Menu
2020-09-21T16:14:58-03:00
Estadão Conteúdo
INDO PARA A BOLSA

CSN autoriza IPO da parte de mineração e atualiza projeções

CSN decidiu pelo IPO da unidade de mineração “à luz das condições favoráveis e perspectivas positivas do mercado de minério de ferro”

21 de setembro de 2020
16:14
Instalações da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) na cidade de Volta Redonda
Imagem: Marcos Arcoverde/Estadão Conteúdo

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) atualizou o plano de negócios da CSN Mineração, sua controlada, e para viabilizar os investimentos na expansão da unidade, autorizou seus diretores a tomarem as medidas necessárias para a realização de uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da subsidiária.

De acordo com atualização do plano de negócios da empresa enviada na manhã desta segunda-feira à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a CSN decidiu pelo IPO da unidade de mineração "à luz das condições favoráveis e perspectivas positivas do mercado de minério de ferro". Além disso, a companhia afirma que a oferta traria recursos necessários para acelerar o crescimento orgânico da mina de Casa de Pedra.

A CSN estima que, com os projetos de expansão que pretende implementar, a capacidade de produção anual de minério de ferro em sua unidade de mineração chegará a 108 milhões de toneladas no ano de 2033. Em 2019, a capacidade estava em 33 milhões de toneladas. O teor de ferro do minério entregue também deve aumentar, dos atuais 62% para 67%.

A expansão nesse espaço de 14 anos se dará pelo desenvolvimento de quatro grandes blocos de projetos, de acordo com a empresa, ao longo dos próximos 10 anos. Eles incluem a expansão da Planta Central, a recuperação de rejeitos de barragens, os projetos de Itabirito e a expansão do TECAR. Ao todo, os quatro projetos demandarão R$ 31,3 bilhões, sendo que R$ 22,7 bilhões serão apenas para Itabirito.

"O potencial IPO da CSN Mineração é mais um passo em direção à estratégia de criação de valor do grupo, através do uso eficiente dos seus ativos para impulsionar o crescimento e a desalavancagem da companhia", afirma a siderúrgica no documento. Não há estimativas de quantos recursos a operação pode captar.

Projeções

A CSN também divulgou suas projeções para o ano de 2020. A estimativa da empresa é atingir aproximadamente R$ 9,75 bilhões de Ebitda ajustado no fechamento do balanço anual de 2020.

A siderúrgica projeta ainda atingir uma relação divida liquida/Ebitda ajustado de aproximadamente 2,99 vezes neste ano. A projeção é menor que a última estimativa feita pela empresa, em julho, de 3,75 vezes. Para o capex, a nova meta da empresa é de cerca de R$ 1,50 bilhão até o final de dezembro.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Direto na conta

Caixa começa a pagar hoje segunda parcela do auxílio emergencial

Nascidos em janeiro receberão nas contas poupança digitais

ESTRADA DO FUTURO

As ações de tecnologia estão caras ou baratas? Saiba como os analistas fazem as contas

Com o tempo, a análise dessas empresas migrou da abordagem de tradicional para um modelo de probabilidades e grandes números

Pandemia

Número de óbitos por covid-19 passa de 434 mil; casos passam de 15,5 milhões

Mais de 2 mil mortes e 67 mil novos casos foram registrados nas últimas 24 horas

Polui menos

Petrobras bate recorde de vendas de diesel S-10

Impacto ambiental do derivado é menor

Acabou a mamata?

Congresso reage a supersalários da cúpula do governo

Medida beneficia diretamente o presidente Jair Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies