

Embraer deve receber aporte de US$ 1 bilhão do BNDES, diz jornal

Segundo publicação, ideia é buscar liquidez para passar pela pandemia; empresa teve acordo desfeito com a Boeing

4 de maio de 2020
8:18 - atualizado às 8:19
Embraer
Imagem: Wikpedia

O BNDES deve aportar pelo menos US$ 1 bilhão para comprar ações a serem emitidas pela Embraer, segundo o jornal Valor Econômico. A fabricante de aviões negociava um acordo de associação (joint venture) com a Boeing, mas a americana recuou.

Segundo a publicação, o discurso oficial será o de que a Embraer foi vítima de uma traição da Boeing e precisa se recuperar para ser vendida. O plano não é de que a União volte ao controle da empresa, e sim buscar liquidez para atravessar a crise desencadeada pelo coronavírus.

A Boeing anunciou no último dia 25 a desistência do acordo com a Embraer, afirmando que a companhia "não satisfez as condições necessárias”. O negócio previa o pagamento de US$ 4,2 bilhões por parte da empresa americana.

Para a companhia brasileira, a Boeing rescindiu indevidamente o acordo. A empresa disse que a americana "fabricou falsas alegações como pretexto para tentar evitar seus compromissos de fechar a transação”.

A Boeing teria adotado um “padrão sistemático de atraso e violações repetidas ao MTA, devido à falta de vontade em concluir a transação, sua condição financeira, ao 737 MAX e outros problemas comerciais e de reputação”.

Pouco depois do acordo com a Embraer, a Boeing entrou em uma crise gravíssima em razão dos problemas de seu jato 737 Max. A situação piorou ainda mais recentemente diante da crise do coronavírus, que derrubou a demanda global por transporte aéreo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Auxílio emergencial

Caixa abre mais de 2 mil agências no sábado

Por enquanto, apenas quem recebeu a primeira parcela até 30 de abril e nasceu em janeiro pode sacar o valor

Saldo positivo

Após muita volatilidade, dólar acumula queda de 1,83% em maio; Ibovespa sobe 8,57% no mês

Uma suavização nos fatores de risco domésticos e globais permitiu que o dólar se despressurizasse em maio e levou o Ibovespa de volta aos 87 mil pontos

Presidente da Câmara

Maia rechaça aumento de impostos para suprir queda na receita e defende reformas

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que considera difícil qualquer tipo de aumento na carga tributária para compensar a queda de receita pública por causa da pandemia de covid-19

Para dirigentes de instituições

CMN estende restrição de dividendos até dezembro de 2020

O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu estender até dezembro de 2020 a regra que proíbe o aumento na remuneração de dirigentes de instituições financeiras e a distribuição de dividendos acima do mínimo obrigatório

Campos Neto fala

Para BC, é possível que efeitos do isolamento persistam até metade de 2021

Para Campos Neto, o medo que as pessoas sentem de serem contaminadas fará com que muitos mantenham hábitos adquiridos durante o período de quarentena

Com pandemia

20 mil testes foram realizados em empregados para detectar covid-19, diz Petrobras

Os testes fazem parte das medidas de segurança utilizadas pela empresa para conter o avanço da doença

O Leão está esperando

A contagem regressiva começou e você tem 30 dias até o prazo final

Se você é um dos muitos brasileiros que sempre deixam esta tarefa para os minutos finais, recomendo que mude os seus planos. O Seu Dinheiro pode te ajudar.

Concessão

Em tom de festa e com perguntas de aliados, governo renova Malha Paulista

Com um tom de comemoração, o governo anunciou na quinta-feira, 28, em evento online, a renovação da Malha Paulista com a Rumo

Parcela para prioritários

Receita paga o 1º lote do IR nesta sexta

Nessa primeira parcela, receberão o dinheiro quem se enquadra nas prioridades legais: idosos, pessoas com deficiência física ou intelectual ou moléstia grave

CRÍTICAS AO PRESIDENTE

Doria pede diálogo e afirma que Governo Federal ‘é ausente’

O tucano afirmou que o País passou a ouvir palavras de ódio.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements